domingo, 20 de novembro de 2022

Corrida nº 521 - Treinão 1º Desafio do Morro do Cross 2022

Nesse domingo, dia 20 novembro 2022, cerca de 50 corredores se reuniram no bairro Santo Antônio, próximo de Xerém aqui no Rio de Janeiro, para o 1º Desafio do Morro do Cross. Evento realizado pela Equipe Dinossauros Runners de Duque de Caxias.

O Rio de Janeiro tem ótimos lugares de montanha para treinar, dessa vez o treino não foi no meu amado Parque Estadual da Pedra Branca em Jacarepaguá e sim em outro lugar. A convite do Diretor Negreiros fui treinar com os amigos nas montanhas de Santo Antônio um bairro próximo de Xerém aqui no Rio de Janeiro.

Como não conhecia o lugar fui junto com o amigo Marcos (muito obrigado), chegamos no local cerca da 6:40 horas da manhã, ficamos aguardando todos chegarem o clima estava ótimo para correr, estava fazendo um clima ameno, um pouco de frio, porém com o céu limpo já sabíamos que iríamos que o calor nos iria dar trabalho mais tarde e deu e muito. Àss 7:00 horas da manhã foi nos dado um briefing e logo após alguns registros fotográficos com todos corredores, iniciou o treino. Com o corpo ainda frio fomos correndo devagar, pois corremos cerca de  quase 2 Kms no asfalto e logo em seguida começamos a subir, uns mais forte e outros mais devagar eu estava no pelotão do meio...Nós íamos subindo alternando com trotes e caminhadas.

Após chegarmos numa parte lá em cima, já estávamos com 5 Km, era hora de começar a descer, hora de tirar o atraso da subida, porém não podíamos descer correndo porque na descida tinha uma parte com mato escorregadio e não podíamos descer rápido, mas uns 200 metros abaixo, acabei escorregando e caindo, não foi nada grave, levantei rapidamente e comecei a descer correndo. Mas abaixo a galera que desceu rápido aguardou o restante do grupo para reagrupar. Quando todos chegaram, reiniciamos o treino novamente.

Não lembro a quilometragem que estávamos, mas numa certa parte da trilha avistamos um pai com 3 crianças subindo com mochila fazendo trilha, rapidamente peguei o celular, comecei a filmar e iniciei uma conversa com eles, parabenizei eles e segui moro acima, após alguns quilômetros percorrido na trilha chegamos na base do morro do azeite, um paredão muito íngreme e escorregadio que tivemos que ir subindo agarrando no mato, pois era impossível de subir correndo e todos subiram caminhando até chegar nas torres. Ficamos lá em cima aguardando o restante da turma chegar, após todos reunidos começamos a descer correndo. Após termos descido pegamos uma trilha que era outra subida, mais adiante chegamos numa fonte dágua bem gelada, todos aproveitaram para abastecer com água e refrescar o corpo, após isso continuamos subindo morro acima, nessa parte não tinha como subir correndo, o calor já era tanto e com a subida bem íngreme fomos subindo caminhando forte ao avistarmos ao longe a  subida do morro do cross que ainda tínhamos que chegar lá alguns pararam no percurso para recuperar as forças, não lembro quem falou, mas um corredor me falou: Jorge não consigo mais, daí respondi, consegue sim, não tem como voltar porque se voltar o percurso é pior ainda, eles ficaram descansando um pouco e fui subindo até alcançar o morro do cross, que na verdade para chegar lá em cima é muito difícil, quando cheguei lá em cima falei, isso aqui não é morro do cross e sim morro do cão...kkk...lá em cima estava os três meninos que encontramos na parte da trilha mais abaixo (eles chegaram lá pela outra parte da trilha que é menor), também lá em cima estava uma equipe de atletas para saltarem de parapente. Após uns registros rápido, começamos a descer, mas descemos uma boa parte com cautela o percurso estava um pouco escorregadio, e também não tinha como descer rápido, todos já estavam esgotados...Fomos descendo e quando cheguei lá embaixo o GPS marcava 25Km, daí decidi correr os outros 5 Km no asfalto mesmo para completar 30 Km...Corri uns 2,5 Km e retornei até completar os 30 Km finalizando em 4 horas e 8 minutos com a missão finalizada...ufaaa.
Começando a subir
Subindo o morro do azeite
Cume do morro do azeite
Descendooo
Morro do Cross
Os meninos no morro do Cross
Missão finalizada!!!
Valeu diretor Negreiros
Parabéns aos Organizadores desse evento (Negreiros e toda Equipe Dinossauros Runners) o evento não deixou a desejar em nada. Independente da quilometragem corrida, todos estão de parabéns. Foi um belo evento, nos vemos na próxima linha de largada.🏃🏾‍♂️💨d🇧🇷

