sábado, 24 de janeiro de 2015

Desabafo de uma atleta sobre a BR 135+ Ultramarathon

Venho comunicar a todos que fui DESCLASSIFICADA da BR135+. Não por não concluir o percurso, não por não ter chegado no tempo estimado. Mas pelo simples fato de no momento de felicidade extrema de estar partilhando de um sonho com o amor da minha vida, e ter segurado em sua mão para aparecer na filmagem da prova e tirar uma foto. E no REGULAMENTO item 2.13, que diz, os Atletas não poderão ter nenhum contato FÍSICO com outras pessoas durante toda a corrida. Em vista entraram com algum recurso e pareceu que COMETI UM CRIME e fui apontada como transgressora. Com isso, fui DESCLASSIFICADA da prova, não só perdendo o primeiro lugar. Não me incomoda o fato de perder um troféu, quem me conhece sabe que isso não é o mais importante para mim, o que me incomodou profundamente é saber quem "contestou" a minha conquista ~sacou~ o regulamento nem ao menos completou a prova. Ficarei mais atenta as regras daqui por diante. Obrigada Comandante Mario Lacerda pelo respeito, não com a atleta, mais sim com a Ana Luiza, que amou participar da BR 135+ e voltarei com toda certeza, perdão a minha equipe que foi e para mim ainda é a campeã da prova e principalmente me desculpe coach Alexandre Ribeiro pelo crime.

Obs: Ana e toda sua equipe de apoio me solidarizo a vocês, não estou acreditando no que li, não é uma placa de metal que vai tirar os seus méritos, te conheço vários anos e sei que você é guerreira e sei da sua luta para estar nessa prova, jamais você iria se sujeitar a isso, para mim você é a campeã da prova, vi a foto abaixo e achei ridículo a sua desclassificação, até porque você está dando a mão ao Alexandre seu esposo para partilhar um pequeno momento de felicidade e não é uma forma de te ajudar na prova puxando, quem te delatou e um invejoso(a). O organizador da prova deveria rever isso, porque um atleta se prepara o ano todo para estar nessa prova que não é mole, pois tem que largar família, trabalho disponibilizar de tempo e de muito dinheiro para estar nessa prova que não tem apoio da organização para nada...Fiquei muito triste com essa notícia, mas uma vez Ana nada vai tirar os seus méritos...Parabéns Guerreira.

Momento em que a Ana da a sua mão ao Alexandre para registrar uma foto...Será que isso foi uma forma de ajudar a atleta? É claro que não...Um absurdo isso.

Nenhum comentário: