quinta-feira, 31 de maio de 2018

Competição nº 407 - 6ª Ultramaratona Internacional de 48 horas da Mantiqueira 2017

Distância: 332,800 Km;
Tempo: 48 horas;
Local: Passa Quatro - MG;
Colocação Geral: `2°; e
Total de Corredores:  42 Corredores.
Nos dias 24, 25 e 26 Novembro 2017 foi realizada a 6ª edição da Ultramaratona Internacional de 48 horas da Mantiqueira no Colégio São Miguel na Cidade Passa Quatro - MG. Também essa prova contou  com as seguintes distâncias: 12 e 24 horas, essa prova foi realizada pela Ultra Runners Eventos.

Um Ultramaratonista encara qualquer distância como um desafio pessoal, trata-se de uma briga constante consigo mesmo, de superar o seu próprio limite. Pois então foi aí que veio a idéia de correr essa prova que foi às 48 horas da Mantiqueira, tive pouco tempo para me preparar para essa loucura...rsss...Acredito que foram uns 3 meses treinando, na madrugada adentro, de dia e de noite, não tinha noção do que iria encontrar pela frente, ainda mais que a maior distância percorrida por mim tinha sido em Dezembro de 2016 nos 230Km da Cassino Ultra Race finalizando em 34 horas. 

Então chegou o grande dia de viajar para Passa Quatro, mas antes de falar da competição, não poderia sem antes falar dessa cidade anfitriã do interior de Minas, localizado no Sul de Minas Gerais, é uma região turística das terras altas da Mantiqueira. Onde as árvores auracarias predominam a região. Sua posição privilegiada, no meio do caminho entre as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, com fácil acesso pela via Dutra, facilita o deslocamento de todos os participantes. Esta terra encantadora está repleta de atrativos naturais esperando pelas pessoas. Só foi uma pena que não deu para curtir a cidade...rsss.
Rumo a cidade de Passa Quatro - MG
Pois viajei na 5ª feira dia 23 Nov 2017, saindo do Rio pela Rodoviária Novo Rio, a viagem durou cerca de 3 horas até a cidade de Cruzeiro em SP, onde tive que pegar outro ônibus, saindo de Cruzeiro às 15 horas, à viagem durou cerca de 40 minutos até Passa Quatro. Cheguei no Colégio São Miguel, local da prova às 16 horas, onde já se encontrava vários corredores pegando seus kits, montando suas barracas em torno da pista e etc e etc...Armei minha barraca e fui buscar o meu kit no próprio local.
Kit da prova
Nessa prova tivemos a opção de ir para o hotel ou ficar nas barracas, muitos foram dormir nos hotéis, mas como outros corredores dormiram em suas barracas preferi também não ir para o hotel ficando na barraca, ainda mais que estava cheio de peso, digo que foi muito melhor. Já a noite fomos procurar um local para jantarmos, o problema das cidades do interior é que o comércio local fecham cedo e não há muitas opções de jantar, daí pegamos uma informação com uma moça em um posto de gasolina e ela nos deu a informação que numa rua próxima tinha a opção de lanche e já que não tinha jeito fomos comer um lanche. Chegando no Japa Lanches que de japonês não tinha nada somente o nome, pedimos os nossos lanches e depois que comemos, chegou um corredor conhecido e fomos surpreendidos, esse amigo que tinha chegado nos informou  que iria pedir uma refeição strogonoff de frango com arroz e batata....putz...pior que só fomos informados sobre o lanche e não sabia que tinha essa refeição...kkk...Retornamos para  o local da prova e lá para às 22h fui dormir.
Novo hotel...rsss
Lanchando com os amigo(a)s
Então chegou o grande dia da competição, Sexta-feira dia 24 novembro 2017, acordei por volta da 6h da manhã, o dia amanheceu com o tempo nublado fazendo um pouco de frio, aprontei algumas coisas e fui tomar café em uma padaria local. Na volta comprei um saco de gelo para colocar algumas coisas minhas para gelar, me aprontei e logo em seguida fui pegar o segundo chip extra. Por volta das 9h da manhã o astro rei começou a se firmar, às 9h55min nos alinhamos no pórtico de largada, a organização colocou o Hino Nacional para torcar e todos presentes cantaram o hino e em seguida às 10 horas da manhã foi dada à largada.
Antes da largada
Fui para essa competição para aprender com os feras que estavam inscritos na prova, ainda mais que seria minha estréia nessa nova distância e também fui com a idéia de ficar entre os cinco primeiros colocados, o que acabou dando certo. A minha estratégia para essa prova foi correr forte como sempre faço em todas as provas, para me destacar entre o demais corredores,  penso no seguinte que se a pessoa quer conquistar algo tem que ser ousada, sempre treino para esses objetivos, quem já treinou comigo sabe o que estou falando e isso tem dado certo. Falar em treinos desde que me inscrevi nessa loucura, dei preferência para treinos longos em pistas de atletismo e praças e digo que ajudou muito no psicológico, rodei na pista oficial de atletismo do quartel de 400 metros e em uma praça perto de casa de 240 metros. As pessoas que me viam treinando principalmente na praça horas e horas seja de dia, de noite ou de madrugada não entendiam nada, eu ria comigo mesmo, tem que fazer sacrifícios, mas tudo tem um objetivo que é a vitória final. 

Logo após o canto do hino nacional às 10h soou a buzina e lá foram os doidos correndo pela pista de atletismo, cada um com seus objetivos. Fomos dando voltas e mais voltas, o sol tava uma beleza, a cada minuto que passava esquentava mais ainda...rsss, os atletas favoritos que estavam correndo na prova estavam correndo devagar e ninguém queria tomar a ponta da prova, então decidi e me lancei lá fui eu correndo rápido, tomando a ponta da prova, quem sabe para tentar ganhar a prova, mas que ousadia minha...rsss...mas tem que ser ousado mesmo, tem que tentar, com isso já ganhei várias provas assim. Mas ainda estava muito cedo para sabermos quem seria o campeão da prova. A cada 5 Km me hidratava seja com água, água de cocô, isotônicos e etc e etc...Por volta das 13 horas da tarde a organização nos serviu 3 tipos de almoço (ver na avaliação da prova), alguns pararam para comer, já outros pegavam seus pratos e iam caminhando devagar pela pista de atletismo comendo, já eu peguei um prato e fui correndo rápido, as pessoas que estavam lá ficaram impressionados com a minha velocidade eu correndo rápido e comendo...rsss. Após o almoço nos foi servido picolés, que nos ajudou bastante por por causa do calor, também durante toda a prova nos foi servido várias frutas (ver na avaliação da prova).
Na largada, cantando o Hino Nacional
E lá foi se passando as horas, durante a prova a cada 6 horas era feita a reversão da pista (correr em direção contrária), como nos meus treinos eu treino em um só sentindo para mim não fez tanta diferença essa reversão, mas tem gente que gosta, também a cada 4 horas era divulgada as parciais da prova para os corredores. AS 19:54 da noite completei 100 Km e resolvi fazer uma troca de tênis porque a pista é de terra batida e os pés ficaram muito sujo além de que algumas pedrinhas que entravam no tênis, troquei de tênis rápido e voltei a correr. Lembro que liderei a prova por mais de 20 horas, foi quando apareceu uma baita da dor na musculatura das pernas, mesmo assim continuei correndo, mas pensei que era melhor parar por alguns minutos para fazer uma massagem nas pernas do que quebrar mais a frente e ter que sair da competição e assim foi feito. Estava com 30 voltas na frente do segundo colocado, como fui fazer massagem o segundo colocado resolveu adiantar as voltas para tentar me ultrapassar, quando retornei ele estava há 4 voltas atrás de mim e como o corpo não reagia bem, voltei a correr devagar e foi quando o segundo colocado me ultrapassou e começou a abrir voltas em cima de mim, na hora fiquei meio bravo por ter perdido a primeira colocação, mas depois de alguns minutos pensei bem que era a minha primeira competição, estava ali para aprender e dei uma parada de alguns minutos na barraca mas sem dormir.
Correndo pela noite adentro
Numa das centenas voltas