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Competição nº 520 - 5ª Edição da Corrida e Caminhada Soldados de Cristo

Distância: 5 Km;
Tempo: 24 minutos e 05 segundos;
Local: Vila Militar do Exército em Deodoro - Rio de Janeiro;
Colocação Geral:  56°;
Colocação Faixa Etária: 2°; e
Total de Corredores: 1.000.
Foi realizado nessa terça-feira, dia 15 novembro 2022, feriado da República à 5ª  Corrida e Caminhada Soldados de Cristo, com o percurso de  5Km na Vila Militar  em Deodoro - Rio de Janeiro, prova organizada pelos Corredores Cristãos Assessoria Esportiva e Eventos.

Um pouco de história...Deodoro é um bairro da zona oeste do munícipio do Rio de Janeiro e faz limites com alguns bairros Vila Militar, Marechal Hermes, Campo dos Afonsos, Magalhães Bastos e Realengo. Em 1612, Gaspar da Costa fundo, na região, o engenho Sapobemba, que produzia açúcar e rapadura. A cana de açúcar necessária para a produção era fornecida pela fazenda Gericinó, que se localizava bem próximo. Cortado pela Estrada de Ferro Central do Brasil. A estação foi inaugurada em 1859, com o nome de Sapobemba, passando, após a proclamação da República do Brasil em 1889, a se chama Deodoro em homenagem a Deodoro da Fonseca. No século XIX, as terras do bairro foram adquiridas pelo Barão de Mauá. Em seguida, as terras foram passadas sucessivamente para o Conde de Sebastião de Pinho que, endividado, leiloou-as sendo arrematadas pelo Banco do Brasil e, finalmente, adquiridas para o Ministério da Guerra. A partir do início do século XX, o bairro passou a abrigar grande número de instalações militares e vila dos militares do Exército.
Kit da prova:
A vila militar por ter segurança dos Soldados do Exército é bem tranquila e é muito frequentada por inúmeros atletas diariamente e com isso vários organizadores de corridas realizam corridas naquele bairro. Eu moro num bairro vizinho (Marechal Hermes) e sou um dos que treinam nesse local. O feriado da República amanheceu com um clima agradável para correr, estava nublado, como moro há quatro quilômetros do local, peguei a minha bike e já fui aquecendo. Cheguei na Vila Militar por volta das 7:40 horas onde já se encontrava muitos militares, deixei a minha bicicleta no bicicletário, guardei minha bolsa no guarda-volumes e fui para a largada me posicionando bem na frente para não pegar fluxo dos corredores mais lentos. Antes da largada o organizador da prova (Lucas), nos falou algumas palavras, fez uma oração e logo em seguida tocou o Hino Nacional. À largada deu-se às 8:07 horas, como a competição foi poucos Kms, a estratégia era correr o mais rápido possível para tentar pegar um pódio na faixa etária. Dada à largada e lá fomos nós corremos por cerca de uns 600 metros na Vila Militar e adentramos dentro de uma parte da vila onde tem uns quartéis do Exército e logo em seguida veio uma subidinha, corremos cerca de 1,3 km e fizemos o retornos, passamos novamente pela subida e na descida foi a hora de tirar o atraso da subida, chegamos novamente na via principal da Vila Militar, passamos pelo Km 2 e 3 e mais mas a frente fizemos o retorno e passamos pelo km 4 e faltando 1 km era hora de acelerar até completar a prova. Devido a subida no percurso acabei finalizando a prova que no GPS marcou 4,96 Km em 24 minutos e 5 segundos, achei que fiz um tempo alto e também achei que não iria subir no pódio pelo tempo feito, na última competição há uma duas semanas atrás fiz os 5 Km com 22 minutos. Mas depois que saiu o resultado vi que tinha me enganado, consegui uma segundo lugar na minha faixa etária que maravilha.😊
Segue as minhas parciais por Km:
  1° Km⇨ 4 min e 43 seg;
 2° Km⇨ 4 min e 46 seg; 09min 33seg
 3° Km⇨ 4 min e 38 seg; 14min 12seg
 4° Km⇨ 5 min e 04 seg;  19min 18seg
0,96 metros⇨ 5min e 05 seg.
Total: 24min 05 seg.
Mais uma prova concluída
No pódio e que venham outros
Obrigado meu Deus
Lucas muito obrigado...Foi showww que Deus te abençoe!!!
Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 55,00 à R$ 149,99 reais de acordo com o lote e com o kit escolhido...Inscrição barata...Eu fui convidado da prova e a minha foi gratuita....Muito obrigado Lucas...Ponto positivo;
Kit: Foi entregue na sexta-feira no Centro do Rio e no sábado em Madureira. O Kit foi: 1 sacochila de pano personalizada com o nome da prova,  1 camiseta, 1 bandana balaclava, 1 envelope contendo 1 numero de peito, 4 alfinetes e 1 chip descartável. Eu recebi o kit simples 1 número de peito, 4 alfinetes e 1 chip descartável dentro de um envelope...Ponto positivo;
Guarda Volumes: A organização disponibilizou um local para os atletas guardarem seus pertences. As Staffs escrevia os nossos números de peito na sacola plástica, colocando nossos pertences dentro da sacola plástica e guardavam, tanto na entrega como na devolução não tive problemas algum...Ponto positivo;
Altimetria: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi da Vila Militar Deodoro, piso de asfalto e paralelepípedo com uma leve subida de ida e volta, contendo placas de Kms, staffs no percurso, sendo que o meu GPS SUUNTO marcou todos 4,96 Km...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou um posto de hidratação de hidratação na metade do percurso e mais, 1 posto de hidratação na chegada com copos fechados e gelados...Ponto positivo;
Posto médico: A organização da prova disponibilizou 1 ambulância com equipe médica...Ponto positivo;
Banheiros: Foi colocado vários banheiros químicos no local da prova...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada recebemos 1 banana, 1 saco plástico contendo  1 saco de amendoim e 1 barrinha de ceral e 1 garrafa de água gelada...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram à linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal redonda e grande, na frente vindo escrito o nome da prova, o desenho da de uma estrela na cor amarela, atrás vindo escrito os nomes da organização da prova e vindo com uma fita personalizada com o nome da prova...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados no geral no Masculino e Feminino com lindos troféus...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização premiou os 3 primeiros colocados do Masculino e Feminino dentro das faixas etárias, de 5 em 5 anos com lindos troféus...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela Paquetá Vip. O resultado foi divulgado para todos de forma rápida e também já encontra-se no site www.esportecorrida.com.br...Ponto positivo; e
 Prova: Apesar das pequenas distâncias não ser minha prova alvo e sim as provas de longas distâncias, uso essas pequenas como treino de velocidade para não perder a velocidade nas ultras quando estiver competindo e tem dado certo, mais uma vez foi um bom treino de velocidade, gostei de correr no local, ainda mas sendo que é um dos locais que realizo os meus treinos diários, o ruim é quando começa a esquentar o corpo a corrida acaba...rsss...Lucas obrigado pelo convite para correr na sua prova, a corrida foi sensacional, não deixou a desejar em nada...Parabéns para você e sua equipe que Deus continue te abençoando e espero que seja convidado para as próximas provas. Muito obrigado!!!
Nos vemos na próxima linha de largada.🏃🏾‍♂️💨🇧🇷

domingo, 6 de novembro de 2022

Competição nº 519 - Corrida da COPA 2022

Distância: 5 Km;
Tempo: 22 minutos e 14 segundos;
Local: Museu Aeroespacial - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: 62°;
Colocação Geral: 5°;e
Total de Corredores: 6 mil.
Com aproximação da Copa do Mundo à FIC eventos esportivos LTDA. realizou nesse Domingo, dia 06 novembro 2022 à Corrida da Copa, com a seguinte distância de 5 Km, pela pista de pouso e decolagem do Campo dos Afonsos - Rio de Janeiro.

O domingo amanheceu nublado, fazendo uma ótima temperatura para os Corredores correrem, como moro à 4 km do local da prova e é nesse local que é uma das partes dos meus treinos diários, já fui aquecendo indo de bike, chegando próximo já avistava inúmeros corredores chegando para a prova, deixei a minha bike no estacionamento do Hospital dos Afonsos e caminhei cerca de 1 Km até o local. Peguei o meu kit com a organização, me aprontei rapidamente e aproveitei e dei mais uma aquecida. À largada era para acontecer às 8 horas, mas devido o fluxo de muitos corredores ainda está chegando para a prova, a largada deu às 8:15 minutos. Já que não treino para as curtas distâncias e sim as longas distâncias a estratégia era correr o mais rápido possível. Largamos no Museu Aeroespacial, corremos cerca de uns 600 metros e pegamos a pista de pouso e decolagem corremos de uma ponta até outra e retornamos tudo novamente até o local de onde largamos. Cruzei a linha de chegada finalizando o GPS que marcou 4,90 Km em 22 minutos e 14 segundos. Foi um bom treino de velocidade. No MUSAL também desde ontem estava rolando um encontro de carros antigos que os corredores gostaram.
Segue as minhas parciais por Km:
  1° Km⇨ 4 min e 06 seg;
 2° Km⇨ 4 min e 24 seg;
 3° Km⇨ 4 min e 47 seg;
 4° Km⇨ 4 min e 57 seg;
5° Km⇨ 4 min e 57 seg;
0,90 metros⇨ 4 min e 29 seg; e
Total⇨ 22 minutos e 16 segundos.
Prova finalizada
Márcia Narloch grande fera das Maratonas obrigado pelo apoio
Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 45,00 à R$ 70,00 reais...Inscrição barata...Eu fui convidado da prova e a minha foi gratuita....Muito obrigado Márcia Narloch...Ponto positivo;
Kit: Foi entregue na sexta-feira e no domingo dia da prova. O Kit foi: 1 bolsa de pano personalizada com o nome da prova,  1 envelope contendo 1 numero de peito, 4 alfinetes e 1 chip, 1 copo e 1 camisa. Eu recebi o Kit simples 1 número de peito, 4 alfinetes e 1 chip descartável...Ponto positivo;
Guarda Volumes: Não teve, por sorte consegui guardar com uma amiga na prova...Ponto negativo;
Altimetria: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi na pista de pouso e decolagem de aviões no Campo dos Afonsos, foi  todo plano, piso de cimento, contendo 4 placas de Km, staffs no percurso, sendo que o meu GPS SUUNTO marcou todos 4,90 Km...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou um posto de hidratação de hidratação na metade do percurso e mais, 1 posto de hidratação na chegada com copos fechados e gelados...Ponto positivo;
Posto médico: A organização da prova disponibilizou 1 ambulância com equipe médica...Ponto positivo;
Banheiros: Foi colocado vários banheiros químicos no local da prova...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada recebemos 1 banana, 2 barras de cerais e copos dágua à vontade...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram à linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal redonda, na frente vindo escrito o nome da prova, o desenho da Bandeira do Brasil e o ano 2022, atrás vindo escrito os nomes da organização da prova FIC Eventos Esportivos, o nome do apoiador da prova e vindo com uma fita personalizada com o nome da prova...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados no geral no Masculino e Feminino com troféus...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização premiou os 3 primeiros colocados do Masculino e Feminino dentro das faixas etárias, de 5 em 5 anos...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela NEORACE e o resultado já encontra-se no site...Ponto positivo; e
 Prova: Apesar de não treinar para provas curtas e sim para às longas distâncias, foi um bom treino de velocidade e gostei de correr no local que realizo os meus treinos diários, o ruim quando começa a esquentar o corpo a corrida acaba...rsss...Márcia Narloch mais uma vez muito obrigado o evento foi show.
Nos vemos na próxima linha de largada.🏃🏾‍♂️💨🇧🇷

quarta-feira, 2 de novembro de 2022

Ultramaratonas que não existe mais...

As ultramaratonas ultimamente ganharam muitos adeptos no Brasil e no mundo, existem milhares delas espalhadas pelo mundo. Várias delas existem até hoje, porém algumas delas não existem mais, deixando muitas saudades. Vamos relembrar algumas que já corri:
1 - Supermaratona de Friburgo 50K, que era realizada pelo Prof. Augusto em Friburgo, região serrana do Rio de Janeiro, corri duas edições em 2008 que foi minha estreia nas Ultramaratonas e a de  2010.
2 - Ultramaratona de 5 Pontões  em Laranja da Terra no Espírito Santo, realizada pelo Thiago Mol (2010 e 2011), Só corri a primeira edição de 2010, foram 66 Km de montanhas, onde corremos 4 horas sob uma temperatura muito alta com muito calor e as 2 horas finais  com muita chuva e raios caindo,  finalizando a prova 7 colocado geral e 2 na segundo na minha faixa etária.
- Ultramaratona Arraial do Cabo , Rio de Janeiro, realizada pelo Thiago Mol, só teve 1 edição em 2010 foram  66 Km  entre morros, dunas de areia e asfalto,  finalizando a prova em 5 colocado geral.
4 - Ultramaratona 24 horas da Academia das Agulhas Negras em Resende – Rio de Janeiro, realizada pelo Coronel Seabra de Curitiba quando a AMAN completou 200 anos em 2011, tendo uma só edição, concluindo às 24 horas com 182 Km e obtendo a 3  Colocado Geral.
5 - Circuito de Corridas Esporte é Vida! Correr é Saúde! Em Sulacap – Rio de Janeiro, Corri duas edições de  8 horas em  2012 e 2013, me lembro que em 2013 fez muito calor e acabei vencendo essa prova onde tinha um atleta do Rio que era muito experiente e já correu muitas provas pelo Brasil e fora e hoje em dia é organiza provas de ultramaratonas.
6 - 24 horas em esteira em Porto Alegre ano de 2012, realizada pelo Prof. Carlão. 4 Colocado.
7 - Ultramaratona de 24 horas dos Fuzileiros Navais, realizada de 2008 à 2015, essa foi uma das melhores do Brasil, começou na Escola Naval, ao lado do Aeroporto Santos Dumont, no Centro do Rio, onde teve três  edições (2008, 2009 e 2010). Devido essa Ultramaratona ter sido um sucesso e crescido o número de atletas a partir de 2011 indo até 2015, no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) na Av. Brasil – Rio de Janeiro. Onde as inscrições eram baratas, após o Congresso Técnico tinha um bom jantar para todos corredores, também os atletas recebiam no Kit uns vouchers para alimentação de seus apoios, tinha hotel gratuito dentro do CEFAN e para aqueles que embarcavam na Rodoviária ou Aeroporto o ônibus levavam os atletas, foi espetacular essa ultramaratona fazendo vários campeões, ainda em 2011 tivemos o 1 Campeonato de Ultramaratona. Além disso premiava  com dinheiro os primeiros colocados e premiava também as faixas etárias... Corri de 2009 à 2014 a minha maior distância foi de 186 Km em 24 horas subindo várias vezes no pódio na minha faixa etária...Saudades.
8 - Ultramaratona Internacional de 24 horas de Santa Maria no Sul do Brasil, teve 16 edições, corri 3 edições (2013, 2014 e 2015), essa Ultramaratona era realizada pelo Marcos e Leandro da União de Corredores de Rua de Santa Maria – RS. Essa ultramaratona foi meu auge nas Ultras onde eu quebrei o meu próprio recorde que era de 190 Km e também quebrando o recorde da prova e pela primeira vez ultrapassando a casa dos 200 Km, correndo 206 Km, retornei em 2014 quebrando o meu recorde e da prova correndo 208 Km nesse ano a organização resolveu premiar também os corredores quem corresse mais Kms  nas horas, eu além de vencer a prova e recebendo o troféu principal da prova, recebi mais mais 7 troféus por ter corrido mais Kms em determinadas horas durante a prova. Já em 2015 não deu para ser campeão pela terceira vez porque estava com uma fratura por stress na tíbia da perna esquerda não dando para correr direito, porém subi ao pódio na minha faixa etária...Saudades.
9 - X Terra Endurance 80K em Ilha Bela – São Paulo, realizada pela X3M, tendo duas edições 2013 e 2014 uma ultramaratona de montanha, num percurso bem punk, corri a primeira edição em 2013dos 80 Corredores que largaram somente 12 concluíram a prova, finalizei os 80km em 12 horas 50 minutos.
10 - X Terra Endurance 50 K 2013 em Mangaratiba – Rio de Janeiro em 2013, realizado pela X3M uma ultramaratona realizada em um local onde mora só ricos, uma prova de montanha finalizando os 50 Km em 6 horas e 28 minutos, teve mais algumas edições e depois não teve mais.
11 - Desafio Contra Relógio 6 horas única edição realizada em 2018 pelo Valverde Team Eventos, dentro Haras American Trotter Rio em  Santa Cruz - Rio de Janeiro, um local para treinos de cavalos e muito bom para correr, porém no dia fez muito calor, dos 60 corredores inscritos, corri 60 Km em  fui o 2 colocado geral.

quarta-feira, 19 de outubro de 2022

Estádio de Atletismo Célio de Barros

Estádio de Atletismo Célio de Barros, inaugurado em 25 outubro de 1974 no Rio de Janeiro.

Ao longo de 40 anos foi importante na atuação na vida de milhares de jovens, de vários técnicos do atletismo e também formou diversos atletas olímpicos. Porém com a ganância do homem esse santuário do atletismo foi fechado em 2013, para ser definitivamente demolido para obras da Copa de 2014, pelo então ex-governador ladrão e presidiário Sérgio Cabral. Com a movimentação popular e o tombamento do estádio, o mesmo não pode ser demolido totalmente, se tornou um estádio inativo e abandonado pelo Estado, se tornando assim estacionamento para todos os eventos no Maracanã, incluindo jogos dos times do Rio e seleção.

No local só restou a arquibancada e alguns banners dos atletas que fizeram história no passado. A arquibancada só não foi derrubada porque alguns dos verdadeiros atletas e técnicos que ainda amam o atletismo estão lutando na justiça para manter o local. Já faz 8 anos que algumas autoridades vem prometendo a reconstrução, mas só conversa fiada, balela, cambada de ladrões.

Vale salientar que o mesmo secretário estadual de esportes na época era o Deputado Thiago Pampolha, o mesmo alugou o espaço do Célio para shows, parques, circos, feiras de cerveja e comida, abandonou a estrutura esportiva a área interna bem como mostrado no evento em 2018 (Rio Ultra 24h), e hoje esse mesmo Thiago Pampolha é Vice-Governador do Rio.

O Célio de Barros merece a união de todas pessoas por ele, infelizmente pouquíssimos atletas que amam o atletismo vem lutando pela reconstrução do Célio de Barros, mas é necessário a união de todos, muitos por conta de cargos comissionados no governo que inclusive já foram atletas olímpicos estão calados, não querem perder a boquinha, pois sem esse santuário do atletismo não teria um berço, um lar.

Os poucos atletas que amam o estádio de atletismo Célio de Barros, não vão parar de lutar até que esse templo do atletismo seja reconstruído novamente.💪🏾🏃🏾‍♂️💨🇧🇷