terça-feira, 4 de junho de 2024

Competição nº 548 - 7ª edição do Desafio da Cidade Maravilhosa - Parte 2

Distância: 42 Km;
Tempo: 4 horas 7 minutos e 34 segundos;
Local: Aterro do Flamengo - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: 675°; e
Colocação Faixa Etária: 29°; e
Total de Corredores: 9.328 Concluintes.
Na manhã do domingo do dia 2 de junho de  2024, a Spiridon Eventos realizou à segunda parte da 7ª edição da Cidade Maravilhosa (sendo a 22ª edição da Maratona do Rio- 42 Km), em conjunto com essa prova rolou uma prova de 10 km no Aterro do Flamengo.
Kit da prova
Como a largada foi às 5 horas da manhã, também tive que madrugar, pois utilizei o UBER para a ir para o local da prova, cheguei lá às 4 horas da manhã, onde já tinha vários Corredores para a grande festa, fui para a área do guarda volumes, mais antes me alimentei tomando meu café matinal, depois fui guardar a minha mochila no guarda volumes, logo em seguida fui para o meu setor de largada (setor amarelo). 
Na largada na Marina da Glória

A temperatura estava agradável fazendo uns 19 graus, não estava fazendo frio. A partir das 5 horas da manhã em ponto à largada foi dada em ondas de 10 em 10 minutos. A largada foi e ondas os primeiros a largarem foram os Corredores de Elite, e em seguidas os Atletas PCDs, pelotão avançado, Já eu larguei no setor amarelo às 5:20 horas, liguei o meu GPS e dessa vez preferi não ligar imediatamente o meu MP3. Como ainda estava escuro, larguei cauteloso para não tropeçar em nada e não cair, também não larguei forte por causa que no dia anterior tinha sentido dor na panturrilha. Falando nela coloquei o emplastro  salonpas na perna que veio no Kit e por cima coloquei duas caneleiras e não ficou doendo, graças à Deus. Após correr alguns quilômetros pelo Aterro passamos correndo pela rua primeiro de março, quando chegamos na entrada do Primeiro Distrito Naval, na rua tinha aqueles blocos amarelos para sinalização, uma corredora que vinha mais atrás correndo forte, tropeçou nesse bloco amarelo levando um baita tombo...putz. Fomos correndo até a roda gigante após o Aquario, fizemos o retorno. Nesse novo percurso, quando chegamos na Av. Presidente Vargas corremos uma parte nela e depois retornamos tudo novamente, também percorremos algumas ruas do Centro do Rio indo e voltando até que pegamos o Aterro do Flamengo, fomos correndo pela Zona Sul do Rio. Pois estava estava tudo indo tão bem quando cheguei no Km 22 a dor na perna voltou a doer, putz que droga. Para não comprometer a prova eu parei imediatamente, fiz massagens por um tempo, retornei andando na prova e depois voltei correr, trotando e bem devagar, fui negociando com a perna, torcendo para que não doesse mais. O cansaço do dia anterior tinha chegado, fui correndo pela zonal sul, por volta dos 26 Km tive que fazer uma nova parada porque a perna começou a doer novamente, o amigo Agilson (obrigado) que vinha  atrás de mim, parou me perguntando se estava bem? Respondi a ele que a panturrilha tinha voltado a doer que iria ficar por ali parado por algum tempo fazendo massagem na perna...Agradeci a ele e disse para ele não se atrasar que era para ele seguir em frente e assim ele fez. Voltei para a prova trotando, fiz o retorno no Leblon e fui retornando tudo novamente, quando cheguei em Copacabana peguei um gelo na bacia de hidratação e coloquei na perna o que ajudou aliviar um pouco a dor.
Passando por Copacabana
Quando passei em Botafogo estava a amiga Roseane com outras amigas ajudando os corredores passando gelol na perna aproveitei para passar na minha perna, foi quando ela ofereceu uma coca cola que ajudou muito, agradeci a ela e fui correndo do jeito que dava, a estratégia era tentar fazer abaixo de 4 horas, mas com essa dor na minha perna, dei adeus ao sub 4 horas e tive que usar o Plano B que era pelo menos completar a prova. Voltei a correr e quando saí de Botafogo entrando no Aterro do Flamengo passa a amiga Nercy Freitas que também estava ajudando os corredores ela jogou mais spray na minha panturrilha o que ajudou muito (obrigado).
Faltando poucos Kms para terminar
Quase concluindo a prova
A cada minuto que passava era uma eternidade, pois com a perna doendo não via a hora de terminar a prova. Faltando uns 2 Km parar terminar a prova, mesmo com dor acelerei que dava para acelerar e terminei a prova em 4 hora e 7 minutos...Ufaaa...Não deu para fazer a prova como eu queria, mais pelo menos deu para completar a prova e o desafio.🏃🏾‍♂️💨🇧🇷
Minhas Parciais por Km:
'01° Km4 min 53 seg;
05° Km5min 16 seg;
10° Km4 min 57 seg; 
15° Km5 min 00 seg;
21° Km6 min 18 seg:
30° Km5 min 35 seg;
42° Km6 min 01 seg; e
44° Km6 min 08 seg - 4 horas 7 min
Mais um desafio concluído...Obrigado meu Deus!!!

Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 200,00 à R$ 400,00 reais, de acordo com as datas dos lotes. A minha foi gratuita...Ponto positivo;
Guarda volumes: A organização disponibilizou na Marina da Glória uma tenda enorme para guardar nossos pertences, tanto na entrega como na devolução foi recebida e entregue de forma rápida e não tive problemas...Ponto positivo;
Altimetria da prova: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: Todo de asfalto, o trânsito foi fechado, pois largamos no Aterro do Flamengo, passamos correndo pelo Monumento dos Pracinhas, ao lado do Aeroporto Santos Dumont, depois pegamos a rua da Santa Casa de Misericórdia, Rua 1º de Março, Aquario, fomos até a Roda Gigante no Porto do Rio, contornamos e retornamos passando pela Av. Presidente Vargas, 1º de Março, Aterro, Botafogo, Copacabana, Ipanema, Leblon e retornamos tudo até finalizar no Aterro do Flamengo de onde largamos, Os corredores estão com muita saudades do percurso antigo. Já passou da hora de retornar...Ponto positivo;
Posto de hidratação: A organização disponibilizou durante o percurso vários postos de água gelados e gatorade em copos abertos. durante o percurso disponibilizou dois postos do Gel Z2. Na chegada tinha postos de água e garrafa em gatorade...Ponto positivo;
Posto médico: A organização da prova disponibilizou na largada, durante o percurso e na chegada várias ambulâncias com equipe médicas, enfermeiros e durante o percurso equipe médica com motos...Ponto positivo;
Banheiros: A organização disponibilizou vários banheiros químicos, na largada, durante o percurso e na chegada...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada foi distribuído um saco de papel contendo 1 banana e 1 tangerina...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam um lindo medalhão de metal medindo 10 x 10 cm, na cor cobre, na frente vindo escrito o nome da prova, a distância, atrás veio os nomes dos Patrocinadores com o símbolo do Cristo Redentor. Vindo também com uma fita personalizada com o nome da prova. Eu adorei esse medalhão muito lindo...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização premiou os 5 primeiros colocados no geral Masculino e Feminino com troféus, brindes e dinheiro...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A premiação das Faixas Etárias é feita depois, por causa que vários corredores correm com  o número de outros corredores e para não ter problemas a Spiridon Eventos faz depois, premiando os 3 primeiros Corredores do Masculino e Feminino com troféus...Ponto positivo;
Resultado da prova: A prova foi cronometrada pela www.chiptiming.com.br e o resultado encontra-se no site...Ponto positivo; e
Prova:  O que falar dessa prova, já são 22 anos correndo essa prova, foi nela que estreei em 2003 e sou o único a correr todas edições seguidas. A Maratona do Rio de Janeiro é o maior evento esportivo de corridas de rua no Brasil. É um verdadeiro festival de corridas com 5K, 10k, 21k, 42K e o Desafio da Cidade Maravilhosa (21K + 42K) e não tem como ficar de fora dessa festa, ainda mais sendo Carioca.  O planejado era fazer um tempo até 3 horas e 30 minutos, mas devido dores na panturrilha durante o percurso não deu, mas fiquei feliz por ter conseguido finalizar os 42K e o Desafio; e
Agradecimentos: A Deus, a Spiridon Eventos e a Equipe Elite Runners USB pelo apoio...Muito obrigado!!!

Parabéns a todos que correram essa prova, nos vemos na próxima linha de largada...🏃🏾‍♂️💨🇧🇷