BLOG

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Competição nº 440 - Corrida da Base Aérea dos Afonsos

Distância: Km;
Tempo: 39 min 49 seg;
Local: Base Aérea dos Afonsos - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: Aguardando; e
Total de Corredores:  50 Corredores.
Nessa quarta-feira dia 14 nov 2018 foi realizada a Corrida da Base Aérea dos Afonsos localizada no Rio de Janeiro, corrida organizada pela própria Base Aérea.

Após dois dias da última grandiosa Ultra de 48 horas da Mantiqueira que participei hoje foi dia de correr essa prova de pequena distância, como ainda não me recuperei, resolvi ir lá prestigiar a corrida e dar uma força aos amigos militares e gostaram muito da minha presença.

Após um briefing e um breve aquecimento a largada deu-se às 8:30 horas da manhã com um fortíssimo calor na ZL dos Afonsos. Como não daria para disputar os primeiros lugares, resolvi então acompanhar a Sargento Arieli no percurso, fomos correndo devagar e indo dando força a ela e a garotada do Programa Colibri que muitos deles não conseguiam correr. Após uns 3 Kms percorrido a Arieli me falou Cerqueira prossiga em frente que tá muito calor e o meu joelho está doendo, falei com ela que iria acompanhar ela todo o percurso porque não estava competindo e estava ainda em recuperação da última prova, após alguns minutos ela resolver a correr e fomos trotando devagar até o final da chegada na Base Aérea dos Afonsos.
Corrida finalizada e mais uma para coleção

Parabéns Arieli
Parabéns pessoal...Continuem firme
 Avaliação da Prova:
Inscrição: Gratuita e somente os militares da Força Aérea e alguns do Exército participaram...Ponto positivo;
Kit: Entregue um dia antes apenas o número de pano retornável...Ponto positivo;
Guarda volumes: Para aqueles que necessitaram guardar seus pertences que foram poucos deixaram junto com a organização sem nenhum problemas...Ponto positivo;
Altimetria: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi todo de asfalto correndo pela ZL dos Afonsos, com um pequena leve subida e sem trânsito...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Apenas 1 na larada e chegada com água gelada...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada só tinha maçãs a vontade...Ponto positivo;
Posto Médico: A Base Aérea disponibilizou uma ambulância com Equipe Médica na largada e acompanhou os últimos corredores pelo percurso da corrida...Ponto positivo;
Banheiros: Foi disponibilizado do própria Base Aérea...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma medalha de acrílico na frente vindo escrito Base Aérea dos Afonsos, Corrida BAAF 2018 e o símbolo da Base Aérea , atrás nada escrito e vindo com uma fita azul...Ponto positivo;
Premiação: A organização premiou apenas 03 primeiros colocados masculino com troféus diferenciados e não premiou as 3 primeiras no feminino, teria que premiar as 3 primeiras mulheres...Ponto negativo;
Premiação na Faixa Etária: Não teve...Ponto negativo;
Resultado da prova: A anotação da chegada dos corredores foram feitas de forma manualmente e só foi divulgada os 3 primeiros lugares...Ponto positivo; e
Prova: Bom como dito acima corri devagar porque estou em recuperação da última prova realizada, resolvi acompanhar uma amiga durante o trajeto. Corrida simples e como não teve muitos recursos financeiros não deu para fazer muitas coisas, mas a Base Aérea dos Afonsos está de parabéns por promover essa corrida e incentivar os militares na prática esportiva. Parabenizo a todos que correram.

Nos vemos na próxima linha de largada
🏃🏃🏃

Competição nº 439 - 3ª Ultramaratona Internacional de 48 horas da Mantiqueira 2018

Distância: 341,2 Km;
Tempo: 48 horas;
Local: Passa Quatro - MG;
Colocação Geral: 1°; e
Total de Corredores:  50 Corredores.
Nos dias 9, 10 e 11 novembro 2018 foi realizada à 3ª edição da Ultramaratona Internacional de 48 horas da Mantiqueira, no Colégio São Miguel na Cidade de Passa Quatro em Minas Gerais. Dentro dessa edição também contou com as seguintes distâncias: 24 e 12 horas, prova realizada pela Ultra Runners Eventos.

Essa prova ficou meio atravessada em mim, porque ano passado foi a primeira vez que corri essa prova e por não ter tido apoio de staffs acabei ficando em segundo colocado geral e como gosto de correr uma prova pela segunda vez para verificar como o meu corpo reagirá, como será o meu desempenho e também ver se a organização melhorou o evento ou não, então lá fui eu correr pela segunda vez essa prova.

Dessa vez viajei um dia antes 5ª feira dia 8 novembro 2018 com os amigos Paulo, Nina e Joel da Equipe Maré do Rio (obrigado). Depois de umas 4 horas de viagem de carro rodando uns 200 e poucos Kms chegamos em Passa Quatro-MG, ficamos hospedados em uma casa que alugamos, foi uma ótima viagem. Nos acomodamos na casa alugada, fomos buscar o kit da prova e fazer umas comprinhas no supermercado pois o dia estava chovendo muito.
Nina, Eu, Paulo, Sandra, Maurício e Joel casa ao lado onde ficamos hospedados
Kit da prova
Para essa Ultramaratona não deu para treinar muito até porque quase um mês atrás corri a Rio Ultra 24 horas e devido o calor de 40 graus feito de dia e a noite com muita chuva, depois dessa Ultra ainda fiquei gripado, procurei me recuperar o mais rápido possível e por isso não deu para realizar muitos longões e até porque tinha que me recuperar das 24 horas o maior longão que fiz foi de 164 Km na Rio Ultra. 

Já no dia da prova sexta-feira dia 9 nov 2018, acordamos por volta das 7 horas da manhã, tomamos café e como a casa que ficamos, fica próxima do local da prova, saímos às 9 horas da manhã para o local. Chegamos lá montamos a nossas barracas e ficamos aguardando à largada. Vale ressaltar que em 2017 eu fui para essa prova sozinho sem nenhum apoio e já este ano tive um mega apoio da Equipe da Maré daqui do Rio de Janeiro com Staffs e Fisioterapeutas o que ajudou muito e com isso veio a vitória. Tenho muito que agradecer essa equipe maravilhosa.
Tudo pronto e aguardando à largada
Por volta das 9:50h da manhã nos alinhamos no pórtico de largada, fazendo um pouco de sol e a organização nos falou algumas palavras, tocou o hino nacional e logo em seguida às 10 horas da manhã foi dada à largada. Dessa vez não queria repetir o erro de 2017 que foi largar forte, também dessa vez procurei me concentrar o máximo possível e não registrei fotos e filmagens durante a prova, as fotos e filmagens foram dos amigos. A concentração para uma prova dessa é super importante. Nessa edição não tinha alguns atletas feras do ano anterior. mesmo assim o nível dos atletas estava forte, mas não me deixei me abalar, durante o dia de sexta-feira fez sol e choveu e à noite choveu, fez frio e além disso como a pista é de terra batida o piso em algumas partes ficaram escorregadias e não deu para aumentar muito a velocidade, um tombo ou torcer o pé teria que abandonar a prova, procurei correr devagar, os amigos corredores começaram a abrir voltas em cima de mim e até falei para alguns deles que nem tinha uma hora de prova e eles estavam correndo forte, orientei eles a irem devagar até falei do que aconteceu comigo no ano anterior, mas não quiseram me ouvir e mais tarde quebraram a cara, acabaram pagando o pato quebrando, durante o dia e a noite de sexta-feira eu ficava entre 2° e 3° lugar, mas que tinha hora que gostaria de acelerar...rsss...Mas procurei me manter calmo e correr no ritmo devagar. A cada 4 horas de provas era feita a reversão para nós corrermos em direção contrária e a organização postava as parciais da prova.
Algumas fotos durante a prova
 
Durante o dia e a noite de sexta-feira devido ao frio senti uma dor lombar que me fez parar e ir para a fisioterapia, demorei uns 15 minutos fazendo massagens no local que deu para aliviar a dor local, o ruim era voltar depois correr devido o corpo ter esfriado, mas mesmo assim não esmoreci e segui em frente, hora correndo, hora caminhando e observando os adversários. Passou a noite de sexta-feira e no sábado de manhã o corpo pediu para dar uma relaxada, até deitei um pouco porém não consegui ficar deitado, mas descansei sem dormir por cerca de uns 15 minutos e retornei para a pista, durante o dia de sábado a chuva e o frio continuava a insistir. Quando chegou por volta das 2 horas da manhã de domingo consegui ultrapassar os adversários e fiquei em primeiro lugar, os adversários até que tentaram me ultrapassar mas não dei mole, teve até um que me falou Jorge tenta quebrar o recorde da prova, como estava concentrado e não deixando nenhum fator externo negativo me pegar, falei assim para este corredor, olha o que me interessa é vencer a prova, o meu corpo já está esgotado de tanto correr, portanto não vou dar chance de aumentar o ritmo e quebrar mais a frente e perder a vitória, como alguns que quebraram, o que interessa é a vitória o recorde fica para depois...rsss...E se passou a madrugada e às horas finais dessa prova se aproximava e às 6 horas da manhã, foi quando saiu a última parcial da prova e vi que venceria a prova que tanto o segundo e terceiro colocado estavam há mais de 40 voltas atrás de mim e não teria como me ultrapassar, mas mesmo assim não relaxei continuava correndo. Até que enfim às 10 horas da manhã de domingo chegou e a prova foi finalizada e eu vencendo a prova de 48 horas correndo 853 voltas totalizando 341,2 Km sendo o Campeão Geral da prova. Muito emocionado agradeci à Deus por essa oportunidade de ter ganhando mais uma Ultramaratona. Em 2017 corri 332 Km e este ano de 2018 corri 341 Km quebrando o meu próprio recorde correndo 9 Km a mais...Showww.
Algumas fotos durante a prova
 
 
 
Obrigado amigos pela ajuda
Pódio masculino: Os 5 primeiros colocados
Resultado Masculino:
1° - Jorge Cerqueira (Rio de Janeiro) - 853 voltas - 341,6 Km;
2° - Pedro Cianfaroni (São Paulo) - 791 voltas - 316,4 Km;
3° - Leandro Ribeiro (Rio de Janeiro) - 775 voltas - 310 Km;
4° - Nilton Santos  (Bahia) - 679 voltas - 271,6 Km; e
5° - Alexandre Jesus (Rio de Janeiro) - 667 voltas - 266,8 Km.

