quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Corrida nº 524 - Circuito Pedala Brasil

Foi realizado no domingo passado, 22 janeiro 2023 o Evento Pedala Brasil no Aterro do Flamengo, com a seguinte distância: 10 Km. O evento contou com uma ótima estrutura e foi organizado por Norte MKT Esportivo.

O Circuito  Pedala Brasil promove o uso da bicicleta nas grandes metrópoles brasileiras e é um incentivo a mobilidade urbana e a qualidade de vida. Pessoas de todas as idades pedalam juntas em um passeio de 10K, conhecendo a cidade por um ângulo diferente através de vias onde somente carros normalmente tem acesso.
KIT DA PROVA
Como no momento não está dando para correr, só podendo pedalar então resolvi me inscrever nesse evento no qual as inscrições abriram ano passado e como tinha a opção gratuita, compartilhei em vários grupos. No domingo resolvi fazer um pedal longo como treino, levantei cedo por volta das 5 horas da manhã, me preparei e por volta das 5:30 horas da manhã montei na minha bike e fui pedalando para o Aterro do Flamengo, o dia estava amanhecendo lindo, com o céu limpo e sinal que iria fazer calor mais tarde na hora do retorno e fez.
Indo pedalando para o Aterro do Flamengo
 
Fui pedalando por vários bairros ao chegar no Maracanã, passei pelo amigo Ultra Plácido treinando correndo, registrei a cena com ele rápido e o mesmo me falou que estava indo correndo para a Pça XV porque iria fazer o seu treino longo em Charitas, desejei bom treino para ele e continuei no pedal. Ao chegar no Aterro do Flamengo por volta das 7 horas da manhã, com o GPS marcando 30 Km, no local do evento já se encontrava vários amigos ciclistas.
Encontrando com o amigo Plácido no Maracanã.
Como estava cedo para o evento a ser realizado aproveitei para me hidratar, faltando alguns minutos para à largada, fui para o pórtico me posicionando bem na frente, acabei encontrando com o amigo Hélio que já não o via algum tempo, nos cumprimentamos e enquanto não dava á largada aproveitei para fazer uns registros. Às 8 horas em frente ao Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, foi dada à largada à frente de todos os ciclistas ia o carro de som com a organização e atrás umas 6 motos e a todo instante a organização nos falavam para que não ultrapassasse as motos e assim foi feito, fui filmando o evento registrando tudo. O locutor em cima do carro ia nos animando e quando passava por algumas pessoas que estavam praticando esportes como o futebol, dava bom dia e falava do evento. Fomos pedalando até Botafogo numa velocidade de 11 minutos por Km, fizemos o retorno e retornamos para o Aterro até cruzar o pórtico de largada completando mais 10 Km de pedal, no meu GPS marcava 40 e poucos Km. Depois de fazer alguns registros no final da prova ainda tinha mais 30 Kms de volta para casa pedalando. Vim cruzando alguns bairros do Rio retornando para casa ao chegar na Praça da Bandeira o amigo ciclista Jack estava parado e montou na Bike MTB para me acompanhar, ele também tinha participado do evento no aterro e estava retornando para casa em Nova Iguaçu, só que estava com dúvidas de qual o caminho a seguir, falei com ele que estava indo para Marechal Hermes que bastava ele seguir o muro da linha de trem que ele chegaria no destino final dele, falei com ele para ir comigo, avisei a elme e que quando chegasse em Piedade iria parar para resolveu uma outra coisa lá e ele iria seguir a linha do trem, ele  falou que eu ele iria atrasar eu porque estava de Bike Speed e ele estava com uma Bike Mtb, daí falei com ele para ir me acompanhando e fomos pedalando ao chegar em Piedade, nos separamos ele seguiu em frente e eu segui pelo outro lado do percurso. Acabei esquecendo de fazer um registro com ele. Resolvi o que tinha para resolver, montei na bike e segui em frente até em casa finalizando o pedal longo com 70 Km.
Chegando no Aterro do Flamengo
Largada Circuito Pedala Brasil
Durante o percurso
Evento finalizado
Avaliação do Evento:
Inscrição: Tivemos 3 opções de inscrições: Com bike 899 reias, com a camiseta do evento 20 reais e gratuito, eu me escrevi gratuitamente...Ponto positivo;
Kit: Entregue 2 dias antes do evento no Clube Municipal da Prefeitura na Cidade Nova. Recebi: 1 sacochila de nylon do evento, 4 alfinetes e 1 número...Ponto positivo;
Guarda volumes: Não teve a necessidade de guardar objetos;
Altimetria da prova: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi em frente ao Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial no Aterro do Flamengo, percurso todo de asfalto e plano. Largamos numa parte do Aterro do Flamengo e fomos pedalando at até Botafogo e fizemos o retorno e finalizando no mesmo local. O trânsito foi fechado e o carro da organização e motos indo a frente de todos nos conduzindo...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Tivemos 1 na largada e mais 1 na chegada com muita água em garrafas de 300 ml a gelada e a vontade para todos. A organização nos informou que durante o percurso não teria ponto de hidratação, como foi um evento rápido não houve necessidade de ter durante o percurso posto de hdiratação...Ponto positivo;
Posto médico: A Organização disponibilizou ambulâncias com equipe médica no local do evento e mais um batedor de moto indo durante o percurso com material de primeiros socorros...Ponto positivo;,
Banheiros: A organização disponibilizou vários banheiros químicos na largada e na chegada...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada recebemos apenas e água gelada em garrafa de 300 ml à vontade para todos...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha redonda personaliza de metal em forma de uma coroa de bicicleta, na frente vindo escrito o nome do evento desenho de uma bike, atrás vindo o nome dos patrocinadores e vindo com uma fita azul de duas cores...Ponto positivo;
Premiação da prova: Não tem como avaliar esse item porque foi um evento ciclístico;
Premiação na Faixa Etária: Não tem como avaliar esse item porque foi um evento ciclístico;
Resultado da prova: Não tem como avaliar esse item porque foi um evento ciclístico;
Evento: O evento contou com uma ótima estrutura e foi organizado por Norte MKT Esportivo. De forma legal todos gostaram do evento, segundo a organização foi dito que no evento teve 4 mil ciclistas, sugeri a organização que na próxima é bom aumentar a velocidade nem que seja para 15 Km por hora porque nesse evento foi 11 Km por hora e demorou um pouco, um senhor que estava na organização me falou que o evento tem que ser devagar assim por cauda das crianças e idosos, informei a ele que dava para aumentar a velocidade sim porque ao meu lado foi uma senhora da terceira idade e atrás de mim veio crianças e idosos, ele me perguntou se gostei do evento, informei que sim e ele disse que iria levar para a organização esse fato que levantei da velocidade. O Circuito Pedala Brasil promove o uso da bicicleta nas grandes metrópoles brasileiras e é um incentivo a mobilidade urbana. Com opção de participação gratuita, o Pedala Brasil é um passeio de 10K por vias onde somente carros normalmente têm acesso. Além do circuito para jovens e adultos, também as crianças puderam pedalar pela arena, em um espaço próprio; e 
Agradecimentos: A Deus e a todos da organização pelo evento realizado.

