sábado, 13 de junho de 2009

O assunto é: Prova demais...

Amigo(a)s corredores, tenho participado de algumas provas e inclusive de até dias seguidos e os amigo(a)s tem me chamado de FOMINHA e inclusive até recebi um selo de CORREDOR FOMINHA, vejam no lado direito nos Prêmios Recebidos.

Resolvi escrever este post, porque fiquei preocupado, depois que recebi uma mensagem via email: na mensagem o corredor me criticando por eu estar participando de provas demais, que estou maluco, que vou acabar me lesionando e com isso também os corredores iniciantes podem se inspirar em mim e sair por aí correndo e acabar se lesionando e outros absurdos que nem merecem ser ditos aqui...

Também tenho recebido várias mensagens no meu email e no meu blog: de corredores antigos e iniciantes e até mesmo de não corredores me parabenizando e me elogiando pelo que eu tenho feito em prol do atletismo, segue abaixo algumas mensagens:

=>Seu blog é uma das maiores inspirações que eu tenho pra correr, continue escrevendo e apoiando a gente.

=>Jorge, Mais uma vez PARABÉNS!!!, Vc é um exemplo a ser seguido!!!, Determinação é a palavra certa, vc é 10!!!, Te admiro Muito!

=>Parabéns Jorge!! Que disposição, 3 corridas em 3 dias? Esperamos ter um preparo físico desse um dia! Muito bom! Adoramos ler seus blog pq cada vez nos inspiramos mais em suas empreitadas de corrida! Abraços!

=>Parabéns por mais uma conquista! Fiquei animado para participar da edição da Mizuno 10 Milhas aqui em São Paulo. Obrigado pela força que você transmitiu nestes dias que antecederam a Maratona de SP, são pessoas como você que fazem a diferença no mundo. Abraços!

Amigo(a)s, para quem não sabe da minha história ainda, vou contar, um dia fui magro e depois dei mole, fiquei OBESO, sendentário e com isso dos 65Kg eu disparei e cheguei a pesar 100Kg, isso mesmo, com isso fiquei mal da saúde as veias do meu coração estavam ficando entupidas à noite quando dormia sentia falta de ar, fui ao médico realizei alguns exames e também fui a uma nutricionista a qual me passou uma dieta, fui radical cortei a bebida (álcool) e todas as besteiras que nos fazem a ganhar peso, também comecei a fazer caminhadas e das caminhadas dava pequenos trotes, fui perseverando e conseguir correr, foi muito duro, mais consegui perdi dentro de 04 meses mais de 30 kilos e graças a Deus e minha perserverança voltei ao meu peso normal de antes.
Esse era Eu antes
No ano de 2001, eu nunca tinha corrido sequer uma prova oficial, daí assistindo a Tv, vi um anúncio falando da Meia Internacional do Rio de Janeiro, determinei e fiz minha inscrição, todos na época me falavam que era maluco e etc e tal, que eu não iria conseguir, não dei bola e fui lá e mandei ver conseguir terminar a minha PRIMEIRA corrida oficial em 01 hora e 55 minutos. Fiquei muito feliz e daí não parei mais de competir, comecei a fazer novos amigo(a)s, fui aprendendo técnicas de corridas, fui treinando e pegando cada vez mais gosto pelas corridas, os meus tempos foram melhorando a 1ª Meia Maratona foi com um tempo alto mais depois que aprendi a correr abaixei mais os tempos. E como eu falei no meu Perfil do meu blog que criei este Blog para compartilhar com todos atletas as minhas experiências nas corridas de rua e dizer a todos que nada é impossível quando se quer alcançar um META. Eu já tenho em meu currículo de corridas, inúmeras corridas das mais variadas distâncias. Essa é a minha história, de vida, uma lição de vida que aprendi e sempre que posso tento ajudar as pessoas.
Agora sou assim com muita saúde e correndo muito
O que eu quero dizer com tudo isso, que disse acima: Que sou um corredor "FOMINHA" sim, só um detalhe, não pareço com o corredor lá de cima que está com várias medalhas no pescoço e corcunda, pois ele é muito feio...rsss...no início das corridas corria errado, mais depois que comecei a treinar com um profissional aprendi, ou seja, sou um corredor experiente, sou Maratonista, já corro a 8 anos, se pudesse eu competia mais vezes, inclusive já fui convidado a correr Ultras Maratonas, só não corro, porque não tenho PATROCÍNIO, mais se alguém quiser me patrocinar taí o meu email: jcmaratona@gmail.com

Informo a todos que não sou corredor de ELITE, sou corredor AMADOR, mais com a bagagem que tenho de 08 anos anos de corrida, aprendi a correr e tenho conseguido algumas conquistas no atletismo, não estou tirando onda com ninguém, não estou querendo aparecer, pois como corredor FOMINHA, sei até aonde vão os meus LIMITES, sei o momento certo de parar, um exemplo disso foi em uma das edições da Maratona do Rio em que eu cheguei no 35Km, senti cãimbras, dores e senti a vistas escuras, parei no mesmo instante fiz massagens, caminhei por alguns minutos e voltei a correr e completei, não estou livre de contusões já tive algumas e até me superei e até aprendi. Só me arrependo de uma coisa de não ter começado cedo nesse esporte tão maravilhoso.

Também não quero que os corredores, principalmente os iniciantes, saem por aí correndo sem fazerem os exames específicos que todos os atletas devem fazer, não quero que saem correndo por aí que nem uns loucos e se lesionem, procurem uma Assessoria Esportiva, treinem com Profissionais, quero sim que corram, mais sejam conscientes e lembre-se do seguinte a CORRIDA ao mesmo tempo ela pode lhe ajudar, mais ao mesmo tempo ela pode se tornar prejudicial se não fizerem certinho, quero que vocês se SUPEREM e que vocês consigam as alcançar às suas METAS nas corridas, como eu consegui um dia. Segue abaixo uma foto com uma mensagem para vocês.
Para aqueles que sempre estão me apoiando, dando forças e me elogiando agradeço de coração e desejo sucessos. Mais para aqueles invejosos que estão me criticando, peço a DEUS que tenha misericórdia. E digo mais: Não me invejem, corram atrás, lutem que também vocês conseguem.

Um abraço a todos e boas corridas!!!

40 comentários:

Cris Folgar disse...

Amigo Jorge,
esteja certo, VOCÊ ESTÁ NO CAMINHO CERTO, pois se o seu sucesso começa incomodar...meu Amigooooo!!!

Veja:
"O termómetro do sucesso é apenas a inveja dos descontentes." Salvador Dalí

"Não conheço nenhuma fórmula infalível para obter o sucesso, mas conheço uma forma infalível de fracassar: tentar agradar a todos."
John F. Kennedy

Nem Cristo conseguiu agradar a todos...Outra coisa,pra quê se preocupar com as "minorias"...

estou contigo SEMPRE!!

Beijo no coração!

Miguel Delgado - Baleias BH disse...

Caro Jorge, os Baleias estão contigo! Corra até o quanto for possível! Você é nossa inspiração!
Muito passeio de avião e muita corrida é sempre nossa meta.Abraço

claudia marchetti disse...

Adorei!!!!!!!!
Vc só incentiva à todos, continue assim e tem meu apoio sempre!!!!!
Bjs,
Cláudia Marchetti (Equipe Runners Club)

satrijoe disse...

Legal Jorge.
Não conhecia sua história. Quer dizer que vc já teve seus pneuzinhos hein!

Acho que a sua msg está dada.

Segue em frente que atrás vem gente.

Bons treinos pra vc!

Fabio Martins de França disse...

Jorge, muito bom o texto. Acho que se vc esta correndo e se sente bem melhor fazer todas as provas que quiser. Espero ter o mesmo pique que vc tem. Boa Maratona do Rio.

...tuttA... disse...

Parabéns amigo Jorge.
Ótimo texto.
E vc tá certo, pois cada um sabe o seu limite.
E outra coisa, na minha opinião, o atletismo foi feito para as pessoas superarem limites (os seus limites) e vc está fazendo muito bem este papel.
Parabéns pela garra, determinação, e lógico, pelo fôlego que vc tem.
Que Deus possa sempre estar ao seu lado te guiando, para que nada de mal te atinja.
Grande abraço.


---> tutta <---
ubiratã-pr.

Giovanna disse...

Jorge,
Parabéns pelo texto.
Levei um susto quando vi seu comentário no blog da Mayumi...realmente eu estou beeem sumida do mundo virtual, mas prometo que vou voltar...quanto ao blog, depois que eu me aposentar, daqui a uns 30 anos, eu volto com tudo.
Mudando de assunto, vou correr a meia aí no Rio, no dia 28. Quem sabe a gente não se encontra!!!
Beijos e bons treinos para a maratona!!!

Teddy Jones disse...

Caro Jorge,
Pessoas que fazem este tipo de comentário pobre e infeliz são símplesmente pessoas pequenas, com uma vida pequena.
Nós atletas, iniciantes como eu, e experientes como você, estes sim são pessoas grandes, com uma vida grande que buscam no atletismo uma vida saudável.
Forte Abraço !
PS. VOCÊ ESTÁ CERTÍSSIMO !!!

Samuel disse...

Jorge

Tenho a certeza que o seu depoimento fará com que outros antigos Jorges possam se tornar o Jorge de hoje.

Vamos correr até quando pudermos e certamente poderemos ainda por muitos e muitos anos.

E se não pudermos mais correr, vamos trotar.

E se não pudermos mmais trotar, vamos caminhar.

Em resumo, não se pode é ficar parado dando chance as doenças, depressões, a falta de ânimo e tudo que aparecer por ser um sedentário.

A todos uma excelente semana.

Um grande abraço amigo.

G.M. disse...

Jorge,
Estou com a maioria.
Ou seja, te admiro verdadeiramente e pra caramba !
Continue assim.
O melhor parâmetro continua sendo o seu e não o dos outros.
Parabéns !
Sucesso !
Ass.: Guilherme.

Diego da Costa disse...

Amigo Jorge,
a respeito da crítica do nosso colega, posso dizer que apesar de ser iniciante, não sair por aí correndo que nem louco após ler seus relatos sobre as suas participações em diversas corridas, num curto espaço de tempo, ao contrário, passei a ter uma maior consciência da importância de esta sempre treinando de forma saudável, respeitando os nossos limites e, que só com o tempo é que a gente adquirir bons resultados (o mais importante é o prazer de correr e, não a performance).
Sendo que, o mais importante de tudo é o apoio e o exemplo de determinação, perseverança e força de vontade que você nó transmite, seja pelos seus relatos ou através dos seus comentários nos nossos blogs.
Abraços e continue assim, afinal, ninguém conhece você melhor do que você mesmo.

Bruno Thomaz disse...

Ótimo post Jorge! Gostei de ver! É isso aí!! Eu sempre defendo que os blogueiros tem que deixar bem claro pros seus leitores que todos devem começar com responsabilidade! Fico feliz de você estar participando dessa "corrente" de conscientização!
Abração

Henrique disse...

Grande Jorge, encontramos você hoje no Aterro e eu estava com Lindenbergh colocando nossos treinos em dias. Você é um exemplo para todos nós com sua perseverança e suas conquistas. Continue assim, se te faz feliz e nos faz feliz que seja ETERNO!!!
Parabéns pelos treinos, conquistas e principalmente por vencer o sendentarismos.

Abraços

Henrique(Baiano)

TC Projeto Triathlon (Tuco) disse...

Isso ae Jorginho. Bela história, belo post, belos treinos. Cada um sabe onde seu tênis aperta e qual o número do mesmo. Se todos se preocupassem com isso, não haveria tanta gente ocupada com o aperto ou o número do tênis do seu colega/amigo/companheiro! E todos correriam bem melhor. Abração. Força e equilíbrio. Tuco

Cil disse...

Oi Jorginho!! Nem se preocupe com os pequenos percalços, há sempre algumas pedras no caminho. Porém, como você é um homem sábio e educado, fará com que as pedras se transformem num castelo. "Reaja inteligentemente, mesmo a um tratamento não inteligente" - Lao Tsé. Beijos - Cilmara

joaquim adelino disse...

Eu tenho um grande respeito pelos animais, de entre eles estão os Burros, são animais sem tino e que não dispensam a existência de duas palas laterais para que só vejam o caminho estreito para onde o dono quer que se dirija. Existem pessoas falhadas e falidas de espírito que quando se manifestam nos fazem lembrar alguns animais sem raciocínio. Valia mais estarem calados, remoendo para si esse desconforto de incapacidade e de inveja.
Amigo Jorge dispenso-me de o elogiar, pois você já sabe como o aprecio e também o valor que eu lhe dou.
Um abraço

Harry disse...

Oi Jorge,

Boa! Bem, não compito muito, para ter um parâmetro completei agora minha 15ª maratona, mas a primeira aconteceu há 15 anos atrás. Acredito que para corrermos muito bem (obter recordes) devemos correr menos e ter provas focos. Porém a depender da fisiologia do atleta pode-se correr muito bem e obter ótimas performance (como é seu caso).

Evidente que quando mais se expõe mais é o risco de lesões, mas reafirmo, que isso não regra. Pelo que te acompanho você parou uma vez só (na lesão da panturilha) e isso é normal. Ninguém lesionado consegue obter os tempos que você fazendo em treinos e competições.

Por último, acredito que ninguém pode criticar seu “ jeito de correr”, afinal se você quebrar será você quem irá quebrar, e só! Você é formador de opinião? Tudo é relativo. Se uma pessoa faz uma coisa por que a outra o faz, essa pessoa que imita a outra, simplesmente não precisa de um modelo a ser seguido, mas de personalidade.

E convenhamos blogs não é lugar para se “aprender” corridas, isso fica para profissionais da área gabaritados.

Abraço,
Harry

Gisele Kessia disse...

Oi Jorge, embora não esteja mais blogando sobre o tema corrido (mas pretendo voltas).

Você é um exemplo para esta comunidade!Nos enche de orgulho, pela sua determinação e coragem diante da vida.
Você é um agente de mudança na vida de milhares de pessoas.

Deus continue te abençoando imensamente.

Gisele Késsia
www.kessias.blogspot.com

Renato disse...

Grande Jorge,

Esses comentários são de pessoas que no fundo tem inveja dessa sua determinação e segurança, afinal ninguém melhor do que você para saber o que é bom ou não a você mesmo.
Continue assim firme e forte e inspirando muita gente a deixar de ser sedentário e continue sendo feliz ao seu modo.
Um grande abraço

Carlos Lopes disse...

Grande Amigo

quem é esse companheiro que diz isso no E-mail, cá pra mim é ciumes Jorge... cuidado com isso, tem ai atletas com ciumes de vc. Olha no outro dia recebi um mail, um tipo a falar mal pra mim, porque eu no meu blog tenho o nome " Carlos Lopes", vê bem, já não posso chamar de Carlos Lopes...afff .. cada Maluco... Tive a felicidade de conhecer Camarada, e és uma pessoa que sinto respeito e admiração, por isso Foinha Carioca... vamos em frente.. eu este ano quero fazer 50 provas, já fiz 25... so falta o resto.. Beijos para as senhoras ai em casa, e pra vc um grande Abraço

Nota: devo estas doente, escrevi aqui tanto

Pantera Cor de Rosa disse...

A não ser que você "pegue leve" em algumas das competições em que participou, também acho que você compete uma quantidade de provas acima do razoável. É apenas a minha humilde opnião, nada mais.

As lesões que sofri não foram por excesso de competições e sim por outros motivos. Mesmo que não se lesione competindo, competir demais dá um desgaste grande. Eu fico sempre muito cansada após competir se eu puder forçar para valer.

Fabiana disse...

Já disse e vou repetir:VC E SENSACIONAL.

Bons Kms

Fabi

André Bastos disse...

Jorge, fiquei muito feliz com seu comentario no blog.

Uma pena que nao vou correr a Maratona/Meia do Rio agora. 21 km ainda é demais pra mim, e 6 km é pouco.

Prometo no entanto, ir assistir sua chegada. Abs!

CRT RUNNING disse...

Meu amigo e parceiro,

Eu acho que esse negócio de “FOMINHA” pegou mesmo. Começou com uma brincadeira minha e hoje nos já temos alguns seguidores. rssss
Só que o meu “FOMINHA” é na briga que temos uns com os outros pelos números de corrida que participamos, medalhas e troféus. Não preciso citar o nome das “FERAS” mais este “FOMINHA” surgiu por isso!

Quanto ao seu depoimento, acho que ninguém melhor que você para saber seu limites. Que você continue correndo por muitos e muitos anos e passando sempre suas experiências para nos corredores e amigos que te admiramos...

Abraços e bons treinos.

Você é e sempre será um VENCEDOR!

Augusto disse...

Jorge, já tinha mesmo vc como inspiração e agora vendo a sua história, que se parece muito com a minha, tenho mais certeza ainda de que estou no caminho certo e que se eu chegar em 20% do que vc chegou já estarei feliz. Parabéns pela força de vontade e que esse post tenha servido pra calar a boca de um bando de invejosos não que não conseguem o que vc conseguiu! E vamos correndo!

Nadais disse...

jorge,

tem cara que vai beber todo dia...

tem cara que joga no bicho todo dia...

tem cara que briga todo dia...

tem cara que corre todo dia..

eu recebi marretadas dos colegas direto.

sabe qual era o meu apelido: 'ROMÁRIO'

gostava de jogar mas não de treinar...

durante muuuuito tempo escutei essa pidinha.

o adriano bastos GANHOU 3 maratonas e 4 meses...

valeu!

nadais

Fábio Namiuti disse...

Esse papo de fominha, a equipe FOMINHA RUNNERS, o selo-fominha, na minha opinião, não passa de uma brincadeira que costumamos fazer entre nós, corredores. É aquela coisa que muita gente é, mas não assume, que sempre justifica dizendo que tem um que é mais; e por aí vai ... Não vejo absolutamente nenhum mal nisso.

Não vejo o Jorge e nem nenhum outro corredor que conheço incitando pessoas a os imitarem, iniciando campanhas do tipo "seja fominha você também". Se algo do tipo acontecesse, evidentemente eu seria contra. Mas não é o que vemos por aí. Medir os outros pela nossa própria régua é, lamentavelmente, mal comum. Quem é que somos para avaliarmos se uma pessoa está ou não passando dos seus limites ? Acho isso tremendamente subjetivo e questionável. O Jorge, como qualquer ser humano, acerta e erra. Como decidiu expor sua opinião através do blog que escreve, está sujeito a críticas sim, é claro. É natural que isto ocorra. Mas é preciso ter bom senso para não transformar opiniões e conceitos próprios em verdades absolutas; e querer enfiar goela alheia abaixo.

Que o amigo Jorge tenha saúde e disposição para disputar todas as corridas que desejar e puder; e discernimento para não disputar as que não puder. E que o discernimento também exista para os que leem o que o Jorge escreve. Que possam tirar suas próprias conclusões e fazer suas escolhas independente das dele.

Abraços,

Fábio Namiuti

Marcelo Assunção disse...

Legal seu post - mas, fala a verdade: ÉS O MAIS FOMINHA DOS CORREDORES!! Rs!

Abração do amigo Marcelo

BMW disse...

Valeu Jorge pelo recado lá no meu blog. Lendo o seu relato, lembrei de quando comecei a correr... fazia tudo errado e acha que era muito dificil um dia eu correr 10k abaixo de 50min. Pois meu tempo era acima de uma hora, com muito suor. Neste fds fiz os 10k em 45min e tenho a meta de realizar um sub-40. Sua história realmente é inspiradora e me identifico bem, pois assim como você comecei a correr para emagrecer e até a minha quinta corrida (final de 2007) em pesava 90kg... hoje estou com 76kg, mas em breve pretendo chegar (calmamente) nos 70kg. Boa sorte nos seus treinos, tb li o seu post do resgate da Air France, muito bacana. Parabéns, abrx e t+. Michel

Joka disse...

100 Comentários o seu post já fala tudo caro Jorge !!!!
Saiba que eu te apoio lendo seu blog que tb me incentiva muito, somos corredores amadores de corpo e alma...Abraço guerreiro...

Gustavo e Karla disse...

Grande Jorge,
Cada vez que conhecemos mais um pouco de vc, nos inspiramos mais em quem és e como se tornou assim.
Sempre existirão pessoas insatisfeitas, que por problemas pessoais buscam criticar as pessoas que espelham vitória. Sou iniciante e posso dizer que já faz um tempo que acompanho seus feitos, sempre os vi como inspiração, como prova de que udo é possível, jamais achei que hoje repetiria seus feitos, mas que um dia poderiamos chegar lá com muito treino.
Digo e afirmo que você sempre inspirou com responsabilidade e nunca pregou loucuras e feitos impossiveis pra ninguém.
Todo corredor deve saber seu limite e respeitar esse limite se quiser continuar correndo e crescendo com isso.
Continue sendo o que és uma inspuração para os corredores iniciantes e um exemplo pros veteranos!!!
Abraços de seus fieis seguidores!!

Vânia Almeida disse...

Jorge, você está muito bem hoje, aliás muito melhor!!!kkkk
Força sempre garoto!
bjos

Vânia Almeida disse...

Ah, to esperando aq meus companheiros de blog pra fazer o sorteio com testemunhas. até amanhã divulgo os nomes. Vai torcendo ai!

walter barbosa disse...

Jorge, o início da sua história na corrida é muito igual ao meu, resolvi mudar quando quase atingi os três dígitos na balança. O cara que fica todo dia no buteco não é criticado por alguns, mas é por outros; o cara que não sai de casa para nada também, o que trabalha demais também, o que ajuda demais também.
Meu lema é: fazer o que me satisfaz, em primeiro lugar, porque esse negócio de contentar os outros não dá certo.
Grande Jorge, bela história de vida estais construindo. Abraço.

Mário Lima disse...

jorge

Sabe o que se diz aqui em Portugal e talvez aí no Brasil?

«Os cães ladram e a caravana passa»

Deixe-os ladrar!

Um abraço e continuação de boas provas.

Everaldo Motta disse...

Olá Jorge, bom dia!
Passei só pra dizer que estou contigo e não abro, seus relatos são sempre úteis, com intuito de incentivar o esporte, agora, alguem achar que voce incentiva a corrida a qualquer preço, ora,ora só pode ser alienado. Voce é um atleta dedicado e preocupado com os outros atletas, orientando a importância do exame médico e inclusive dando o exemplo e mostrando que mantem o seu dia.
Quanto aos treinos e corridas oficiais que voce faz em grande quantidade, não incentiva ninguem a fazer a mesma coisa, voce faz porque tem preparo para isso.
Meu amigo, continue firme e forte.
Bons treinos e que venha a maratona!
Um forte abraço,
Everaldo

luis mota disse...

Olá Jorge!
Obrigado pela sua visita companheiro.
Esta é uma questão que dá muita discussão.
Respeito as opiniões de todos, mas tenho também a minha.
A questão deve ser analisada dentro das características e objectivos de cada um.
Há atletas que reagem de diferente forma à competição. Uns ficam com grandes dores, outros até treinam poucas horas depois de competir.
Esta situação daria para escrever muitas páginas e todas as opiniões terão alguma razão.
Eu acho que o ideal será a moderação, mas não é o que faço pois também compito todas as semanas.
Luís Mota

Jalile disse...

OI Jorge, eu tb te admiro, acho incrível o poder de superação que corrida nos tras.

Agradeço sua visita ao meu blog, e os seus comentários, mas eu não quis dizer no meu post "onde foi que me perdi" que eu estou arrependida por ter optado pela corrida, as minhas atitudes são bem pensadas, e bem resolvidas. A minha vida melhorou muito, e como vc eu tb tenho uma história legal com a corrida e pretendo correr muito ainda...
Só que eu acho que ninguém fala das privações e das dificuldades, e elas existem. Portanto eu acho importante falar delas tb...
Mesmo nós, "corredores" temos um dia de preguiça, um dia que queremos fazer um social com os amigos, tomar um vinho... etc, somos mortais. Foi so isso que quis dizer.

beijao

Thais Aroca disse...

Jorge,

Li o seu post e queria ter escrito um comentário antes, mas só agora tive tempo para isso. Acho que não há mal em que os seus amigos, aqueles que te querem bem se preocupem com a sua saúde, tenhm o receio de que você esteja exagerando. A minha vó, por exemplo, me fez prometer que eu não iria correr na Meia do Rio esse ano, que isso é coisa de maluco, que é exigir demais do corpo, que eu não sou queniana para quere correr tanto assim, que eu vou acabar morrendo do coração no meio da prova, etc. Isso é coisa de quem ama.... E eu sei entendê-la, e respeito a intenção dela, mas nem por isso vou para de correr, porque sei que tenho que ir com calma e tenho consciência das minhas limitações. O post foi ótimo porque você mostrou que não é um iniciante aventureiro, por demais empolgado com o mundo das corridas, e que se mete a querer ser um ultramaratonista do dia para a noite... São 8 anos de experiência. Acho que são o suficiente para você saber até onde pode evouluir, até onde pode puxar o ritmo... Depende de cada organismo, de cada pessoa, das circunstâncias da vida. Se não fosse assim, o que dizer daqueles caras que se propõem em correr a Badwater, com 200 e lá vai caetada de quilômetros a um sol de 50º c? O treinamento deles chega a 350 km por semana... Até estou pesquisando sobre isso porque quero escrever sobre isso no próximo post no meu blog... Às vezes é preciso correr algum risco para obter a superação!
Mas se esse e-mail foi de alguém que não está com boas intenções, e só tem inveja de você, não ligue! Somos todos grandinhos o suficiente para não querermos ser iguais a você de repente e a qualquer custo!!!!!!!!!! Você não é um mau exemplo, mas um cara muito gente boa, e uma inspiração!!!!

Um grande abraço,

Hideaki MM # 1024 disse...

Olá. Vi seu comentário no blog do Rodrigo. Para ter a camiseta dos Marathon Maniacs, pelo menos a regata amarela que eu sempre uso desde setembro do ano passado, é necessário ser cadastrado da equipe. Os americanos são meio chatos neste aspecto (e de certa forma nós também) e é um ponto que temos de tomar cuidado, pois os Maniacs do mundo todo vão começar a participar das provas do Brasil.

Está convidado para correr conosco a maratona de SP - 2010. Daí, é "só" terminar Rio e Nova Friburgo, que já terá o direito de adquirir a camiseta amarela!

Nem é questão de ser fominha, simplesmente preparo e planejamento, hehe

Abraço