Não lembro bem a hora mas, acho que era lá por volta das 23:00h o primeiro colocado começou a andar já estava esgotado e como a minha musculatura do corpo já tinha recuperado, dei uma de kamikase, partir para a morte, comecei a dar tiros e mais tiros de velocidades em cima do primeiro colocado para ver se conseguia resgatar a minha primeira colocação de volta. Também não lembro mas já na madrugada de sábado para domingo começou a chover, pista de barro já viu né. Lembro que na madrugada me deu uma pequena ânsia de vômito para não esperar vomitar na pista fui no banheiro e meti o dedo na goela e vomitei logo de uma vez saindo só um pouco, depois percebi que foi a melancia, pois então durante o dia estava muito calor, aliás os dois dias estavam muito calor e como a melancia ajuda muito na hidratação mandei ver, só que o adocicado da melancia me fez vomitar, acabei descobrindo que além do gel a melancia se comer muito fico com o estômago ruim, então deixei a melancia e só fiquei repondo as energias com laranja que é ácida e ajudou muito, tão logo retornei do banheiro, continuei correndo, depois de um certo tempo a dor voltou e voltei a fazer massagem e após descansei mas sem dormir na barraca por uns 15 minutos, quando  voltei a correr percebi que o primeiro colocado tinha ido descansar em sua barraca aproveitei para correr rápido para ver se ultrapassava ele, mas a equipe dele me vendo eu correndo rápido tentando chegar nele, o acordou e ele voltou a correr. Faltando umas 3:30h para terminar a prova verifiquei na parcial que faltava 40 Km para chegar no primeiro colocado e como o corpo já estava fatigado não daria para correr em 3:30h os 40 Km em alta velocidade, então resolvi correr devagar, mas nas horas finais o terceiro colocado da prova queria o meu segundo lugar, não bobiei voltei a correr mais rápido abrindo voltas em cima de voltas em cima dele e observando ele, faltando mais ou menos 1 hora para terminar a prova, vi na parcial que o terceiro colocado estavam bem atrás de mim e não teria como me ultrapassar, com isso retornei a correr devagar e aproveitei para colher alguns depoimentos em vídeos dos corredores que estavam lá e se aproximando o final da prova o organizador começou a contagem regressiva 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 e terminou e foi a maior explosão de alegria dos corredores uns se emocionavam, outros se abraçavam, foi uma alegria total para todos...Terminei a prova agradecendo a Deus e cumprimentando os corredores, depois vi que finalizei a Ultramaratona de 48 horas, correndo 832 voltas na pista de atletismo totalizando 332 Km e 800 metros terminando em segundo colocado geral feliz da vida, para quem nunca correu uma distância assim foi bom demais. Mas uma missão dada e missão completada com louvor.
Realizando a última volta
Pódio masculino
Obrigado meu Deus por mais uma vitória
Muito bom
Resultado Masculino:
1° - Arilson Silva (São Paulo) - 880 voltas - 352 Km;
2° - Jorge Cerqueira (Rio de Janeiro) - 832 voltas - 332,800 Km;
3° - José Cássio (Minas Gerais) - 719 voltas - 287,600 Km;
4° - Alex Munarim (São Paulo) - 704 voltas - 281,600 Km; e
5° - Sérgio Cordeiro (Rio de Janeiro) - 682 voltas - 272,800 Km.

Pódio Feminino: As 5 primeiras colocadas

Resultado Feminino:
1° - Karine Thames (Rio de Janeiro) - 775 voltas - 310 Km;
2° - Fabiana Bannwart (São Paulo) - 707 voltas - 282,800 Km;
3° - Karina Alejandra (Paraguai) - 719 voltas - 287,600 Km;
4° - Lucileide de Castro (Rio de Janeiro) - 616 voltas - 246,400 Km; e
5° - Lorelei Laura (São Paulo) - 544 voltas - 217,600 Km.

Avaliação da Prova:
Inscrição: De 300 à 400 reais de acordo com as datas dos lotes, paguei 400 reais em duas parcelas, para o que nos foi servido durante a prova para os atletas até que não achei a prova cara não em vistas de outras provas por aí de ultras que tem organização que cobra mais de mil reais na inscrição e nem um copo de água oferece para o corredor é tudo por conta do atleta...Ponto positivo;
Kit: Entregue um dia antes e no próprio dia da prova no mesmo local, vindo: 1 sacola de papel pequena, 1 camisa, 1 numeral, 2 chips colados no número, 4 alfinetes, 1 bandana e 1 adesivo da prova...
Ponto positivo;
Guarda volumes: Nesse tipo de prova não há necessidade de ter guarda volumes, visto que os atletas levam suas barracas e guardam seus pertences na mesma;
Altimetria  e Percurso da prova: Leve...O percurso foi todo plano e de terra batida dentro do Colégio São Miguel em Passa Quatro Minas Gerais, numa pista de atletismo...Ponto positivo;
Posto de hidratação: Muito bom, a organização disponibilizou um local coberto uma mesa bem grande na área na pista de atletismo onde os atletas passavam e pegavam em copos abertos água e gatorade durante 48 horas...Minha sugestão é que na próxima tenha refrigerante...Como não sou bobo levei o meu plano B que foi algumas latas de refrigerante sprit e água de coco ajudando muito a mim...Ponto positivo;
Posto Médico: Esse quesito não posso avaliar porque corri concentrado e não percebi se tinha alguma equipe médica lá, mas vi que tinha 2 fisioterapeutas fazendo massagens nos atletas que ajudou muito;
Banheiros: Foi disponibilizado 2 banheiros locais do Colégio São Miguel (1 masculino e 1 feminino) a minha sugestão é que a organização da prova coloque 2 banheiros químicos na beira da pista de atletismo onde os atletas tem mais facilidades para usa-los, porque o banheiro da escola fica a uns quase 300 metros de distância da pista e com isso faz com o que os atletas percam tempo e fora que no banheiro só existe 1 vaso e 3 chuveiros...Fico imaginando 1 corredor no vaso e outro chegando apertado para dar uma barricada...rsss...Enfim...Ponto positivo;
Alimentação da prova: A organização da prova forneceu durante toda as 48 horas frutas (bananas, laranjas maçãs e melancias), biscoito doce. No horário do almoço foi servido 3 tipos de refeições em pratos de plásticos pequenos contendo arroz, ervilha e frango desfiado, prato com macarrão e um pequeno pote de purê de batatas. Já a noite foi a mesma coisa do almoço, também mais tarde foi servido café, uma sopa bem quente e na parte da manhã de sábado e domingo nos foi servido café com leite e pão com queijo...Ponto positivo;
Medalha de participação: Todos os Corredores que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal medindo 9 cm de altura x 6 cm de largura, na frente vindo o nome da prova,  o nome da cidade Passa Quatro - MG, o desenho das árvores da Araucárias e vindo com uma fita personalizada escrito o nome da prova...Ponto Positivo;
Premiação: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados no geral Masculino/Feminino com lindos troféus de metal e madeira medindo 28 cm de altura x 14 cm de largura) porém veio sem a etiqueta da colocação, segundo a organização nos foi dito que mandará depois pelos correios para os corredores...Fico no aguardo....Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: A organização da prova premiou os 5 primeiros colocados das respectivas faixas etárias com troféus de metal e madeira...Ponto positivo;
Resultado da prova: 
A prova foi cronometrada pela empresa Ultra Timing Chip, onde a cada 4 horas divulgava  as parciais do resultado, não tive problemas com marcação, pois o resultado encontra-se no site do evento...Ponto positivo; e
Prova: Bom correr uma prova de 24 horas já é uma adrenalina e tanto, agora imagina correr 48 horas é muito surreal, durante a prova falei comigo mesmo que nunca mais voltaria correr essa prova, mas depois que terminou esse pensamento se foi...ufaaa...kkkk...Foi a minha estréia nessa prova brutal e põe brutal nisso, pois para quem quer correr essa prova não basta somente treinar a parte física tem que treinar muito a parte psicológica em dobro porque senão o bicho pega. Foi uma prova e tanto por pouco não venci a mesma, mas ficou o aprendizado,  foi uma boa briga na pista entre o primeiro e o segundo colocado, venceu ou melhor, pois aprendi com todos que correram essa prova o objetivo final foi alcançado que foi ficar entre os cinco primeiros colocados geral e indo ao pódio...Bom demais. A organização (Fernando Nogueira, Paola Nogueira, Newton Lopes e todo os staffs da prova estão de parabéns, estou falando por mim, foram atenciosos e tiraram as minhas dúvidas quando tive, principalmente o Newton Lopes. Independente do resultado que ficaram, todos os Corredores que correram às 48h, 12h e 24h também estão de parabéns e espero que tenham consigo almejar os seus objetivos.

Nos vemos na próxima linha de largada
🏃🏃🏃

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem vindo(a)s ao meu Blog de Corridas. Participe seus comentários serão muito importantes para mim e para outros participantes interessados no mesmo tema.

Todos os comentários serão bem vindos, mas, reservo-me no direito de excluir eventuais mensagens com linguagens inadequadas ou ofensivas.

PS: Caso queira entrar em contato, me mande um e-mail para jmaratona@jmaratona.com

Obrigado,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista