terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Conheça os integrantes da Equipe Rio para a BR 217 - Parte 02

Jorge Cerqueira - Ultramaratonista
- Profissão: Militar;
- 47 anos;e
- Começou a correr em 2001, por causa da obesidade, já possui mais de 300 competições realizadas, há 05 anos entrou para o mundo das Ultramaratonas, conquistando algumas Ultramaratonas e vai estrear na BR 217 com os dois amigos abaixo.



Carlos Zuma - Ultramaratonista
- Profissão: Militar;
- 43 anos;
- Começou a correr em 2010;
- Já correu várias provas de montanhas;
- Melhor tempo em Meia Maratona 1h29min;
- Melhor tempo em Maratona 3h20min;
- Já correu várias provas de montanhas;
- Na primeira ultra 24 horas da AMAN 2011, conquistou o 2º lugar na categoria novato;
- Ultramaratonista TOP 10 Ultra dos Anjos 2012;
- Conquistou o 1º lugar na categoria com 170 km na Ultra em 24 horas Fuzileiros Navais 2013;e
- Vai também estrear este ano na BR 217.



Henrique Gomes Ferreira - Ultramaratonista
Profissão: Representante Comercial;
Idade: 38 anos;
Tempo de Corrida: 2 anos;e
Em 2007 com o falecimento de minha mãe acometida de um infarto fulminante tive um chamado 'gatilho' que disparou a síndrome do pânico, não sabia do que se tratava, meu coração disparava, pressão arterial subia, tremores e medo de morrer me levavam durante a semana 4 ou 5 vezes as emergências dos hospitais.
Eu na verdade comecei a prática esportiva por indicação médica, diziam que hormônios como a endorfina seriam liberados durante a caminhada porque correr com 119Kg nem pensar em correr, eu me sentiria melhor. Nas primeiras semanas comecei a caminhar e me sentia cansado logo com 15 minutos de exercício, mas perseverei, às vezes o coração disparava, sentia calafrios e eu interrompia e corria para o hospital, mas ainda era a síndrome do pânico, aos poucos comecei a entender como ela funcionava, passei a dar alguns trotes! Sentia o coração aumentar as suas batidas e ao parar normalizava, comecei a entender que não morreria disso.
Meu cotidiano melhorou muito através da corrida, hoje não sofro mais de síndrome do pânico, meu médico suspendeu todas as medicações de Pressão Arterial e Síndrome do Pânico, o relacionamento com a minha esposa e filha ficou mais tranquilo, pois viviam em constante estado de alerta, prontos para me resgatarem em algum hospital.
Hoje os treinamentos intervalados por exemplo me ajudam muito no controle da ansiedade, o sobe e desce da FC me ensina a lidar com esta situação que para quem sofre de síndrome do pânico é fatal. Em vésperas de prova a ansiedade até pode aparecer mas não me incomoda mais, meu coração está tão condicionado que a aceleração é baixa e não chega a incomodar, xô síndrome do pânico.
Treino 6 dias na semana, como pratico ultramaratona os treinos dividem-se entre intervalados, treinos na areia, montanhas que demandam muito tempo e dedicação, em outubro fiz a Ultramaratona de 24 horas dos Fuzileiros Navais fechando com 135 Km e conquistando o 7º Lugar em minha categoria, alguns longos são por exemplo de 100 Km na areia como o último que realizei com o meu amigo Marcio Villar nas areias de Copacabana no evento Rei e Rainha do Mar em prol do Pró Criança Cardíaca.
As metas para 2014 são ousadas, em Janeiro a Ultramaratona Brasil 217, em Março as 12 horas de Macaé, Maio os 100 Km da Costa Esmeralda Ultra Trail Marathon, em Junho a temida Ultramaratona dos Anjos 235km, em outubro as 24 horas dos Fuzileiros Navais e talvez até o fim do ano algum X Terra 50km, porque correr pra mim tão importante quanto o ar que eu respiro.
Aconselho a todos que assim como eu sofrem de alguma enfermidade a dedicarem-se a pratica esportiva, hoje peso 78 Kg, não sofro mais com a Síndrome do Pânico e aumento da Pressão Arterial, minha vida melhorou muito e posso te garantir que hoje sou muito mais feliz.

Nenhum comentário: