quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Cenas da Meia Internacional do Rio 2010

Dor e Superação!!!

As duas cenas abaixo aconteceram na Meia Internacional do Rio 2010, neste último Domingo que passou dia 22.08.2010. Quando estava indo embora para casa vejo uma cena que me chamou atenção, lancei mão da minha máquina e registrei a cena, pois mais a frente ia um casal abraçados, ele ajudando a parceira dele, pois a mesma estava mancando e sentindo muita dor na perna esquerda, pelo estado dela com certeza ela completou a Meia na raça. (Aí amigo JOKA de Santos olha só que coincidência, acredito que esta corredora veio de Santos correr a Meia do Rio, veja o que está escrito na blusa dela).
Pois a outra cena que me chamou atenção (não só a mim, mas acredito que de todos) foi ver o relato do amigo Ultra Márcio Villar sobre o fato dele ter ajudado o atleta Edson a terminar a Meia do Rio. Acredito que o Márcio foi um anjo que apareceu na vida do Edson, para ajudá-lo, vejo muitas pessoas que nasceram perfeitas e só vivem reclamando da vida a toa, o Edson é um exemplo para todos nós...Parabéns Edson pela garra de não ter desistido de terminar a Meia do Rio...Parabéns Márcio por ajudar o próximo...
Com certeza nas cenas acima houve dor e superação, mais os atletas acima não desistiram e foram até o final. Pois todos nós temos nossos limites, digo a todos o seguinte, se você algum dia passar por alguma situação insusitada em uma prova pense bem antes de tomar qualquer decisão pois uma dor ou um mal súbito pode lhe ser prejudicial para você, não é vergonha nenhuma o atleta parar ou até caminhar por alguns segundos para se restabelecer ou até abandonar uma prova...Digo isso porque muitas pessoas podem se empolgar vendo as cenas acima ou vendo as cenas acontecendo ao lado dela e também querer se SUPERAR, se você ver que dará para se superar então siga em frente, caso não dê pare...Pois corridas teremos de montão para correr, nossa saúde é uma só.

Bons treinos!!!

12 comentários:

José Xavier disse...

Caro Jorge;

Estas cenas são comuns em muitas provas. Pela persitência dos atletas em terminarem uma prova o que é posítivo. Mas tal voçê diz tem de ser tomados cuidados quando o atleta está a ultrapassar as suas capacidades. Temos de saber correr e saber escutar o nosso organismo, pois é ele que manda.

Um abraço
do Xavier

Running Free disse...

Saudações Jorge, tudo bem?

Primeiramente parabéns pela participação na Meia Maratona do Rio.
Quanto as fotos, bom é assim mesmo, quando estamos na pista fazemos de tudo para completar nosso objetivo, é dificil para quando queremos, a qualquer custo continuar. O importante, como vc disse no seu relato, é conhecer os nossos limites, pois já vimos vários exemplos no esporte de pessoas que ficaram muito prejudicadas por algum tipo de acidente durante a prática de um esporte. Vamos nos cuidar.

Bons treinos Jorge

Abraço

Thiago Melo disse...

è verdade Jorge...temos que ter cuidado com nosso corpo...mas que essas histórias de superação são demais isso são.
Abraços,
Thiago Melo
http://corredoraprendiz.blogspot.com/

Dani disse...

Me sinto até culpada qdo reclamo das minhas dores ou de algum probleminha qdo veja essas cenas.
Bjos,
Dani

Joka disse...

Mr.Cerqueira é broca man !!! rs Quem nunca teve um dor terrível no meio de uma prova ou treino ?? Acho que todos já passaram por este momento, e é por isso que eu sigo o exemplo do Marcio. Temos que nos ajudar, pq o esporte é união é vida e todos pensam em superação própria. Mas tem horas, que só com uma mínima ajuda conseguimos vencer. Somos todos irmãos galera!!!!!!! Belo post man, parabéns... Boa prova!!!

Leonardo Nista disse...

Fala Jorge!

Cara, que cenas impressionantes.
Que esporte fantástico é a corrida, só aproxima as pessoas!

Eu acho muito legal quando pessoas, que nunca vimos, passam por nós (na corrida) e dão incentivo, algumas pessoas são assim sempre, já outras somente nas corridas, pois quando encontram voce na rua nem olham.

Essa é a "vibe" da corrida que contagia todo mundo!

Mas uma coisa é certa, se não da pra continuar caminhe, pare. Temos que saber "escutar" o que o corpo nos diz!

Abraço e bom final de semana a todos!

Leonardo Nista
www.corroporcorrer.com.br

Kleber RG disse...

Jorge, não tenho palavras para explicar o que acho destes notáveis atletas que possuem alguma deficiência nos membros inferiores e se superam, a cada dia!

Sou fã-zasso dsses caras!

Abraço,
Kleber RG
www.maratonacorreria.com

tutta disse...

Exeplos como estes são raros de se ver hoje em dia.
Mas graças a Deus, no "mundo" das corridas, todos sabem o quão difício é de superar um obstáculo ou uma distância mais longa, por isso agimos assim. Ajudando a quem está em dificuldades.
Abraço e boa sorte na ultra amanhã caro amigo Jorge.


tutta
www.correndocorridas.blogspot.com
Twitter: @tuttacferreira

CANELAFINA disse...

Vai daqui do sul do Brasil minha prece para voce nas 24 horas que inicia amanhã. Vai com cautela, e venceras este desafio. Sabedoria suficiente para isto tenho certeza que acumulastes ao longo de tantas corridas. Estaremos todos online acompanhando este acontecimento.
Um abraço
Eduardo Mattos
Pelotas, RS

Fábio Namiuti disse...

Na Meia da Corpore 2009, eu pisei num buraco e tive uma pequena torção, que não me impedia de correr, só atrapalhava o ritmo. Enquanto eu andava, só de raiva, e pensava numa maneira de conseguir voltar, desistindo da prova, passou por mim um corredor com duas próteses... Foi um tapa na cara! Fui lá e fiz o que tinha que fazer, concluindo a prova com um tempo alto, mas também com dignidade. É preciso bom senso para saber diferenciar quando é "frescurinha" e quando é lesão. Mas de vez em quando é bom levar um sacode desses pra cair na real.

Abraço, bom final de semana. E manda ver lá nas 24h!

Fábio
http://www.fabionamiuti.hd1.com.br

SUPERAÇÃO disse...

Grande amigo Jorge!!!

Você é o cara...sempre preocupado com o bem estar do proximo.
Parabens pelo post...Depois da Meia Maratona e os treinos da semana, ainda deu para encarar a Fila Night Run no sábado e melhorar o tempo de 2009.
Valeu amigo!!

Orlando disse...

Oi Jorge. Que relato bacana. Sou fã de histórias de superação. Essas imagens que vc captou com sua câmera foram espetaculares e seu relato muito importante para nos preocuparmos com o próximo e com nossos limites. Parabéns !!!