segunda-feira, 7 de março de 2011

Maurice...Um exemplo de vida...

Para quem não viu o Esporte Espetacular ontem dia 06.03.2011, assista o vídeo abaixo, pois o pequeno jovem haitiano Maurice usa seu talento como corredor para participar de uma corrida organizada pelo Exército Brasileiro, pois ele correu 6Km em troca de água limpa e lanche, pois é uma cena muito triste de se ver, pessoas passando fome, esgoto a céu aberto e etc e etc...Assista o vídeo:

20 comentários:

Thiago Melo disse...

Isso prova que podemos fazer o que quisermos, pois temos tudo...olha que o garotão ainda fez um fartlek no fim. Mas é realmente muito triste a situação que muitos passam no mundo. Pensemos!!!
Abraço,
Thiago Melo
http://corredoraprendiz.blogspot.com/

Fabi disse...

Acompanhei essa reportagem e sabe qual foi minha impressão final??? De que muitas das vezes reclamamos de barriga cheia,existem pessoas morrendo de fome,sede e sem nenhuma dignidade enquanto muitos se acham donos da verdade e donos do mundo. Até quando vamos precisar ver e ouvir histórias como esta para poder ter um pouco de amor? Até quando vamos achar que nossos problemas são maiores do que do vizinho? Até quando? Você pisar no pé de alguém sem intenção você pode ser insultada(o) ou até mesmo perder a vida?

"Como bem disse o reporter,imagine se fosse por um prato de comida"


Até quando amigo?
Paz e dignidade a todos

Rosimeyre disse...

Conforme já comentei, fiquei simplesmente...sem palavras diante tudo isto , é sim um momento de rever nossos conceitos do que é ter e achar que ainda falta...temos hait em muitos lugares... ate mesmo perto de nossos casas, isto doi, e num momento como este de feriado nos faz muito mais refletir.

Mayumi disse...

Pois é, Jorge... tem gente que reclama de barriga cheia!
Já estive perto de lá, mas a situação é realmente muito difícil. Falta água para beber, se beber qualquer coisa, pode ficar com dor de barriga e pode vir até a óbito. Que país é este, não é mesmo? Nòs temos tudo aqui! Náo se pode reclamar de falta de àgua em nenhum momento! Mas temos que cuidar deste bem! Obrigada por compartilhar conosco este vìdeo!

Hélio Martini disse...

Emocionante. Mas nós não precisamos atravessar o oceano para encontrar esse mundo, em quase todas as cidades tem gente passando fome assim, sem esperança. É só olhar para o lado que veremos várias "Panelas do Diabo", vários meninos como Morrice viendo no meio da droga e da violência. Sei que pareço injusto, mas penso que o Brasil deveria cuidar melhor de todos os seus filhos primeiro antes de sair pelo mundo gastando fortunas, como manter tropas para a ONU ou enviar alguém para o espaço. Um forte abraço Jorge.

CORRIDA SEM LIMITES disse...

Jorge....
Vc tem um blog muito criativo, agradecemos por estar seguindo o nosso blog....
Moramos em Salvador e conhecemos sim Dart, Lucas e a Ivone, sempre estamos correndo juntos, fomos os primeiros a fazerem parte do Clube de Corredores de Salvador.
Quando vier a Salvador nos avisa...
Bons treinos.....

Kleber RG disse...

Eu assisti à reportagem, amigo Jorge. E não tem como não se emocionar com as condições adversas que este povo vive e, ainda assim, estampam sorriso no rosto...

Como podemos reclamar de algo em nossas abençoadas vidas? Não temos este direito...

Um abraço,
Kleber RG
www.maratonacorreria.com

Tiago Antunes disse...

bah, e tem gente que reclama de tudo a todo tempo... vou cuidar pra não cometer este erro, afinal de contas, somos vitoriosos por termos a capacidade e a oportunidade de tantas coisas...

joaquim adelino disse...

Grande Jorge, isto é muito comovente, grande trabalho de divulgação do que se passa naquele país personificada aqui pelo este pequeno grande herói.
Uma palavra também para aqueles dois ou três militares brasileiros que o acompanharam sempre, perceberam o que se estava a passar e ajudaram no que puderam. Prevejo ali naquele menino um futuro risonho para todos se para isso o Mundo olhar para aquela miséria e pôr fim a ela, basta apenas que alguns abdiquem da luxúria em que vivem em benefício daqueles que bem precisam.
Um abraço amigo Jorge.

Marluce Fagotti disse...

Que lindo...
Que triste...
Que bom que estão fazendo algo para nossos irmãos no Haiti.

Joka disse...

Karacas é dificil mesmo !!!!

corroporcorrer.com.br disse...

Jorge, infelizmente não consegui ver até o fim....que mundo é esse que vivemos cara!?!?

Uma criança ter que passar por isso para ter direito a agua limpa e lanche...ta certo, pra ela poderia ser mais uma diversao...mas não é certo....está tudo errado!

corroporcorrer.com.br disse...

Completando meu comentario...

minha indignação foi com "o mundo que vivem essas crianças" e não com seu post!! (antes que alguem fale alguma coisa, rsss)

Valeu parceiro!!!

Abraços

Leonardo Nista

Felipe de Souto disse...

Boa dica Jorge, as vezes precisamos lembrar que somos privilegiados e que no mundo existe milhões de pessoas vivendo como animais...nunca é demais ajudar, sempre poderemos fazer alguma coisa...mundo cão esse...

Jacke Gense disse...

Não tem como se comover com uma reportagem dessa... E como a gente pode reclamar da vida não é Jorge??? Temos tudo e reclamamos por tão pouco!

Running Free disse...

Olá Jorge, tudo bem?

Eu não tinha visto a reportagem na televisão, vi aqui no seu blog. Emocionante. Faz agente pensar muito. E também mudar algumas atitudes. Vlw por disponiblizar esse vídeo e parabéns ao Exercíto Brasileiro por fazer ações como essa.

Obrigado Jorge.

Abraço

Line disse...

Jorge, não tinha visto a entrevista. Chorei. Pior é pensar que essa situação se repete em muitos outros lugares, inclusive aqui no Brasil mesmo. E fica aquela sensação de que não fazemos nada pq essa realidade é muito distante da nossa. Cada vez mais tenho vontade de fazer alguma coisa pra aproximar essas realidades, fazer alguma coisa por esses que precisam muito de nós, que temos (quase) tudo!

Anônimo disse...

Boa Tarde,


Gostaria de saber se alguém sabe como adotar este menino?
ele é órfão?

abc,
Marcus Paulo - Fpolis

Cléa =) disse...

Jorge, até mesmo no mundo da corrida a diferença entre as pessoas vai aumentando. É por isso que não fico com raiva de corredor pipoca por exemplo. Cada um corre por um motivo e não ter dinheiro não deveria impedir ninguém de praticar esse esporte tão maravilhoso.

Mas... Obriagda pelo seu comentário lá no blogue, fiquei emocionada! Um super abraço da família que corre. Sim, agora estamos correndo os 3.

marli disse...

٠•●ॐ●• Namastê • ٠•●ॐ●•
Jorge, reportagem emocionante, triste, mas verdadeira...
Maurice umverdadeuro guerreiro,um atleta dando lições aos fracos!
\o/ simbora correr!
Bons treinos,
Boas energias,
@marlipalugan
www.marlipalugan.blogspot.com
..... ~o
......<\_
...(_)/(_) meu transporte diário!