Pódio Feminino: As 5 primeiras colocadas

Resultado Feminino:
1° - Ana Luiza (Rio de Janeiro) - 915 voltas - 366 Km;
2° - Cleusa Varela (Florianópolis) - 630 voltas - 252 Km;
3° - Lucileide de Castro (Rio de Janeiro) - 595 voltas - 238 Km;
4° - Tomiko Eguchi (São Paulo) - 542 voltas - 216,8 Km; e
5° - Gisele Bahiense (Brasília) - 489 voltas - 195,8 Km.
Avaliação da Prova:
Inscrição: De 300 à 400 reais de acordo com as datas dos lotes, paguei 400 reais em duas parcelas, para o que nos foi servido durante a prova para os atletas até que não achei a prova cara não em vistas de outras provas por aí de ultras que tem organização que cobra mais de mil reais na inscrição e nem um copo de água oferece para o corredor é tudo por conta do atleta...Ponto positivo;
Kit: Entregue um dia antes e no próprio dia da prova no mesmo local, vindo: 1 sacola de papel pequena, 1 camisa, 1 numeral, 1 chip colado na frente do número e 1 caneca...Ponto positivo;
Guarda volumes: Nesse tipo de prova não há necessidade de ter guarda volumes, visto que os atletas levam suas barracas e guardam seus pertences na mesma;
Altimetria  e Percurso da prova: Leve...O percurso foi todo plano e de terra batida dentro do Colégio São Miguel em Passa Quatro Minas Gerais, numa pista de atletismo, porém como choveu a pista ficou um pouco escorregadia, mas no segundo dia não choveu mais e a pista ficou seca...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Muito bom, a organização disponibilizou um local coberto uma mesa bem grande na área na pista de atletismo onde os atletas passavam e pegavam em copos abertos gelados água e gatorade durante 48 horas...Ponto positivo;
Posto Médico: Não vi nenhuma equipe médica ou ambulância no local...Ponto negativo;
Posto de Massagem: Durante às 48 horas teve 3 massagistas apoiando os atletas...Fator muito importante em uma Ultramaratona...Ponto positivo;
Banheiros: Foi disponibilizado 2 banheiros locais do Colégio São Miguel (1 masculino e 1 feminino) a minha sugestão é que a organização da prova coloque 2 banheiros químicos na beira da pista de atletismo onde os atletas tem mais facilidades para usá-los, porque o banheiro da escola fica a uns quase 300 metros de distância da pista e com isso faz com o que os atletas percam tempo e fora que no banheiro só existe 1 vaso e 3 chuveiros...Fico imaginando 1 corredor no vaso e outro chegando apertado para dar uma barrigada...rsss...Enfim...Ponto positivo;
Alimentação da prova: A organização da prova forneceu durante toda às 48 horas frutas (bananas, laranjas maçãs e melancias), biscoito doce e salgado. No horário do almoço foi servido 2 tipos de refeições em pratos de plásticos pequenos contendo macarrão e pure de batatas. Já a noite foi a mesma coisa do almoço, também mais tarde foi servido café, uma sopa bem quente e na parte da manhã de sábado e domingo nos foi servido café, pão com queijo e bolo...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os Corredores que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal medindo 9 cm de altura x 6 cm de largura, na frente vindo o nome da prova,  o nome da cidade Passa Quatro - MG, o desenho das árvores da Araucárias e vindo com uma fita personalizada escrito o nome da prova. Medalha com o mesmo formato do ano anterior, sugiro que mude para a próxima edição...Enfim...Ponto positivo;
Premiação: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados no geral Masculino e Feminino com lindos troféus de madeira e metal. Troféu com o mesmo formato do ano anterior, sugiro que mude para a próxima edição...Enfim...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados das respectivas faixas etárias com troféus de metal e madeira Troféu com o mesmo formato do ano anterior, sugiro que mude para a próxima edição...Enfim...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela empresa Ultra Timing Chip, onde a cada 4 horas divulgava  as parciais do resultado. No segundo dia por volta das 11 horas da manhã observamos que algumas staffs da prova começaram a anotar os nossos números próximos da marcação do chip e questionamos isso a organização, durante o sábado a parcial das 14 horas da tarde atrasou devido que a organização nos informou que devido o pessoal das 24 horas ter começado a correr que teria que indexar os dois resultados das 48 horas, ficamos correndo as cegas porque queríamos saber a parcial e acabou atrasando e depois de umas quase 4 horas de atraso saiu o resultado e foi o mais questionamento por parte de alguns corredores que saiu errado. Sugiro que na próxima edição faça que nem em 2017 coloque 2 chips nos números para não ter problemas,  pois o resultado encontra-se no site do evento...Ponto negativo; e
Prova: Bom essa foi a minha segunda participação nessa modalidade, dessa vez toda a estratégia que eu fiz deu certo e saí como vencedor geral da prova, fiquei muito feliz com o feito, não foi fácil mas valeu a pena o sofrimento...hehehe...Ninguém conquista nada sem ajuda de Deus e dos amigos. Ano passado não tive essa ajuda de Staffs e acabei ficando em segundo colocado geral. Mas dessa vez foi espetacular dando tudo certo. Agradeço aos Professor Luiz Lacerda, Fisioterapeutas Carlos e Ricardo e o Staff Paulo Luiz, pois senão fosse essa ajuda desses grandes amigos além de Deus a vitória não viria...Muito obrigado...Me perguntaram se volto a correr essa prova novamente? Deixei uma incógnita no ar, mas quem sabe...hehehe...Parabenizo a organização e os staffs e independente de colocação seja geral ou nas faixa etárias todos os corredores estão de parabéns e quem sabe ano que vem retorno para bater o recorde dessa prova...Tudo é possível!!!

Nos vemos na próxima linha de largada
🏃🏃🏃

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Competição nº 438 - Corrida Corre com a Gente contra a prevenção do AVC 2018

Distância: 5 Km;
Tempo: 22 minutos e 3 segundos;
Local: Praia de Ipanema - Rio de Janeiro
Colocação Geral: 36°; e
Colocação Faixa Etária: 4°; e
 Total de Corredores: 500 Corredores 
 












No Domingo do dia 21 Outubro 2018, corri a 1ª edição Corrida Corre com a Gente contra a prevenção do AVC, na praia de Ipanema - Rio de Janeiro, realizada pela Sociedade de Neurocirurgia do Rio de Janeiro.

A Corrida SNCRJ na prevenção do AVC é um projeto com o objetivo de chamar a atenção da população frente a esta doença de grande impacto na saúde pública e nas vidas dos acometidos e incentivar hábitos mais saudáveis, além de conscientizar as pessoas que o AVC tem prevenção e tratamento.

Esse convite partiu alguns meses atrás pela amiga corredora Josy (obrigado), sendo que uma semana antes desta prova eu tinha corrido a Rio Ultra 24 horas, como já tinha aceitado o convite para participar desta prova, mesmo em recuperação fui correr essa prova de 5 Km.
Kit da prova
A largada deu-se às 7:30h da manhã na orla da Praia de Ipanema onde corremos 2,5 Km até a praia do Leblon e retornamos mais 2,5 Km até a orla da Praia de Ipanema, como estava em recuperação da ultra realizada uma semana antes não deu para correr forte até porque poderia me lesionar e não seria louco de fazer isso fui mantendo um ritmo de 4 min e poucos segundos por Km, fizemos o retornamos e durante o percurso alguns amigos que conhecia acenava a cabeça e seguia em frente finalizando a prova em 36 na geral e 4 colocado em minha faixa etária terminando em 22 min 3 seg por pouco não consegui um pódio na minha faixa etária. Mas tá valendo.
Antes da largada
Prova finalizada!
Valeu Josy...Parabéns
Doutor Orlando o responsável pela corrida...Parabéns
Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 90 reais, eu fui convidado da prova e a minha foi gratuita...Ponto Positivo;
Kit: Entregue 1 dia antes da prova e  o meu foi entregue no próprio local da prova: 1 sacochila, 1 camisa, 1 número, 4 alfinetes, 1 chip descartável e 2 bolinhas...Ponto positivo;
Guarda volumes: A organização disponibilizou um local na prova na largada para que os corredores guardassem seus pertences. A Staffs escreviam o nosso número de peito em uma sacola plástica e guardava nossos pertences. Tanto na entrega como na devolução não tive problemas...Ponto positivo;
Altimetria: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi todo de asfalto com o trânsito fechado para os atletas. À largada deu-se ao lado do Colégio São Paulo na Praia de Ipanema onde corremos 2,5 Km até a Praia do Leblon e retornamos tudo...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Muito bom, tivemos 2 pontos de hidratação durante o percurso com água gelada em copos fechados e na chegada mais um ponto de hidratação...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada recebemos 1 copo dágua gelado, 1 garrafa de gatorade, 1 banana e 1 maçã...Ponto positivo;
Posto Médico:  A organização disponibilizou no local da prova ambulância com Equipe Médica...Ponto positivo;
Banheiros: A organização disponibilizou banheiros químicos na largada e chegada...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal de forma estrelada na frente vindo um desenho de um corredor e o nome da prova, data vindo escrito CORRE COM A GENTE NA PREVENÇÃO DO AVC, a distância da prova, local da prova enada escrito e vindo com uma fita personalizada nas cores verde e amarela escrito Você Cristão, #escolha vier, 93FM...Ponto positivo;
Premiação: A organização premiou os 3 primeiros colocados no masculino e feminino com troféus...Ponto positivo;
Premiação nas Faixas Etárias: A organização premiou os 3 primeiros colocados no masculino e feminino com troféus...Ponto positivo;
Resultado da Prova: A prova foi cronometrada pela empresa Cronotag e o resultado encontra-se no site da empresa...Ponto positivo;
Prova: Prova de pequena distância e boa de se correr, prova para conscientizar a população a se prevenir contra o AVC, após a prova teve show e vários eventos de medicina com distribuição de sorvetes para os inscritos. Essa prova foi organizada pelo Doutor Orlando. Não era para correr essa prova porque estava em recuperação da Rio Ultra, mas como amiga Corredora Josy me convidou algum tempo atrás não teve como recusar. Por pouco não consegui um pódio na minha faixa etária, mas tá valendo...Obrigado amiga Josy e Parabéns Dr. Orlando pelo evento realizado.
Nos vemos na próxima linha de largada
🏃🏃🏃