Parabéns a todos que participaram desse evento Circuito Pedala Brasil e nos vemos na próxima linha de largada.🥇💨🇧🇷


sexta-feira, 20 de janeiro de 2023

Competição nº 523 - 31ª edição da Corrida de São Sebastião

Distância: 10 Km;
Tempo: 1 hora 2 minutos;
Local: Aterro do Flamengo - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: 500°;
Colocação Faixa Etária: 46°; e
Total de Corredores: Segundo o organizador 8.000 mil inscritos
Foi realizado nessa sexta-feira, feriado dia 20 janeiro 2023 à 31 ª edição da Corrida de São Sebastião no Aterro do Flamengo, com os seguintes percursos 10 Km e 5 Km. Esta corrida é um evento esportivo tradicional da cidade do Rio de Janeiro, fazendo parte do calendário de eventos oficiais da cidade. A prova contou com ótima estrutura e foi organizada pela Spiridon Eventos.

Cheguei no local do evento às 6:30 horas da manhã, fiquei aguardando o amigo Tiago da Equipe Elite Runners que estava com o meu kit da prova, depois de alguns minutos ele chegou, recebi meu kit, me aprontei. Dessa vez resolvi não fazer um aquecimento e também resolvi não largar lá na frente porque não iria dar para correr com velocidade devido uma lesão na panturrilha da perna direita, para não sentir muita dor enrolei a perna direita  apertando com um esparadrapo e coloquei uma meia térmica por cima, mas isso é assunto para outro post específico. Me posicionei no meio do povão e acabei encontrando o amigo corredor português ultra Amorim, conversamos por alguns minutos e às 7:30 horas deu-se à largada o tempo estava agradável para correr, estava um pouco nublado, mas alguns corredores reclamaram do calor, como não poderia correr em alta velocidade, fui correndo devagar com medo de doer a panturrilha, corremos por cerca de 2,7 Km até em frente ao Monumento aos Mortos da Segunda Guerra Mundial, fizemos o retorno e voltamos correndo pelo outro lado da via do Aterro, passamos ao lado da bifurcação que o pessoal iria só correr 5 Km e para os 10 Km continuamos correndo em frente, a panturrilha doía um pouco mas dava para suportar a dor e continuei correndo em frente, alguns amigos que passava por mim gritava o meu nome, mas respondia o motivo porque estava correndo devagar. Fomos correndo até Botafogo fizemos o retorno, e faltava 3 Km para terminar a prova, mas não dava para acelerar fui correndo até concluir a prova dos 10,5 Km em 1horas e 2 minutos...Ufaaa.
KIT DA PROVA
Prova finalizada
A melhor...Equipe Elite Runners USB...Parabéns amigos
Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 119,90 reais à R$ 189,90 reais, mais taxa de conveniência do site. A minha inscrição foi gratuita. (Obrigado Elsi)...Ponto positivo;
Kit: Entregue 2 dias antes no Maracanã. 1 sacola de pano, 1 camiseta, 1 número, 1 chip descartável, 4 alfinetes., 1 copo e uma garrafa Squeze..Ponto positivo;
Guarda volumes: A organização disponibilizou para os atletas um local para guardamos os nossos pertences. Tanto na entrega como na devolução não tive nenhum problemas...Ponto positivo;
Altimetria da prova: Leve...Ponto positivo;
Percurso da prova: O percurso foi no Aterro do Flamengo, percurso todo de asfalto e plano. Largamos numa parte do Aterro do Flamengo e fomos correndo até o Monumento dos Pracinhas e retornamos pelo outro lado da via do Aterro, seguimos até Botafogo e fizemos o retorno e finalizando no Aterro. O trânsito foi fechado e em algumas bifurcações tinha staffs....Ponto positivo;
Posto de hidratação: Ao longo do percurso dos 10 da prova teve 4 (quatro) postos de hidratação com água em copos lacrados e gelados...Ponto positivo;
Posto médico: A Organização disponibilizou ambulâncias e equipe médica no local do evento...Ponto positivo;,
Banheiros: A organização disponibilizou vários banheiros químicos na largada e na chegada...Ponto positivo;
Lanche: Na chegada recebemos 1 banana, 1 maçã, 1 pacote de bolo e para quem ficou na área VIP como eu fiquei teve sucos, água, cerveja gelada, lanches e bolos...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam um lindo medalhão de metal, na frente vindo escrito a edição da prova o nome da prova e com as imagens dos pontos turísticos do Rio de Janeiro, atrás veio os nomes dos patrocinadores da prova e vindo com uma fita personalizada...Ponto positivo;
Premiação da prova: A organização premiou os 3 primeiros colocados geral (masculino e feminino) com lindos troféus...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização irá apurar o resultado e posteriormente irá premiar os Corredores das Faixas Etárias...Ponto positivo;
Resultado da prova: A O mesmo se encontra-se no site da prova...Ponto positivo;
Prova: A Corrida de São Sebastião é realizada pela Spiridon Eventos há 30 anos. Apesar de estar lesionado não deu para fazer um bom tempo mas segue o jogo.  Prova boa e recomendo para quem ainda não correu.
Agradecimentos: A Deus, a Spiridon Eventos e a Elite Runners USB
Parabéns a todos que correram essa prova e nos vemos na próxima linha de largada.🥇🏃🏾‍♂️💨🇧🇷

quarta-feira, 11 de janeiro de 2023

Medalhas e Troféus

Por Rodolfo Peregrino
São Paulo
Tanto os troféus quanto as medalhas se caracterizam como a representação da vitória em algum evento de caráter competitivo. Particularmente, seu uso tornou-se bastante comum em eventos desportivos.

