sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Rio Up Run

Após serem instaladas as Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs) em suas áreas, as comunidades da Babilônia e do Chapéu Mangueira abrem suas portas para a Corrida Embratel Rio Up Run


Cerca de 2 mil atletas participam da corrida de rua inédita na Zona Sul do Rio de Janeiro.
06 de novembro - Domingo


Até poucos anos atrás, era algo impensável de acontecer na cidade do Rio de Janeiro. Trata-se de uma corrida de 8 km passando por dentro das comunidades da Babilônia e do Chapéu Mangueira, localizados no Alto Leme e pacificados desde junho de 2009. Para ratificar este momento, as duas comunidades recebem dia 06 de novembro a 1ª 06 edição da Embratel Riu Up Run, Circuito de corridas a ser realizado em comunidades pacificadas pelas UPPs, resultando o nome do evento.


Segundo os organizadores, a competição pretende reunir atletas de ponta, moradores da região e de várias outras partes da cidade, além de empresários, artistas e policiais. Com este novo cenário, o esporte tem a oportunidade de fazer parte da rotina das comunidades.

A largada é na orla de Copacabana (altura do Posto 4), seguindo pela Av. Atlântica até o final do Leme, e depois passando pelas ruas das comunidades e retornando à praia, ao mesmo ponto da largada. O percurso passa por muitos degraus, ladeiras íngremes e muitas vezes estreitas, o que exigirá um preparo físico típico de uma tropa de elite.  Vários pontos importantes e charmosos marcam o trajeto da Embratel Rio Up Run: a rua onde morou o compositor de "Aquarela do Brasil" Ary Barroso;  locais das filmagens do filme Tropa de Elite e Orfeu; entre outros locais, como o Bar David, que já recebeu vários prêmios de gastronomia e fica lotado nos fins de semana.


Contando com a parceria da Secretária de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, do Secretário Municipal de Conservação e Serviços Públicos do Rio de Janeiro (SECONSERVA), Carlos Roberto Osório e do professor da Escola de Educação Física da UFRJS, nascido no morro da Babilônia, César Couto, a organização da prova irá realizar algumas ações sociais durante a competição: inscrições gratuitas da corrida para os moradores, oportunidade dos moradores atuarem com staff, melhoras na comunidade, projeto de doação de tênis e criação de uma categoria especial com direito a premiação.


"A Embratel Rio Up Run é um projeto muito especial, pois surgiu de uma demanda da própria comunidade do Alto Leme. A Prefeitura está cada vez mais presente nas Comunidades Pacificadas, através da UPP Social e outras ações. Movimentos como este, que além de gerar integração entre os cariocas deixam legados notáveis para as comunidades envolvidas, complementam nosso trabalho e serão sempre comemorados pelos Poder Público Municipal", afirma Carlos Roberto Osório.


A Effect Sport e a New Quality Sports, são as responsáveis pela realização deste projeto inédito. “É muito gratificante pra gente poder viabilizar esse evento, que surgiu de uma ideia do professor César Couto e da demanda do Secretário Carlos Roberto Osório. A Embratel Rio Up Run chega para marcar esse novo momento do Rio de Janeiro”, diz Pedro Rego Monteiro, diretor executivo da Effect Sport.

Segundo a organização da prova, a estimativa de participantes na Embratel Rio Up Run é de 2 mil inscritos. Alguns órgãos públicos e particulares, instituições esportivas e moradores das comunidades da Babilônia e do Chapéu Mangueira estão apoiando o evento. O Governo do Estado do Rio de Janeiro; a Prefeitura da cidade do Rio de Janeiro; o Presidente da Federação Estadual de Triathlon, Julio Alfaya; o Presidente da Associação de Moradores da Babilônia, Carlos Pereira (Palô) e o Presidente da Associação de Moradores do Chapéu Mangueira, Dinei, são alguns parceiros do projeto.

Responsabilidade Social - Ação de Capacitação de mão de obra para eventos financiada pela Rio Up Run

Atenta à questão da responsabilidade social, a Embratel Rio Up Run irá realizar algumas ações sociais em benefício das comunidades dos morros da Babilônia e do Chapéu Mangueira, locais onde a competição será disputada. Centenas de jovens das comunidades serão capacitados em um curso de qualificação de staff de eventos esportivos, oferecido pela organização da corrida. Através desta iniciativa, os moradores terão a oportunidade de atuar no crescente mercado esportivo carioca durante os próximos anos, como na Copa do Mundo 2014 e dos Jogos Olímpicos 2016. Além da profissionalização de jovens, a corrida também conta com ações com inscrições gratuitas para os moradores, melhorias nas comunidades, doação de tênis (os corredores pagantes poderão doar tênis novos em troca de inscrições) e criação de uma categoria para os moradores com direito a premiação especial.

SERVIÇO:
1ª Edição da Embratel Rio Up Run
Percurso: Copacabana/Alto Leme/Copacabana
Distância: 8 Km
Horário largada: 07h30min
Modalidade: Corrida rústica/Cross Country

Premiação: Medalha para todos que chegarem ao pórtico de chegada (corrida) e troféus para os três primeiros de cada sexo (categoria geral). Criação de categoria especial para os moradores da comunidade e imprensa com premiação.

Entrega de kit:
Data e local: à definir
Importante: Todos os kits irão contar com uma camisa 100% poliamida, sacola e número de peito.

Inscrições:
As inscrições poderão ser realizadas pelo site do evento e o pagamento através do boleto bancário ou pelo cartão de crédito. Maiores informações: www.riouprun.com.br

Informação para imprensa:
LEAD Comunicação Flavia Tenório e Andreia Cony
Tel.: (55 21) 2222-9450/9348-9189
Nextel: (55 21) 7746-4714 Id: 126*41565 leadcom@terra.com.br

2 comentários:

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Jorge,
É uma boa pedida para uma corrida bem diferente no Rio.
Abraços.

Raphael Bahiense disse...

Bacana Jorge, é sempre bom variar um pouco, ficar correndo só no Aterro não é legal!