quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Um maratona, um erro e uma vitória...

Você já se imaginou correndo numa determinada competição e faltando alguns Kms finais, você erra o percurso...

Pois já aconteceu algo semelhante comigo, pois errei o caminho e perdi o pódio, fiquei p...da vida...rsss...Pois estava eu competindo na V Meia Maratona Trilheira em Ribeirão Pires no ano de 2005 em que a largada era na rua e a chegada era dentro do SESC, após percorrer várias trilhas, passar por várias poças de lama e pelos trilhos de trem, eis que retornamos para a chegada e faltando alguns metros para a chegada, na entrada do SESC tinha um caminhão tampando o local da chegada e eu e mais alguns corredores não vimos essa entrada do local e continuamos a correr, pensando que a entrada era noutro local, daí eis que escutamos algumas vozes dos corredores que já tinha chegado, nos falando que era para voltar que nós já tínhamos passado do local, esbravejamos muito e até reclamamos com a organização sobre o acontecido...A organização deveria ter colocado staffs durante a chegada para nos informar o que não aconteceu.

Pois no vídeo abaixo rola a Maratona de Nova Yorque em 2004 em que dois corredores, um deles é o mexicano German Silva que está disputando os metros finais da maratona com outro corredor e o mesmo erra o caminho, volta para a prova e ainda de quebra consegue vencer a maratona. É super interessante a recuperação desse maratonista, após ter errado o caminho. Pois que superação que ele teve...


E aí gostaram do vídeo??? O que você faria???

Bons treinos!!!

12 comentários:

Marcelo Assunção disse...

Eu vi German Silva e, se não me engano, o Paredes, disputando essa corrida, ao vivo pela Band ou outra TV que transmitiu ao vivo. Lembro de ter gravado e revisto várias vezes a cena. É fantástica a recuperação dele!

Carlos Castro disse...

Fantástico, sem dúvida, Jorge!
Posso-lhe dizer que, em 2007, me aconteceu a mim! Imagine, só: aqui em Braga (a minha cidade!)! Perdi o atleta da frente numa subida íngreme e, quando cheguei ao topo não sabia se era para a direita ou para a esquerda... e ali não havia público. Esperei pelo atleta de trás, que também não tinha a certeza... e optamos pelo caminho da direita, que, por acaso, estava certo!
Coisas das organizações...

marli disse...

٠•●ॐ●• Namastê • ٠•●ॐ●•
Nossa que gás... muito bom video...
٠•●ॐ●• boas energias • ٠•●ॐ●•
simbora
_____________________¶¶¶¶¶¶¶¶¶
_____________________¶¶¶¶¶¶¶¶¶
______________________¶¶¶¶¶¶¶¶
_______________________¶¶¶¶¶¶
_______________¶¶¶¶¶¶¶¶C¶¶¶¶¶¶¶
____________¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶CO¶¶¶CO¶¶_¶¶
__________¶¶¶¶¶¶___¶¶¶¶CORRIDA¶¶_¶¶¶
___________¶¶¶¶_____¶CORRIDAଲCO¶¶¶¶
_____________¶¶¶¶¶__¶CORRIDAଲC¶¶¶
________________¶¶¶¶¶CORRIDAଲC¶¶
__________________¶¶¶¶CORRID¶¶¶
___________________¶C¶¶¶¶¶C¶¶
_________________¶¶CORRID¶¶
________________¶¶CORRIDAଲ¶¶
________________¶¶MARLIM¶¶¶¶¶
_________________¶¶CORR¶¶¶¶¶¶¶¶¶
_______________¶¶¶¶¶¶C¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶¶
_______________¶¶¶¶¶¶¶¶___¶¶¶¶¶¶¶¶¶
______________¶¶¶¶¶¶¶_________¶¶¶¶¶
____________¶¶¶¶¶¶¶_________¶¶¶¶¶¶
__________¶¶¶¶¶¶¶___________¶¶¶¶¶
________¶¶¶¶¶¶¶____________¶¶¶¶
_______¶¶¶¶¶_______________¶¶¶
_____¶¶¶¶¶________________¶¶¶
_¶¶_¶¶¶¶________________¶¶¶¶
_¶_¶¶¶_________________¶___¶¶
_¶_¶¶__________________¶¶¶__¶¶
¶__¶_____________________¶¶¶¶¶¶¶
www.marlipalugan.blogspot.com

irmascordeiro disse...

Amei o post. Que video emocionante. Que recuperação. É coisa de gente que tem Deus no coração e muita determinação. Parabéns Jorge. Você é um mito para mim, e não é por acaso que todos te seguem. Muito obrigada! Mariana

Felipe de Souto disse...

Grande Jorge, o melhor filme que você já postou aqui, na minha opinião. Superação total...Creio que a mente tenha sido mais determinante nessa vitória do que o esforço físico. Parabéns pelo post, lição para todos, além do mundo corrístico...
E as coisas aí no RJ, mais tranquilas?

Felipe

Mário Neto disse...

Não sei se teria o mesmo ànimo que o cara! Arretada a recuperação dele.

Abraço,
Mário
http://aspiranteacorredor.blogspot.com

Luciane disse...

Olha...Eu já passei por algo parecido...Não do vídeo, claro...Certa vez estava eu competindo numa prova lá em Bertioga. eram pouquíssimos corredores. Em determinado trecho estava eu corredno sozinha e simplesmente sem nenhuma placa de sinalização, tive que entrar dentro do corpo de bombveiro para perguntar onde era o caminho pra eu percorrer...Nem erles sabiam.. tive que diminuir o ritmo até que alguém passasse por mim e eu o seguisse...Naquela época eu nem pensava em pódio, mas fiquei muito puta da vida...

abraços

www.lucy-justrun.blogspot.com

Aliane Cruz disse...

Adorei. Bom, acho que se tivesse esta força toda, faria a mesma coisa. Dava tudo de mim para pegar meu adversário. Acho que a raiva de errar foi tanta, e a grande força de ganhar, que se uniram e fizeram este espetáculo.

Belo vídeo.

Abraço Jorge. Bons treinos.

cesinha disse...

Jorge,
Quem olhar atentamente o vídeo verá que existia a blue line, comum nas grandes provas. O erro do batedor foi grotesco, pois induziu o atleta ao erro. Infelizmente isso não é tão incomum...
Parabéns pela pesquisa e pelo vídeo.
Gde Abs,
Cesinha
http://cesinhanascorridas.blogspot.com/

Rinaldo disse...

Olá Jorge,

Bom, se eu errar o caminho da São Silvestre na Av. Ipiranga chego antes dos queninanos! (não vou fazer isto, é claro)

É interessante ver que mesmo na prova mais badalada do mundo ocorrem erros. Muito bom o post!

Abraço!

Claudio Rinaldo
http://numerodepeito.blogspot.com/
http://cicloviadigital.blogspot.com/

Estivison disse...

Eu ficaria com tanta raiva que dificilmente me recuperaria. aprendo com esse atleta.
showwwwwww

Fábio Namiuti disse...

Muito interessante o vídeo. Ninguém espera que isso vá acontecer em uma prova tão tradicional, mas realmente, todo mundo está sujeito. Grande recuperação a do mexicano.

Bom final de semana e bons treinos!

Fábio