terça-feira, 31 de março de 2009

E aí, que tal uma corridinha amanhã?

A MATÉRIA ABAIXO, SAIU NO JORNAL O GLOBO NESTA 3ª FEIRA, DIA 31.03.2009 E ME FOI ENVIADO PELO MEU AMIGO YURI HABIB, QUE O MESMO ESTÁ SENDO ENTREVISTADO E CONTA A HISTÓRIA DA VIDA DELE...AI MEU AMIGO MANDOU BEM HEIN, CORRENDO NA AREIA DA PRAIA COM BELAS MENINAS....RSSS...PARABÉNS AMIGO, QUE VOCÊ CONTINUE NESSE ESPIRITO FIRME E FORTE, SUCESSOS A TI!!!
Eles passam voando, mas não tem como não ver. É notável o crescimentos dos grupos dos corredores amadores que aproveitam as paisagens do Rio para treinar. A mas nova modinha entre adolescentes é participar de corridas e maratonas na cidade e alhures. Quer ver um montão deles juntos? É só ir amanhã ao Jockey Club na Gávea, Às 20h, onde vai rolar a Corrida Claro Rio em Movimento, a primeira competição entre seres humanos na história da tradicional pista de cavalos.

Além da corrida de cross country indoor - em areia fofa e dura e no asfalto - o evento terá DJ e show com Marcelo D2, Alcione e Arlindo Cruz. Parece estranho para um evento esportivo certo? Não para o triatleta e treinador Alexandre Ribeiro que faz parte do projeto. Segundo ele, o sonzinho pode ajudar.

- Músicas são proibidas nas principais competições de corrida porque servem como um doping, atuando no sistema nervoso central. Amanhã a performance de todo mundo será melhor.
Com ou sem música o desempenho do estudante Yuri Habib já será marcado pelo superação. Há cerca de dois anos ele, que tem 1,78m de altura pesava 110 quilos, vivia uma vida sedentária e já tinha altos níveis de colesterol e glicose. Depois que iniciou uma rotina de seis treinos por semana, Yuri mudou completamente. Hoje ele tem 78 quilos e quer perder mais. Mas o mais importante é que ganhou um excelente condicionamento físico.

- A primeira corrida em 2007, era de cinco quilômetros. Antes do segundo eu já não aguentava mais, mas continuei. Terminei caminhando. Mas o que fiz foi arriscado. Eu tinha mais de 90 quilos e pouca prática. É preciso ter orientação médica. Em dezembro passado fiz os mesmos cinco quilômetros numa boa. E vou correr a Meia Maratona, em junho - conta animado

- A passagem é um convite a comemorar a uma quadra da Lagoa, não sei como não aproveitava isso antes!


A estudante do segundo ano da Escola Nova Julia Genovesi, de 16 anos, também usa o Rio como uma academia a céu aberto. Ela corre na Lagoa e na praia do Leblon e diz já conseguiu fazer sem se cansar 25 quilômetros na areia fofa.

- A minha respiração mudou muito Eu tinha dores nas costas, diminuiu tudo! sempre fui magra não perdi tanto peso. Mas a minha disposição agora é incomparável. Incentivo as minhas amigas. Agora que está essa febre, alguma vêm comigo. Mas o importante é para não parar depois que a modinha pegar. As inscrições para o Claro Rio em Movimento são limitadas a três mil atletas a partir de 16 anos. A taxa de participação é R$ 60 com direito a kit e ingresso para ver o D2. A premiação total para os primeiros lugares será de R$ 14 mil. Quem quiser só ver o show paga de R$20 a R$40.

6 comentários:

Yuri disse...

Valeu Jorge,

Para nós corredores temos o nosso esporte, nossa vida, nossa paixão e nossa religião. Independente da crença ou não em Deus, para crescer e superar os desafios temos que acreditar em um Deus ( em si).

Pra começar a correr melhor, posso falar que antes de trocar idéia em comunidades de orkut, eu lia seu blog e ainda vai ajudar muitos.

abraços

Xampa disse...

Salve Jorge !!!
Vc é o cara, sempre incentivando a galera e sempre humildemente.
Parabéns !!!

Fábio Namiuti disse...

Parabéns, Yuri ! Passei por isso também, inclusive até com os mesmos números (110 -> 78) e sei o quanto vale. Boa corrida hoje, continue sempre correndo.

Valeu por mais essa, grande Jorge !

Abraços,

Fábio
http://fabionamiuti.hd1.com.br/

Stéphanie Perrone disse...

é muito bom ver a corrida de rua ganhando espaço na mídia.

parabéns para o yuri!

TC Projeto Triathlon (Tuco) disse...

Fala meu grande e admirado mestre Jorge!! tudo bem amigão??? Que bom que mais e mais pessoas vem conosco para esse mundo fantástico das corridas!!! Temos que lembrar sempre que é necessário treino, perseverança, saúde e exame em dia, para não termos nenhum dissabor. No mais, quero mandar um abração para você Jorge. Sucesso e bons treinos! Tuco

railer disse...

não fui correr no jockey... legal você colocar a reportagem aqui pra gente!