Dias após o término da prova ouço alguns reclamos sobre diversos fatores contingentes da prova, como mudança de local da largada, mudança do horário (que foram necessárias devido a determinação dos administradores das cidades) e também da "medalha" ofertada a cada atleta que concluísse a prova e que desagradou uma parte considerável dos ultramaratonistas. Ao menos uma dessas reclamações foi postada na rede em um blog de corridas.

Em conversa com o organizador da prova, Mário Lacerda, soube sua versão e sua escolha por entregar umamedalha que significasse aquele momento, num formato pouco usual e num material também diferente. Essa medalha, carinhosamente ou não, foi apelidada de “crachá”, tamanha a similaridade com aquele documento universalmente utilizado para acessar as mais variadas dependências, empresas, transportes, eventos etc.

A indignação de alguns guerreiros somada à decepção de outros me fez lembrar da importância desse objeto  presente nas competições desde mais de um século.

Eu participei de 600 provas de corrida, rua, montanhas, pista e outras, tenho todas as medalhas, nem todas, pois recebi algumas de material não durável ou perecível (louça, cristal, plástico e acrílico).

O meu objetivo nesta reflexão é analisar todos os envolvidos nesse ritual de fazer, criar, premiar e receber medalhas. Então fica claro que há uma importância grande no tema, na medalha, sua confecção, o material, a temática até a sua entrega ao atleta que treinou, se dedicou, e lutou para alcançar um objetivo, concluir uma prova, um desafio e ter de modo físico, tangível e durável algo que re representasse essa vitória.

PROVAS
Organizar uma prova de ultramaratona (e qualquer outra) é algo grandioso, dificultoso, complexo, são muitos detalhes, muitas tarefas, muitos problemas a resolver. Existem ao menos dois objetivos de um organizador de provas, mercantil (financeiro) e realização pessoal. Porém o objetivo maior a meu ver, deverá sempre ser o atleta, pois é a peça mais importante em toda essa equação, sem corredor não existe uma corrida, sem corrida existem corredores.

NÍVEL DE EXIGÊNCIA
Quando se trata do ser humano, o que é imprescindível, contingente e necessário em qualquer evento ou atividade humana, temos uma gama infinita de gostos, apegos, ideias, julgamentos, anseios e opiniões. Isso resulta numa dificuldade ainda maior para o organizador se seu intuito é agradar, abraçar e suprir as    demandas de cada um e de todos os corredores.

A MEDALHA
A medalha é apenas um dos itens nesse conjunto imenso de coisas a fazer no evento “corrida”, ela se soma à segurança, apoio, saúde, controle do trânsito, mil autorizações, hidratação, aferição de resultados, divulgação e o não menos aguardado kit (numeral, camiseta, medalhas e brindes).

Dos itens entregues ao atleta que concluir uma prova, seja ela qual for, é a medalha, possivelmente é o que dura mais e que numa certa medida, é o que mais representa o sucesso naquele desafio, a vitória pessoal. Mal comparando, é como um diploma, uma certificação da conquista individual que o corredor recebe, mostra       e guarda, e sempre ao vê-la novamente, de lembrar o sacrifício, os treinos, os valores gastos, as dores e a determinação de não desistir. Claro que nada substitui todo esse percurso até a finalização de uma prova, ou a emoção indizível da chegada. Entretanto, aquele pedaço de metal é como algo físico a sinalizar e confirmar  o que dele se poderá lembrar, e é o que restará a cada um de nós, lembrar.

As provas feitas e toda a gama de lembranças, vão se esvaindo e se distanciando na memória até lembrarmos pouco ou nada de determinadas corridas, porém a medalha sempre nos remeterá, assim como uma foto, novamente a toda aquela experiência de vida.

TIPOS DE MEDALHAS
Eu participei de 600 provas, desde provas de 1 milha (1.609 m) até provas de 217 km (135 milhas), tenho quase todas as medalhas, e porque quase todas, porque já recebi um prato, uma taça de vidro, acrílico, madeira, mini-troféu e o que mais a criatividade, a verba ou o capricho do organizador puder realizar.

Por outro lado, inúmeros organizadores primam por criar e entregar medalhas muito bonitas, duráveis, algumas pequenas (Comrades) outras bem grandes, e sempre foi assim na BRAZIL135 nas vezes que concluí a prova.

DECEPÇÃO
Ao final dessa breve análise, anexo um relato forte de um atleta que ficou extremamente frustrado e decepcionado com a medalha que recebeu, sua comunicação foi lida pelo organizador que se desculpou no mesmo blog de sua narrativa. Também anexo imagens de outras medalhas e em especial as medalhas da maior ultramaratona do planeta, mais antiga e a mais receptiva prova em atividade, nada mais e nada menos do que a COMRADES MARATHON, que aos 100 anos não para de evoluir, crescer, incluir e criar novidades   para premiar, abraçar e agradar sobremaneira seus milhares de inscritos anualmente (mais de 20.000 inscritos neste ano de 2022).

CONCLUSÃO
Ao tomarmos uma decisão para a realização de um plano, no caso um evento de corrida, a simplicidade prática será sempre uma boa conselheira pois quando queremos criar, inovar e inventar algonovo, estaremos ultrapassando um limiar da certeza, do ponderado e do esperado. Como isso pode ser aplicado na prática, ou, na escolha e confecção de uma medalha?

Se a opção do organizador é a simplicidade, então dificilmente ele vai errar, quer dizer, uma medalha comum, de metal, com os dizeres suficientes, não vai gerar nada além do conformismo ou alegrias naturais.

Se a opção do organizador é inovar, então ele deve primar por não errar os mesmos erros de outros organizadores no passado, exemplo:

No dia 7 de setembro de 2003, eu corri uma prova maravilhosa, sempre realizada no dia da independência do Brasil, sete de setembro, prova brilhantemente organizada pelo bi-campeão da São Silvestre José João da Silva no Ipiranga, ícone da nossa independência. Ao final a medalha entregue era de acrílico transparente (eu já possuía outras similares que o tempo resolveu sumir com a impressão, a grita foi geral e a insatisfação chegou ao organizador por e-mail, correio, fax, telefone etc. Caprichoso JJS, que foi atleta e sabe como “toca a gaita”, encomendou nova medalha, agora em metal e enviou a todos que fizeram a prova, tenho as duas. Esse simples gesto, que representa um abraço no atleta, manteve a prova em alta e o organizador em grande estima.

À esquerda a medalha entregue na linha de chegada da prova, à direita a substituição por metal.
René Descartes, filósofo e matemático francês, criador do método cartesiano (cartesianismo), escreveu um livro; Discurso sobre o Método, destaco os quatro preceitos lógicos no alicerce do pensar.

1º) jamais acolher alguma coisa como verdadeira que eu não conhecesse evidentemente como tal, isto é, de evitar cuidadosamente a precipitação e a prevenção;
2º) dividir cada uma das dificuldades que eu examinar em tantas parcelas quantas possíveis e necessárias fossem para melhor resolvê-las:
3º) conduzir, por ordem, meus pensamentos, começando pelos objetos mais simples e mais fáceis de conhecer, para subir, pouco a pouco, como por degraus, até o conhecimento dos mais compostos, e
4º) fazer, em toda parte, enumerações tão completas e revisões tão gerais que eu tivesse a certeza de nada omitir.

Por fim destaco algumas frases que ilustram o cuidado com os detalhes:

O diabo mora nos detalhes. provérbio alemão

Detalhe é palavra de origem latina, derivada da palavra taliare cortar, dividir. É pedaço ou parte.

Nem Deus nem o Diabo, o apego mora nos detalhes

Um exemplo de indignação do corredor diante das medalhas recebidas:
As piores medalhas de todos os tempos, parece latas velhas, vergonha para pagar esta fortuna😟😟😟

COMRADES MARATHON
Essa ultramaratona é um paradigma em termos de organização, participação, motivação, antiguidade e grandiosidade. Tive o imenso prazer de participar em duas oportunidades, 2007 e 2011.

No quesito medalhas, impera um cuidado e uma dedicação à importância desse verdadeiro objeto do desejo, a começar pelo tamanho da medalha para uma prova de 89 km. A medalha possui em torno de 29mm de diâmetro, voltando ao Brasil, mostrei essa medalha a um colega corredor e ele exclamou:  isso?

Outra dinâmica na criação de medalhas como premiação pelo esforço na COMRADES, é a variedade, abaixo um resumo das 9 medalhas em vigor na prova.
Medalha Vic Clapham ou Comrades Finishers, que é feita de cobre, foi introduzida pela primeira vez e foi concedida aos corredores que terminaram entre as 11:00 e as 12:00 horas.

medalha Comrades Bronze foi introduzida pela primeira vez em 1972 para corredores que terminaram entre 7h30 e sub 11h. (Isso foi alterado no ano 2000, quando a Bill Rowan foi introduzido e novamente em 2019, quando a medalha Robert Mtshali foi introduzida).

A Medalha Robert Mtshali. Em 1935, Robert Mtshali se tornou o primeiro corredor negro não oficial a terminar Comrades Marathon quando cruzou a linha em um tempo de 9h30.
40 anos depois, em 1975, a prova foi aberta a todos os atletas pela primeira vez, A medalha Robert Mtshali, feita de titânio, foi apresentada pela primeira vez na Comrades em 2019 e é concedida aos corredores que terminarem o Comrades entre 9h e menos de 10h.

A Medalha Bill Rowan. Bill Rowan foi a primeira pessoa a vencer Comrades Marathon em 1921. Ele terminou em 8h5min. Foi no ano 2000 que a medalha Bill Rowan foi introduzida pela primeira vez. Esta medalha de bronze centrada que tem um anel externo de prata é concedida a qualquer um que termine o Comrades entre 7h30 e 9h.

A medalha de prata na Comrades é a medalha que existe há mais tempo. Foi a primeira medalha que foi concedida a todos os finalistas que terminaram abaixo de 12 horas em 1921. Permaneceu como a única medalha de camaradas até a introdução da medalha de ouro 10 anos depois, em 1931.

A medalha Isavel Roche-Kelly. Juntamente com a medalha Robert Mtshali, 2019 também viu a introdução da medalha Isavel Roche-Kelly. Em 1980, Isavel Roche-Kelly tornou-se a primeira mulher a quebrar a marca de 7h30 quando ela finalizou a prova em 7h18 para receber sua primeira, de duas vitórias na Comrades. Esta medalha de prata centrada que tem um anel externo de ouro é concedida apenas às mulheres que terminam fora do top 10, mas abaixo da marca de 7h30min.

A Medalha Wally Hayward. Wally Hayward é uma lenda da Comrades. Ele não apenas quebrou o recorde do Comrades 3 vezes em 5 de suas vitórias no Comrades, mas também detém o recorde de ser o finalizador mais velho de todos os tempos. Aos 80 anos, em 1989, Wally conquistou os corações de todos que assistiram naquele ano quando cruzou a linha em 10h58m03. Assim como a medalha Isavel Roche-Kelly, a medalha Wally Hayward também é metade prata e metade ouro. É concedida aos corredores que não terminam entre os 10 primeiros, mas que finalizam em menos de 6h.

Medalha da Maratona dos Camaradas de Ouro. A ilustre medalha de ouro da Comrades foi introduzida pela primeira vez em 1931 e foi concedida aos primeiros 6 atletas a cruzar a linha de chegada. Isso foi estendido aos primeiros 10 atletas em 1972. Foi somente em 1983 que uma medalha de ouro foi concedida à primeira mulher a cruzar a linha. Isso foi aumentado para 3 em 1988 e, em 1995, as 5 melhores mulheres receberam ouro. Em 1998, as 10 melhores mulheres receberam  medalhas de ouro pela primeira vez.

Medalha dos Camaradas Back to Back (ida e volta). A medalha Back to Back Comrades foi introduzida pela primeira vez em 2005. Para se qualificar para uma medalha Back to Back, você precisa atender aos seguintes critérios: Você precisa ser um estreante na Comrades e você precisa completar duas Maratonas Comrades consecutivas.

(*) Fonte: página oficial da Comrades Marathon
A COMRADES MARATHON concede outras duas honrarias e homenagens aos seus participantes; Green Number e o Wall of Honour. O Green Number é a concesssão de um número perpétuo após concluir 10 provas finalizadas, além de fazer parte de um clube dos Greens Numbers, o Wall of Honour é o nome do atleta gravado num muro no percurso da prova. Em 2019 havia 12.839 atletas que alcançaram esse feito desde 1921. O recorde de provas na Comrades Marathon pertence a dois atletas Louis Massyn e Barry Holland, que completar 46  vezes; e a atleta Kleintjie Van Schalkwyk que completou que completou 34 vezes, pertence a dois atletas Louis Massyn e Barry Holland, que completaram 46   vezes; a atleta Kleintjie Van Schalkwyk que completou 34 vezes, considerando que as mulheres não podiam participar antes de 1975.

Mural de Medalhas
Anexo:
Fonte: www.jmaratona.com publicado em 18 de janeiro de 2022.