segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Jayme Rodrigues na São Silvestre 2011

Pessoal, tenho a honra de dizer que cumpri a minha primeira São Silvestre.
Ansiedade antes da largada
Me desculpem os atletas de elite e os demais atletas, (até mesmo porque atleta eu também sou), mas aquilo não é competição, pelo menos para a grande maioria. Não posso chamar de competição por uma série de motivos: Primeiro porque a emoção é tão grande que tudo fica menor, é tanta gente e tanta coisa envolvida que o que menos se pensa é em competir. Sinceramente tá mais para um trote descontraído entre amigos. Mas o que posso dizer é que, sinceramente, se pudesse estaria aqui todos os anos, é uma emoção indescritível. No meu caso me obriguei a correr com uma pequena lesão no joelho que já me incomodava há mais de um mês. Mas eu tinha a convicção de que terminaria independente das dores, e olha que não foram poucas, teve horas em que achei que minha rótula saltaria para fora. Mas a mistura de sensações me fazia esquecer de todas essas adversidades. Quando terminei a subida da Brigadeiro, tive que me controlar pois as lágrimas começaram a rolar e ainda tinha a descida super íngrime para concluir e era tanta chuva que se bobeasse dava para descer escorregando. Resumo de tudo, Felicidade incontrolável, chuva, tênis encharcado, muitas dores, e um pace muito acima do que estava acostumado (o que era de menos naquele momento).
Um grande abraço a todos e um ano cheio de novas provas...
Jayme comemorando na chegada, Parabéns Campeão

Se você correu na São Silvestre, faça que nem o Jayme acima. Me envie sua foto e seu relato e-mail: jmaratona@jmaratona.com

2 comentários:

Profª. Vânia Almeida disse...

Jorge meu querido
Feliz Ano Novo!!!

Quem 2012 seja mais um ano de vitórias em sua vida e de superação e exemplo para nós.

bjokas

Vânia

Samuel disse...

Parabénes Jayme pela superação.

Melhoras.

Jorge, valeu a iniciativa de postar as mensagens.

Grande abraço.