terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Competição nº 255 - Ultra Desafio ASCOM 2011

Distância: 80 Kms;
Tempo: 08 horas e 52 Minutos;
Local: Macaé - Rio de Janeiro;
Colocação Geral: 1;
Total de Corredores: 22.
Aconteceu neste último Sábado dia 10.12.2011 em Macaé - Rio de Janeiro a 1ª edição do  Ultra Desafio ASCOM 2011 - 80 Kms correndo em montanhas realizada pela ASCOM (Associação de Corredores de Macaé). No mês passado o amigo Marcos Batista (obrigado) de São José dos Campos me ligou perguntando sobre esta Ultra, respondi que nem estava sabendo da mesma, ele me respondeu que tinha visto informações no Facebook, informei a ele que quando chegasse em casa iria procurar na internet mais informações e acabei achando...Pois a ASCOM montou esta Ultra piloto convidando 22 Ultramaratonistas (19 homens e 03 mulheres) experientes para ver se desse certo esta Ultra para que o ano que vem ela entre para o calendário de Ultras, daí não perdi tempo e entrei em contato com os organizadores (Vera Mota e Erick), para maiores informações e para minha sorte ainda restavam 2 vagas que ainda não tinha sido preenchida, realizei a minha inscrição rapidamente e também perguntei aos organizadores se poderia abrir mais algumas vagas, os organizadores não permitiram mais corredores para que não saísse do controle.
Chegando em Sana - Macaé
Pois o amigo Ultra Cristiano Marcelino também correu esta prova e ofereceu uma carona para eu e o Marcos Batista, após ter encontrado com o Marcelino na 6ª feira dia 09.12.2011 em sua residência partimos para Sana (Bairro de Macaé) onde ficamos hospedados e também seria a largada desta Ultra, chegamos por volta das 12:00 horas na Pousada Riacho Doce chovendo, nos acomodamos e fomos almoçar.
Mapa de Macaé
A Nilce disse que a farofa do almoço estava ruim...rsss...
Depois do almoço demos uma volta pelas redondezas para conhecer Sana, lugar pequeno fiquei sabendo que no Carnaval e feriados este local ferve de visitantes, a tarde dei uma descansada e a noite antes do Congresso Técnico fomos comer uma boa pizza, por volta das 20:30 horas começou o Congresso em que nos foram passadas informações sobre a prova e logo em seguida foi distribuído o kit da prova, tiramos algumas fotos e fui repousar:
Jantar de massas
kit na mão
Percurso da prova por onde corremos...insano...rsss
Uma parte dos Ultras reunidos
Já no dia da competição 10.12.2011 (Sábado) acordei por volta das 05:30 horas da manhã  o dia já estava clareando porém chovendo me aprontei e ficamos esperando o café da manhã...Após tomarmos café da manhã guardei a minha mochila no carro do Marcelino (sorte mesmo, pois continue lendo abaixo que você entenderá), antes da largada o amigo  Ultra Zequinha (as suas palavras se profetizaram, mais uma vez muito obrigado pelos presentes e apoio) realizou uma oração à Deus para que protegesse todos nós durante o percurso (em breve o vídeo desta prova), após a oração todos se cumprimentaram desejando boa sorte a todos, a largada iria ser dada às 07 horas, mas chegou um atleta atrasado e o mesmo se aprontou rapidamente e a largada foi dada às 07:06 horas ao som de um apito com uma fina chuva (enfatizando prefiro o sol do que a chuva, pois com o tempo frio eu urino muito o que acaba atrapalhando um pouco a velocidade tendo que parar e até esquentar a musculatura do corpo demora), liguei o meu MP4 corremos por cerca de 1,7 Km para trás e retornamos para o mesmo local passando em direção a largada (fui filmando no início).
Na largada 
O amigo Zequinha antes da largada realizando uma oração com todos 
E foi dada a largada
Correndo junto a natureza...Showww...
No primeiro pelotão ia correndo eu, Eleir, Carlos, Marcelino e Fernando já o restante do outros Ultras ficaram para trás, durante todo o percurso teve várias subidinhas chatas que se o atleta não dosasse não iria correr bem, esse grupinho dos 5 pontas da prova foram correndo por cerca de uns 50 minutos juntos, quando pressenti  algo que se continuasse nesse grupo eu não iria me dar bem, resolvi saí desse grupinho reduzindo a velocidade pois os mesmo já estavam querendo disputar a 1ª colocação desde o início e como tinha ainda muitos Kms para serem devorados, pois acabei ficando em 5º lugar fui na minha velocidade correndo e estudando os atletas que estavam à minha frente, a amiga Nilce (esposa do amigo Marcelino que estava dando apoio de carro), me perguntou se estava tudo bem porque eu tinha reduzido a velocidade, respondi que sim e o carro seguiu em frente, cerca depois de uns 10 minutos me veio outra subidinha chata e mais 3 atletas passam por mim e o Erick que estava nesse grupo me pergunta se estava tudo Ok, respondi a ele que não gosto de correr com chuva que demora a engrenar a musculatura, mas que estava bem e lá foram eles embora ficando eu desta vez em 8º na geral, como correr uma ultramaratona é uma caixinha de surpresa ninguém fica sabendo desde o início quem vai ganhar, tão logo eu subi a ladeira e tudo que sobe desce eu mandei ver forte na descida e aproveitei para passar 3 corredores que tinham me passado ficando eu na 5ª colocação na geral, não to dizendo que correr Ultra é uma caixinha de surpresa...rsss...
Os primeiros colocados durante o percurso
Eu, Carlos e Marcelino
Acredito que numa das descida deve ter sido de uns 5 Kms que parecia que não ia acabar mais, após a descida corri um certo pedaço no plano e cheguei no local chamado Frade percorrendo por cerca de 20 Kms e poucos, chegando nesse local com 01 hora e 40 minutos, foi quando avistei um Staff no 1º posto de controle me indicando a direção a direita, sendo que neste local tinha a Staff anotando o nosso número para controle da organização e distribuindo em saco plástico lanche e água, como estava correndo com a mochila de hidratação preferi não pegar os 2 copos de água e também como nos foi dito no Congresso que era para evitar jogar lixo na estrada, peguei o copo de guaravita bebi um pouco e descartei no mesmo local, pegando também a bananada e o saco de amendoim levando comigo para mais tarde comer, pois nessa Ultra o percurso parecem tobogan, com muitas subidas e descidas íngremes e tome lhe chuva durante o caminho que acabei ficando com pouco de câimbras e as pernas querendo falhar, dai eu dei um estimulo a elas, usei um macete da varinha dava pequenas batidas nelas (pois como já disse em outro post essas pequenas batidas dão estímulos as pernas e as cãimbras foram embora rapidamente).
Varinha salvadora...rssss
Após subir e descer várias vezes, correndo contemplando natureza passei por uma subida hot que a pickup de apoio da Guarda Florestal ficou atolada na lama, os guardas estavam tentando tirar o carro da lama cumprimentei eles e continuei subindo e descendo até que cheguei no 2º posto de controle (na metade da prova - 40 Km) com 03 horas e 57 minutos, um dos Staffs anotou o meu número, aproveitei para encher com água a minha mochila de hidratação, quando vi chegando no posto de controle o amigo Ultra Fernando com 2 bananas na mão, daí o perguntei ué você se perdeu durante o caminho? Você não estava indo na minha frente junto com os outros 3 corredores, ele me disse que não aguentou o trampo do longo tempo correndo sem comer e beber água quando viu uma bananeira no meio do mato foi lá pegar algumas bananas maduras, ainda no posto de controle o amigo ofereceu uma banana (É por isso que gosto de correr longas distâncias os Ultras são solidários uns aos outros) respondi que não queria porque durante o percurso vinha me alimentando bem com os produtos que levei dentro da mochila, peguei no posto de controle 01 barra de cereal e tomei 01 copo de Guaravita e aproveitei a chance e já era o 4º colocado na geral e larguei um pouco forte, quando bateu 11 horas da manhã o sol tentou sair, falei comigo mesmo tomara que ele saía sim, mas não saiu ficando somente um mormaço e como eu larguei com a camisa de manga longa de compressão para o frio, comecei a sentir calor, resolvi caminhar por uns instantes para trocar de camisa e colocar uma camiseta que tinha levado na mochila de hidratação, foi quando o Fernando me alcançou e me pediu um pouco de água (pois o mesmo estava correndo sem água, ofereci a minha água da minha mochila), o mesmo agradeceu e me falou para ir junto com ele no trote, respondi que estava trocando de camisa e o alcançaria mais a frente, o mesmo foi embora na velocidade dele, alcancei ele após alguns minutos e perguntei se ele queria mais água, me foi respondido que não e daí fui embora...
Cheguei num local que se chama Bicuda, correndo mais 19,9 Kms foi quando vi no meio da estrada o Sr. José vendendo doces e bebidas, parei imediatamente e comprei uma lata coca-cola que caiu super bem...Perguntei ao vendedor se os corredores que estavam na minha frente já tinha passado por ali muito tempo o mesmo me respondeu que tinha passado por cerca de 5 minutos...Voltei a correr bebendo a coca quando passou por mim a Guarda Florestal me oferecendo água, respondi que ainda tinha água na mochila e eles seguiram em frente...
Eita subidinha...rsss 
Não sei precisar o nome do local que passei correndo, mas com 5 horas e 30 minutos de prova rolando, avisto 02 corredores a minha frente caminhando até estranhei era justamente os 02 favoritos para ganhar a prova (Eleir e Carlos), cheguei neles comecei a caminhar com eles por alguns minutos perguntando o que tinha acontecido e se estavam bem, os mesmos me disseram que já havia muito tempo sem comer e beber nada que cansaram e resolveram a caminhar, respondi a eles que numa prova dessa sempre tem que correr com mochila de hidratação, pois o Eleir disse que não se adaptou correr com mochila e o Carlos no início depois de uns 10Kms entregou sua mochila para o carro de apoio e como a Guarda Florestal teve que seguir em frente o mesmo acabou ficando sem sua mochila com água e comida...Pois como eu ainda estava inteiro despedi deles e voltei a correr, o Carlos tentou me acompanhar não conseguindo ficando para trás e chovendo cada vez mais acabei conquistando mais 2 posições ficando desta vez em 2º lugar na geral...Como tinha passado por lugares que tinha muita lama acabei ficando com os pés bem molhados e comecei a correr um pouco rápido para ver se alcançava o carro de apoio do Cristiano para pegar o meu 2º par de tênis para trocar e cada vez que eu passava pela estrada perguntava os moradores locais se o carro do Cris já tinha passando a muito tempo, uns me respondia de 5 min e 10 min, após um sobe e desce danado, numa subida eis que aparece retornando em minha direção o carro do amigo Marcelino que estava servindo de apoio para ele, fiz sinal para Nilce parar parar o carro para trocar o tênis (Lembra lá em cima que disse que foi sorte de eu ter guardado a minha mochila no carro de apoio do Marcelino, pois é se tivesse deixado os meus pertences no carro da organização iria penar correndo com um par de tênis só e meia todo ensopado de água e lama...hehehe), bom trocado as meias e os tênis comecei a aumentar o ritmo um pouco e tome subidas e descidas intermináveis, até que chegamos em mais uma montanha, nas subidas bem íngremes eu caminhava um pouco e depois continuava correndo subindo e nas descidas eu metia a bronca na velocidade tomando cuidado porque tinha muita lama.
Valeu galera... 
Cheguei numa montanha em que o Jipe que estava com a Guarda Florestal ficou  encalhado na lama, cumprimentei os Guardas Florestais seguindo em frente correndo bem devagar, te tão íngreme que era o percurso desta montanha, que hora corria ou caminhava, abrindo e fechando porteiras, depois de tantas subidas íngremes cheguei no plano alcançando o amigo Marcelino, perguntei se estava tudo ok com ele, me foi respondido que sim, saquei da minha mochila rapidamente a minha máquina fotográfica e comecei a entrevistá-lo, falei também com ele que essa prova era nossa, como ele estava de Garmin no pulso perguntei a ele que horas tinha porque o meu relógio novinho acabou entrando água e tinha apagado...arggg...,visto que acabou me prejudicando sem poder tomar os meus suprimentos na hora certa, já que o bendito do relógio tinha apagado perguntei também até aquele ponto da montanha o gps dele tinha marcado: Pois ele me respondeu que estava marcando 68 Kms e o tempo decorrido na prova era de 6 horas...
Atingindo mais um cume
Falei com o Cristiano ir comigo, mas o mesmo estava um pouco cansado e que iria no ritmo dele mesmo...E assim fui embora ficando eu em primeiro lugar na geral a partir daquele momento que até levei um susto...rsss, corri mais  alguns Kms de morro acima e cheguei no cume de mais uma montanha conquistada e lá estavam os amigos da Guarda Florestal nos  apoiando lá em cima também, agradeci a todos eles e 01 deles me acompanhou até um certo pedaço me mostrando o caminho por onde tinha que descer e me informou que era para tomar cuidado porque no local tinha onças (ainda bem que não vi nenhuma...rsss), comecei a descer bem devagar porque nessa trilha era bem estreita e cheia de lama com risco de tomar um tombo, fui descendo e avistando as fitas vermelhas marcadas por onde deveríamos passar, foi quando por minha distração correndo acabei errando um certo pedaço do percurso, ainda bem que não foi muita coisa, subi mais um pouco e continuei na trilha certa até chegar no plano de terra batida e o Cristiano vinha correndo atrás de mim, acredito que deveria ser uns 500 metros pela distância e sempre falando para ele aumentar a velocidade, terminado a descida encontrei com um dos Staffs e o mesmo me falou que era para descer beirando a cerca pelo lado esquerdo e assim eu fiz até chegar no piso de paralepípedo, o Staff estava me dando apoio com seu carro e depois de um certo pedaço e como eu era o líder da prova ele foi me indicando o caminho certo e me oferecendo água, gatorade, bananada e amendoim, enchi  a minha mochila com água e segui em frente até chegar no local da chegada tinha percorrido 70 Kms, e tinha que correr mais 10 Kms para completar os 80 Kms tivemos que seguir em frente e fazendo um retorno muito a frente até chegar em Trapiche e retornando tudo pelo asfalto e como nesse percurso de asfalto não tinha fitas e nem staffs indicando o caminho fiquei com medo de errar o caminho porque tinha umas entradas de ruas a direita e não sabia se estava errado até que por uns instantes caminhei para ver se o staff da prova que estava me apoiando voltasse logo de carro para dizer se eu estava no caminho certo, como o amigo Cristiano vinha um pouco atrás de mim, avistei-o e comecei a correr até chegar um bairro chamado Óleo (nome esquisito para um lugar né...rsss), após chegar nesse bairro retornei a direita para chegar ao final, foi quando passei por um bar onde tinha mulheres e homens reunidos e eles bateram palmas para mim me incentivando e eu agradeci...Tão logo eu virei a direita apareceu a pickup da Guarda Florestal me perguntando se eu era o 1º colocado da prova, respondi sim, como faltava mais ou menos 2 Kms para terminar a corrida, os Guardas ligaram a cirene da pickup abrindo o caminho para eu correr até que numa subida antes de terminar a prova eu já não aguentava mais correr que até tinha pensado na ida quando fui fazer o retorno, pensei em caminhar nessa subida, mas veja só poder da superação e uma mente bem preparada, estava bastante cansado e com ânsia de terminar logo que nem parei nessa subida continue correndo e a Guarda Florestal abrindo caminho para eu e a população me vendo eu passar foi até que cruzei a linha de chegada comemorando muito completando os 80 Km em 08 horas 52 minutos terminando em 1º colocado na geral, vibrando a beça e a galera me cumprimentando...Essa vitória foi para fechar o ano de 2011 com chave de ouro...Depois de uns 2 minutos voltei correndo para trás para dar uma força ao parceiro Cristiano Marcelino que o ajudou bastante ele e parabenizei o mesmo e antes de irmos para a pousada ficamos esperando o 3º colocado na prova que foi o Carlos, cumprimentamos ele e seguimos para a Pousada.
Completando os 80 Kms no Bairro de Glicério - Macaé
Ufa cheguei cansado pacas, mais feliz da vida!!!
A consagração no pódio...Uhuuu...
Mais uma conquista...Obrigado Deus e a todos que torcem por mim
 Seção amigos e novos amigo(a)s:
Valeu Mário, Roseni e Maria

Anselmo e Carlos valeuuu

Valeu Zequinha as suas palavras se concretizaram
Valeu Cristiano...Parabéns...
Marcos valeu fominha de ultras...rsss
 Valeu Claudio Souza pela ajuda com a Guarda Florestal
 Valeu Erick
Valeu Aprigio e Vera
Amiga Genilsa valeu pela força
Valeu Rogério - Pousada Avilã
Valeu ASCOM
Avaliação da Prova:
=>Inscrição: R$ 100,00;
=>Kit: Bom (02 Camisas, 01 número de peito e 01 apito);
=>Guarda Volumes: Bom - A organização disponibilizou um carro para que levasse para o final da prova os nossos pertences mas não precisei usar pois eu e o Marcos Batista deixamos nossos pertences no carro do amigo Cristiano;
=>Altimetria da prova e Percurso: Super difícil com muitas subidas e descidas íngremes, o percurso foi de terra batida com direito a muita lama, asfalto e paralelepído o atleta tem que estar bem preparado para essa prova;
=>Posto de hidratação: No congresso técnico nos foi falado que iríamos passar por 03 pontos de água e algumas fontes de água natural, foi como falei lá em cima quem não correu com mochila de hidratação pagou caro (sofreu), o ideal é que para as próxima vez coloque mais pontos de água durante o percurso ainda bem que estava chovendo e a temperatura baixa, além da água nesses postos tinha guaravita, barra de cereal, bananada e amendoim;
=>Posto Médico: Não reparei mas me foi informado que a organização colocou no local uma ambulância e o carro de apoio do Cristiano foi dirigido por um enfermeiro da organização;
=>Lanche: Na chegada tinha água, amendoim, barra de cereal, bananada e frutas para os atletas;
=>Medalha de Participação: Execelente - Feita de metal em formato do local por onde corremos com os desenhos de 01 arara, 01 tucano e na frente com um adesivo escrito com o nome da prova e atrás da mesma 01 adesivo com o nome de cada atleta...Showww;
=>Premiação: Excelente organização premiou os 22 atletas com um lindo e grande troféu medindo 72 Cm de altura, foi premiando de 5 em 5 atletas por ordem de chegada e ainda ganhamos um lindo Certificado com nosso nome e o tempo feito nesta prova; e
=>Prova: Conforme falado acima esta prova foi piloto sendo convidados 22 atletas e espero que ela entre para o calendário das Ultras aqui no Brasil, a organização nos informou que pretende abrir 100 vagas para o próximo ano e vai estudar a possibilidade de também abrir vagas para o revezamento em duplas. Pois o percurso é muito lindo recheado de muita natureza e cachoeiras, só foi uma pena que não deu para se refrescar...hehehe...O percurso é super difícil que tem lugares que o atleta não consegue correr de tão íngreme, adorei correr esta competição e pretendo retornar mais vezes lá, ao meu ver a única coisa que os organizadores devem melhorar é colocando mais pontos de hidratação durante o percurso e se for possível distribuir para os staffs rádios de comunicação.
Agradecimentos:
- Agradeço aos amigo(a)s Cristiano e Nilce Marcelino pela carona e por ter disponibilizado para eu e o Marcos Batista o seu carro no apoio, pois foi fundamental para que nós fizéssemos uma excelente Ultramaratona;
- A todos da ASCOM (Associação de Corredores de Macaé) que com muito custo e esforço conseguiu realizar esta Ultramaratona para nós corremos. Obrigado Aprígio, Vera Mota, Erick, Eleir, Genilsa e a todos staffs, não gosto de citar nomes mas se eu esqueci de alguém me informem;
- A todos da Guarda Florestal que não mediu esforços e ficaram debaixo de muita chuva para nos ajudar ia toda hora e voltava perguntando se estávamos precisando de alguma coisa e distribuindo em alguns pontos água para nós corredores e também por ter ficado em alguns pontos estratégicos dentro da mata para nos ajudarmos caso precisássemos;
- Ao todos patrocinadores que não mediram esforços patrocinando esta prova em especial o amigo Rogério da Pousada Avilã que nos ajudou pacas;


Independente de eu ter chegado em primeiro colocado nesta prova, informo que todos os 22 guerreiros que correram esta prova foram campeões e entramos para a história...Parabéns!!!


Aguardem o vídeo!!!

18 comentários:

Lúcio Lampert disse...

Parabéns amigo, mais que merecido, todos os participantes foram guerreiros, mas foi seu o local de destaque nesta prova! Frutos de todo seu empenho e amor por este esporte. GRANDE ABRAÇO, Lúcio Lampert.

Bruno Bewalski disse...

Parabéns!!! Excelente conquista!!! Sucesso!

Everaldo Motta disse...

Olá Jorge, bom dia!
Show de bola! 80Km de pura emoção! Parabéns meu amigo, gostei de ver, não deu moleza e faturou o 1ºlugar nesta dura prova.
Agora é descansar para a próxima, mas o seu descanso é correndo, então fazer o que né? rsr..
Um forte abraço,
Everaldo

Marcelino ULTRA disse...

É Jorge,
pode escrever o quanto quiser, mas só quem esteve lá mesmo para saber quão duro e bonito foi estar nesta prova. Nós passamos quase 9h nesta luta e fomos brindados ao final. PARABÉNS! No meu BLOG minha postagem esta sendo contruída! www.marcelinoultra.com

Pablo Bravo disse...

Tu é casca grossa mesmo!!!

Parabéns.

Abraço Pablo

Estivison disse...

fominha é assim : descobre a prova, vai lá e vence. parabéns , garoto !!! bora enfrente que tem mais km p nós !!! parabéns !!!!!!!!

Fábio Namiuti disse...

Parabéns aos 22 guerreiros, mas em especial a você, meu amigo, grande e legítimo CAMPEÃO dessa prova. Relato no capricho, compatível com a grandeza do desafio enfrentado e vencido. Que bela forma de encerrar a temporada, hein? Mas "peraí"! Encerrou mesmo? Duvi-de-o-dó!!! Fominha que é fominha, corre até a São Silvestrinha. Depois você me conta se não sai mais coelho dessa moita ainda em 2011...

Abração!

Dalton Ferreira disse...

Parabens Jorge, como vc disse, este primeiro lugar veio premiar e fechar o ano de 2011 com chave de ouro.
Parabens e um otimo 2012 cheio de provas e superações
dalton

tutta disse...

Caracas Jorge!
Super maneiro.
Parabéns pela vitória no geral.
Pô, correr 80kms num percurso de montanhas é só pra feras como você mesmo.
Mais uma vez parabéns.

Abraço e sucesso.


tutta - BALEIAS/PR
www.correndocorridas.blogspot.com

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Parabéns, Jorge.

Mandou muito bem na prova e no relato.

Abraços

Bahiense disse...

WoooooooooooooHoooooooooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!

P A R A B É N S!!!!!!!!!! MUITO MANEIRO, VOCÊ MERECE MUITO! VALEU JORGE!

Lucas Andrade disse...

E que chave de ouro!!!

Parabéns grande Jorge pela conquista e o que é a experiência hein? Soube administrar bem a prova e de quebra levou o primeiro lugar, mais que merecido!

Parabéns!

Abs

Dart Araújo disse...

Poxa Jorge PARABÉNS....E que relato...nossa!

Você é demais!!

Abração querido e bom fim de ano...

Laurenio Beserra disse...

Não dar para não dizer que o seu mundo estar na satisfação em realizar as ultras, e o pódio é a consequência natural deste prazer inquestionável. Grande final de 2011, parabéns!!!

Erick (ascom) disse...

Parabéns Jorge, fico mt feliz por ter gostado do nosso evento.
Tivemos algumas falhas, afinal, esse foi um dos objetivos desta corrida: conhecer, e melhorar para o ano que vem.
Que bom que todos os participantes gostaram do percurso, e do evento em sim.
Ano que vem, como dissemos, vamos disponibilizar mais vagas e corrigir esses erros que tivemos.
Mais uma vez parabéns, pois vc é um grande ultramaratonista, foi lá, de passo a passo, mostrando que você é o cara!
Ainda me lembro quando passei por vc pela primeira vez, pensei que tivesse algum problema contigo, e vc disse "tudo tudo bem, nao gosto de chuva" na primeira descida seguinte, tu me passou de novo, ficamos neste passa-passa umas 3 vezes mais o menos ate que vc sumiu. so fui te ver novamente no chegada, com mais de 1hr de diferença do meu tempo.
É isso ai! parabéns, e ano que vem, estamos de volta.
Porém, ano que vem nao serei mais um novato! aheiaheihaiehia

Anônimo disse...

Amigo Jorge
Parabens pela conquista. Seu relato foi emocinante e rico nos detalhes, até para ler tem de ser um ULTRALEITOR ! Pelo seu esforço e fidalguia para com todos os corredores, sua vitória foi merecida.
Att,
Guilherme sibilante
sibilante@terra.com.br

CANELAFINA disse...

Quando é que sai o livo JMaratona e seus kilometros domados. Sensacional Jorge, demorei para ver este post para poder ler cada linha com atenção. Um abraço.

Anônimo disse...

Jorge, quero parabenizar-te pela belíssima prova que realizaste, de fato mereceste o primeiríssimo lugar, sei que o meu erro foi ter abandonado minha mochila, fiquei com fome,sede ... e a minha mochila estava repleta de nutrientes ... Agradeço a Deus pelo moço que generosamente deu-me água e caldo de cana,foi quem me salvou ... Mas para quem correu uma Ultramaratona pela primeira vez,ficando com o terceiro lugar,no meio de feras como você,e feras literalmente falando:(ONÇAS),sinto-me feliz ! ... FELIZ NATAL !!! ATÉ O ANO QUE VEM,SE DEUS QUISER.(Carlos André)