BLOG

domingo, 27 de maio de 2018

Você conhece a CORJA?

Por Alan Parada

Você com certeza já viu muitas pessoas correndo por Jacarepaguá. Seja na Estrada do Pau-Ferro, Três Rios, Mananciais, Tindiba, Geremário Dantas...

O que talvez você não saiba é que existe um grupo de corredores do bairro que através da paixão em comum pela corrida, criou um grupo para trocar idéias, incentivar um ao outro, compartilhar treinos, metas e objetivos.

Com isso, surgiu a Corja.
- Corja veio da abreviação de Corredores de Rua de Jacarepaguá. Vimos que é um trocadilho interessante, pois realmente somos uma corja de corredores. O grupo foi criado em 2014 e desde então, só aumentamos o número de amigos, conhecimento e o amor pela corrida - explica Gabriel Fortunato, um dos primeiros integrantes do grupo.

Por conta dos atrativos das grandes florestas, parques e bosques da nossa região, o grupo passou a explorar esses pontos e também correr pelas trilhas, o chamado Trail Run.

Com isso, os membros decidiram tirar o "Rua" do nome, e agora CORJA significa "Corredores de Jacarepaguá".

- Achamos que seria mais abrangente, pois temos uma forte ligação com as trilhas e a natureza, tanto que subimos o Parque da Pedra Branca, da Tijuca e muitos de nós sempre treina também no Bosque da Freguesia. - conta Marçal Vasconcelos, um dos maiores entusiastas pelas corridas em trilhas do grupo.

Essa ligação com as trilhas e a natureza fez o grupo se organizar e adotar o trecho "Casa Amarela x Pau da Fome" da Trilha Transcarioca, que é o maior trecho da Trilha (13,4Km).

Algumas das responsabilidades do apadrinhamento é manter a trilha limpa e sinalizada, organizada e acompanhar as atividades do Parque no local, no subtrecho "Sacarrão x Pedra do Quilombo".

A parceria com a administração da Trilha iniciou em fevereiro e é motivo de muito orgulho para os participantes.

- A adoção veio em um momento muito significativo para a gente, pois estávamos melhorando e aumentando os nossos treinos em trilhas e a maioria deles estava passando por ali. Com isso, ficamos muito interessados em adotar e poder dizer que treinamos na "nossa" trilha - comemorou Rafael Peixoto - Isso também aumenta a nossa responsabilidade com o local, pois sabemos que temos que manter tudo em ordem e que não podemos apenas passar pelo local, como simples visitantes.

E apesar dos resultados expressivos que os membros do grupo conquistaram, com pódios e troféus em corridas de rua e trail, se engana quem pensa que o grupo é formado por profissionais.

- Eu comecei a correr no final de 2015, apenas para perder peso e me exercitar. Conheci o grupo pois estudei com dois membros do grupo e eles me trouxeram pro CORJA. Penso que estar próximo desses monstros só me dá motivação e gás para melhorar os resultados e treinos e um dia, quem sabe, completar minha primeira maratona - vislumbra Alan Parada.

O grupo deixa claro que eles não são profissionais de educação física e que cada um procura assessorias profissionais para adequar e acompanhar os treinos e evolução e que o grupo serve para incentivar e compartilhar assuntos, além, é claro, de correr e treinar juntos sempre que possível.

Um dos projetos do CORJA atualmente é montar o primeiro circuito de corridas em Jacarepaguá e para isso, a equipe está se movimentando atrás de parceiros e incentivadores para abraçarem a ideia, que tem tudo para mexer com a população do bairro.

- Já fico imaginando a gente correndo pela Pau Ferro e Três Rios, chegando no Bosque da Freguesia e confraternizando com a galera daqui, ou uma corrida de trail, na Pedra Branca, passando pelo nosso trecho da Trilha Transcarioca e ligando cada vez mais o nosso bairro ao esporte e à natureza. Todos nós sendo uma CORJA só! - se diverte Ulysses Diniz.

O grupo tem um lema, o "Pra Cima Sonhador" ou PCS, que está estampado nas camisas e em todas as redes sociais do CORJA:

- O Pra Cima Sonhador surgiu pois eu via esses caras correndo, treinando e se divertindo durante as provas, e sempre evoluindo. Daí pensei que somos sonhadores e que estamos sempre tentando evoluir, com isso surgiu a teoria "Pra Cima Sonhador", que é um pouco disso tudo, sonhar em ser melhor sempre, mas sem deixar de ter o prazer da vida e da corrida. Seja acordando às 5 da manhã pra treinar antes do trabalho ou às 11 da noite, depois da faculdade. É sonhando pra cima! É Pra Cima, Sonhador! - confessa Fabio Santana, o Fabinho, um dos que mais participa de provas de todo o grupo.

Ao todo, o grupo acumula dezenas de participações em corridas de rua, sejam as de 5 até 16 quilômetros, meias-maratonas (21Km), maratonas (42Km) e ultra-maratonas, que são as provas acima de 42Km, sejam no asfalto ou nas trilhas, Brasil afora.

Para divulgar mais do grupo, seus resultados e treinos, o Corja possui uma página no facebook (facebook.com/corjarunning) e no instagram (@corjarunning), que são sempre abastecidas com informações e curiosidades do mundo da corrida, além das participações e resultados da sua Corja nos eventos que participam.

Então da próxima vez que você vir um corredor pelas ruas ou trilhas de Jacarepaguá, ele pode ser um CORJA. E se você também quer ser um, faça um contato com eles.

- Nosso objetivo é ter cada vez mais participantes de corridas e praticantes do esporte, já que nosso bairro é muito bom para correr, pois tem ruas grandes e com boas variedades de percursos curtos, longos, para iniciantes e até para corredores experientes - completa Zé de Assis.

Mais fotos da Equipe CORJA 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sejam bem vindo(a)s ao meu Blog de Corridas. Participe seus comentários serão muito importantes para mim e para outros participantes interessados no mesmo tema.

Todos os comentários serão bem vindos, mas, reservo-me no direito de excluir eventuais mensagens com linguagens inadequadas ou ofensivas.

PS: Caso queira entrar em contato, me mande um e-mail para jmaratona@jmaratona.com

Obrigado,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista