quinta-feira, 16 de abril de 2020

Os 5 maratonistas brasileiros que fizeram história

Grandes homens e mulheres fazem parte da história do mundo. Nas ciências, na arquitetura, na literatura, na filosofia, no cinema, na música, no futebol e nas corridas não é diferente. Existem os brasileiros que se destacaram nas maratonas e deixaram suas marcas para as próximas gerações. Sabe quem são eles? Então confira.
Eleonora Mendonça, Carioca - Rio de Janeiro, maratonista olímpica. Foi a primeira mulher a representar o Brasil numa maratona olímpica, nos Jogos Olímpicos de 1984Além desse feito, ela foi uma das grandes responsáveis pelos primeiros passos das corridas de rua no Brasil. Ela organizou o primeiro circuito de corridas de rua no Rio de Janeiro, a primeira maratona do país, e foi uma das co-editoras da primeira revista especializada em corridas do país. Foi recordista brasileira e sul-americana de todas as distâncias, desde os 1.500m até a maratona. Competiu fora do Brasil porque, no início dos anos 70, não havia provas para as mulheres no país. Em 1978, começou a organizar corridas de rua aqui. Em 1981, realizou a primeira corrida feminina da América Latina, também no Rio. Quando realizou a quarta, em São Paulo, bateu o recorde mundial de participação feminina, mais de 6.000 mulheres. Em janeiro de 2017, ela fundou o Instituto Eleonora Mendonça, o qual ela preside e incentiva ações de esporte e cultura no Brasil. www.institutoeleonoramendonca.org.br Se hoje nós corremos tendo vários benefícios  nas corridas nós devemos a essa ilustre maratonista que foi pioneira nas corridas de rua do Rio de Janeiro.
Ronaldo da Costa, Descoberto - Minas Gerais, venceu em 1994 a Corrida de São Silvestre, se firmando como fundista. No ano seguinte, obteve a medalha de bronze nos Jogos Pan-americanos de 1995 em Mar Del Plata nos 10.000 metros. Nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996 também disputou os 10.000 metros mas não passou da preliminar. Em 1998, foi o auge em sua carreira, venceu a Maratona de Berlim, estabelecendo um novo recorde mundial, que já durava quase 10 anos, com o tempo de 2h06m05s, sendo assim, ele foi a primeira pessoa a correr a maratona com um ritmo inferior a 3 minutos por quilometro. Era apenas a segunda maratona que disputava. Essa marca permanece sendo o recorde brasileiro e sul-americano até o momento.
Márcia Narloch, de Joinville - Santa Catarina, Maratonista e Medalhista de ouro no Pan-Americano de 2003, ela dedicou 25 anos de sua vida à corrida de rua. E se tornou uma das principais maratonistas da história do esporte no Brasil. Ela venceu 3 vezes a Maratona de São Paulo.
Vanderlei Cordeiro de Lima, de Cruzeiro do Oeste - Paraná, maratonista bicampeão dos Jogos Pan-americanos de Winnipeg e Santo Domingo. Depois de iniciar sua carreira internacional competindo nos Campeonatos Mundiais de Cross-country de 1989 e 1992, entre outros triunfos nacionais e internacionais também foi vencedor da Maratona de Tóquio, da Maratona de Hamburgo e bicampeão da Volta Internacional da Pampulha. Virou celebridade mundial nas Olimpíadas de Atenas de 2004. Após liderar a maratona até o KM 36, foi derrubado por um padre, mas conseguiu retornar para a prova e conquistou a medalha de bronze na maratona. Por seu espírito esportivo, recebeu a Medalha Pierre de Coubertin dada pelo Comitê Olímpico Internacional. É o único latino-americano outorgado com essa medalha, a maior condecoração de cunho humanitário-esportivo.
Marilson Gomesde Brasília. Especializado em maratonas. Tem como destaque três vitórias na tradicional Corrida de São Silvestre e duas na Maratona de Nova York, em 2006 e 2008, sendo o primeiro sul-americano a vencê-la. Além disso foi atleta de alto rendimento da Força Aérea Brasileira.
Parabéns a todos esses heróis brasileiros. Os feitos de vocês é uma  grande inspiração para todos nós!!!!🥇🏆🏃🏾‍♂️🏃🏾‍♀️🏃🏾‍♂️💨🇧🇷

6 comentários:

Sejam bem vindo(a)s ao meu Blog de Corridas. Participe seus comentários serão muito importantes para mim e para outros participantes interessados no mesmo tema.

Todos os comentários serão bem vindos, mas, reservo-me no direito de excluir eventuais mensagens com linguagens inadequadas ou ofensivas.

PS: Caso queira entrar em contato, me mande um e-mail para jmaratona@jmaratona.com

Obrigado,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista