BLOG

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Competição nº 399 - 6° Ultradesafio 80Km de Sana 2017

Distância: 80 Km;
Tempo: 8 horas 42 minutos e 11 segundos;
Local: Sana à Glicério - Macaé;
Colocação Geral: 5°;
Total de Corredores: 30 Corredores.
Foi realizado nesse final de semana Sábado dia 29 julho 2017 a 6ª edição do Ultradesafio 80Km de Sana - Macaé - Rio de Janeiro, com a opção Solo e Revezamento, prova realizada pela ASCOM (Associação de Corredores de Macaé).

Essa foi a 5ª participação nessa prova, correr essa prova realmente é um verdadeiro desafio, até mais para os mais experientes como eu, cada edição é uma surpresa. Cheguei em Sana por volta das 17 horas com os amigos Válter e Jacinto na pousada. Hospedagem Sanadum onde todos os atletas e organizadores da prova se hospedam. Ficamos descansando até a hora do Congresso Técnico e o jantar de massas, o Congresso foi realizado às 19 horas em um restaurante local e logo em seguida jantamos e já que à largada foi de madrugada logo após o jantar tratei logo de ir para a pousada descansar.
Kit da prova
Acordei por volta das 4 horas da manhã fazendo um baita frio e chovendo muito, que temperatura esquisita chegamos com o tempo limpo e amanheceu com essa surpresa desse tempo, já com experiências das outras edições dessa prova em que chove ou faz sol, acabei levando dois pares de tênis um para tempo bom e outro para tempo com chuva. É óbvio que usei o tênis com grip para trilhas porque encaramos durante o percurso muita lama. Me aprontei, fui tomar o café da manhã e logo em seguida guardei a minha bolsa no carro de apoio da prova.
Antes da prova
Antes da largada a organização reuniu todos em frente a pousada e fez uma oração. Logo em seguida liguei o meu MP3 e o GPS SUUNTO, observei bem quem estava na prova para fazer frente a frente correndo, vi uns conhecidos e outros correndo pela primeira vez e às 5 horas da manhã ainda escuro, chovendo foi dada à largada e lá foram os gladiadores na arena correndo em direção ao Portal de Sana, a estratégia para essa prova é como as outras é ser ousado largando forte e indo perseguindo os feras, para tentar ganhar a prova ou até mesmo ficar entre os 5 primeiros colocados, no trecho do percurso onde não havia luz na rua ligava a lanterna para não dar mole e tropeçar em algum buraco e quando aparecia luz desligava a lanterna, até quase chegar próximo ao portal de sana era o segundo colocado na prova mas depois fui ultrapassando ficando em terceiro colocado. Chegamos um pouco antes do Portal de Sana 6,9 Km com o carro do apoio parado nos dizendo que era para fazer o retorno, retornamos até a pousada e cada um foi pegando sua mochila de hidratação e prosseguimos em direção a Glicério e o tempo já estava clareando desliguei a lanterna guardando na mochila.
Na largada
Durante o percurso antes dos 15 Km fui ultrapassado ficando em quarto colocado na prova, mas numa subida mais à frente conseguir ultrapassar um corredor que estava com apoio de bike, prossegui em frente e antes de chegar no Km 31 Frade numa descida forte, comecei a sentir dor no quadril e na virilha...arggg...mas que droga, reduzi a velocidade e cheguei no ponto de apoio da prova em Frade com 31 Km, olhei para trás e não vi nenhum corredor chegando, completei com água minhas garrafas da mochila, tomei um copo de coca-cola, peguei umas paçocas e prossegui em frente correndo.
Quando a dor na virilha aumentava eu reduzia a velocidade, pois a danada vinha e sumia que coisa estranha, mas a vontade era de desistir de correr, mas com a mente preparada para não desisti prosseguir em frente. Lá pelos Km 40 um corredor conseguiu me alcançar e fomos correndo conversando por algum tempo até que ele começou a reduzir dizendo que não estava aguentando, dei uma força para ele, chamando para ele vir comigo mas ele disse que iria mais devagar, daí então prossegui em frente. Quase próximo do segundo apoio da prova olhei para trás e deu para ver um pouco longe dois corredores vindo e como estava na descida mesmo com dor, aproveitei para acelerar para não perder o quarto lugar, fui assim até o Km 53 o segundo ponto de apoio da prova. Abasteci minhas garrafas, tomei outro copo de coca-cola peguei um saco de amendoim e prossegui em frente monitorando quem vinha atrás de mim, cheguei no terceiro ponto de apoio da prova no Km 63 outro fazendo mesmo rapidamente abasteci e segui em frente.
Na última montanha
Quando chegou no início da última montanha lá pelo Km 70 um outro corredor conseguiu me alcançar e acabei ficando em quinto colocado, ainda com dor não quis forçar e a meta era ficar entre os 5 primeiros, sendo que mais a frente esse outro corredor mais jovem do que eu também não estava aguentando e começou a caminhar e hora caminhávamos quando dava e hora corria quando dava até que faltando mais ou menos 1 Km para chegar ao cume da montanha o moleque ligou o turbo e foi embora. Cheguei no cume da montanha mesmo com o tênis para trilha tomava cuidado ao descer pois algumas partes tinha pedras até que cheguei no penúltimo ponto de apoio da prova era mais o no 72 Km os staffs (Amadeo e Manoel obrigado) me perguntaram se tava precisando de algo, como não queria perder mais tempo de ser ultrapassado por alguém nesse ponto de apoio não parei, agradeci e segui em frente descendo, segui correndo e finalmente veio a chegada em Glicério completando os 80Km dessa prova em 8 horas 42min 11 seg ficando em 5° colocado geral nessa prova. Consegui baixar mais o tempo dessa prova em 10 minutos.
Ufaaa completei 80 Km
Obrigado meu Deus por mais uma vitória
Resultado dos 5 primeiros colocados:
1 - José Cristiano
2 - Nilson Nonato
3 - Carlos Figueiredo
4 - Rodrigo Gindi
5 - Jorge Cerqueira
As 5 primeiras colocadas:
Resultado das 5 primeiras colocadas:
1 - Marcela 
2 - Ana Paula
3 - Viviane Mendonça
4 - Vera Mota
5 -Viviane Somogyi
Avaliação da Prova:
Inscrição: De R$ 200 a 300 reais de acordo com os lotes. A minha foi gratuita...Ponto Positivo;
Kit: Entregue 1 dia antes juntamente com o Congresso Técnico. Recebemos 1 camisa de manga longa, 1 número e 4 alfinetes...Ponto Positivo;
Guarda volumes: O organizador disponibilizou uma pick-up de apoio da prova onde guardamos nossos pertences..Ponto Positivo;
Altimetria  e Percurso da prova: Difícil...O percurso tem um belo visual. Pois à largada deu-se em frente à Pousada Sanadum em Sana corremos até um certo pedaço de Sana 6,9 Km antes de chegar no Portal de Sana e retornamos tudo até Pousada Sanadum, onde pegamos nossas mochilas de hidratação, passamos correndo por vários bairros: Frade, Bicuda Grande, Bicuda Pequena, Alegria e finalizando  em Glicério - Macaé, percurso tem 90% de estrada de terra batida e 10% de asfalto/paralelepípedo, com terreno plano, várias subidas/descidas íngremes e se o corredor não dosar durante o percurso no final paga porque tem a última montanha que tem bastante aclive pois o corredor tem que estar bem preparado, durante o percurso 2 carros de apoio da prova, também todo o percurso é demarcado com fitas verde e rosa...Ponto Positivo;
Posto de hidratação: Muito bom, a organização colocou 04 pontos de hidratação durante o percurso o primeiro no bairro de Frade no Km 31, o segundo no bairro Bicuda Pequena no Km 51, o terceiro no bairro Bicuda Grande no Km 63 o quarto na chegada em Glicério, com água, refrigerante, sucos, além disso durante o percurso passamos por algumas fontes de cachoeiras e comércio local...Ponto Positivo;
Posto Médico: O organizador é socorrista e dentro da pickup levou vários itens caso alguém precisasse de um socorro, mas não foi preciso ser utilizado...Ponto Positivo;
Banheiros: Nesse tipo de prova não há necessidade de banheiros, mas na largada tinha o da Pousada Sanadum que hospedamos, caso alguém precisar durante o percurso pode utilizar o mato e na chegada tem a da Praça e da Pousada Avilã...Ponto Positivo;
Lanche: Durante os 04 pontos de apoio no percurso teve água, refrigerante, sucos, bananada, paçoca, amendoim e na chegada tinha água, bananada, paçoca, amendoim, macarrão com carne moída e banana...Ponto positivo;
Premiação: O organizador premiou os 03 primeiros colocados na geral Masculino/Feminino com lindos grandes troféus de madeira medindo e para quem quebrou o recorde da prova tanto no masculino e feminino ganharam um cinturão tipo MMA...Muito bom...Ponto positivo;
Premiação na Faixa Etária: O organizador premiou todos com troféus de madeira medindo...Muito bom...Ponto Positivo;
Medalha de participação: Todos os atletas que cruzaram a linha de chegada de forma legal, receberam uma linda medalha de metal na frente vindo escrito a edição da prova, o nome da prova, a quantidade do número do percurso, o ano 2017, atrás o símbolo da ASCOM e vindo com uma fita personalizada branca e azul falando o nome da prova...Show...Ponto Positivo;
Resultado da Prova: A organização divulgou na hora para os participantes, também divulgou via whatsap e nos informou que depois irá colocar no site da ASCOM...Ponto Positivo;
Prova: Pois o percurso é muito lindo recheado de muita natureza, cachoeiras e muita adrenalina, só foi uma pena que estava competindo e como não queria perder o pódio principal não fiquei perdendo tempo registrando o percurso tirando fotos e filmando. Já são 5 edições dessa prova que já corri, mesmo sentindo dores no quadril e na virilha me superei terminando a prova.
Agradecimentos: Agradeço à Vera Mota, Aprígio e a toda equipe da ASCOM que mais uma vez não mediu esforços e conseguiu realizar esta ultramaratona para nós corrermos. Prova duríssima mas sensacional...Muito obrigado pelo apoio!!!

Nos vemos na linha de largada.🏃🏃🏃

Um comentário:

Sejam bem vindo(a)s ao meu Blog de Corridas. Participe seus comentários serão muito importantes para mim e para outros participantes interessados no mesmo tema.

Todos os comentários serão bem vindos, mas, reservo-me no direito de excluir eventuais mensagens com linguagens inadequadas ou ofensivas.

PS: Caso queira entrar em contato, me mande um e-mail para jmaratona@jmaratona.com

Obrigado,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista