quinta-feira, 28 de agosto de 2008

VOCÊ É O QUE VOCÊ COME

O quanto seu hábito alimentar interfere em sua saúde?

Seu reflexo é o seu prato.

Você, caro leitor, é o reflexo daquilo que come. Essa verdade incontestável o acompanha em todos os minutos do seu dia. Durante toda a sua vida. Uma alimentação ruim é a razão dos seus problemas de saúde, afetando do humor até a vida sexual. E a partir da análise de aspectos do corpo/organismo, é possível descobrir o que está errado em sua alimentação.

Nutricionista da rede Mundo Verde, Juliana Schaefer indica sintomas que podem apontar erros alimentares. “O primeiro sinal é o ganho de peso. Mas existem outros como má digestão, excesso de gases, constipação intestinal, cabelos e unhas quebradiças, dores de cabeça constantes, cansaço, tristeza, irritabilidade entre outros”, enumera. A falta de vitaminas, minerais e fibras ou o aumento de gorduras saturadas, colesterol, conservantes e corantes podem ser a causa desse desequilíbrio.

Juliana lembra que deve-se estar sempre atento para a qualidade e quantidade dos alimentos ingeridos,. E que a obesidade, hipertensão e diabetes são algumas doenças diretamente ligada à nutrição. A especialista em Medicina Ortomolecular, Longevidade e Nutrologia Dra. Tâmara Mazaracki complementa que alimentos pesados e processados, como frituras, fast food e comidas gordurosas, sobrecarregam e dificultam a função digestiva.

Para romper com maus hábitos, é preciso antes saber identificá-los. Isso o ajudará a readquirir a capacidade de fazer novas escolhas. Anote todas as coisas que come mesmo sabendo que não faz bem, como por exemplo, alimentos gordurosos e açucarados, além de não praticar exercícios físicos ou ainda fumar. Depois, se pergunte por que faz isso ou o que ganha fazendo mal a saúde. Responda: Será que a recompensa vale a pena?

Em geral, pessoas que comem errado consomem basicamente um cardápio com poucas mudanças de uma semana para outra. A maioria não percebe que está comendo as mesmas coisas sempre.

Portanto, experimentar novos alimentos pode ser uma grande e gostosa descoberta.

As refeições devem ser balanceadas para ambos os sexos, mas as suas necessidades, nutricionais e calóricas são diferentes. De acordo com a Dra. Tâmara, alimentos ricos em cálcio, ferro, fibras e ácidos glaxos essenciais como ômega-3 não podem faltar no cardápio feminino. Já os homens devem consumir mais alimentos ricos em magnésio, cálcios, licopeno e também o ômega-3.

Vegetais, legumes, proteínas magras (carne, peixe e aves), grãos, cereais, pão integral, frutas secas e oleaginosas, ovos de codorna e caipira, iogurte natural desnatado, azeite de oliva extravirgem, semente de linhaça, chá verde e água mineral sem gás fazem parte da lista de alimentos recomendados pela especialista par uma vida mais saudável. “O segredo é aprender a comer certo, escolhendo opções ricas em nutrientes e pobres em calorias”, enfatiza a médica.

Uma alimentação balanceada e sem exageros deixou de ser só um hábito saudável para se tornar uma medida essencial na prevenção de doenças.

A nutricionista Juliana Schaefer acredita que comer para ser mais saudável não é tão difícil quanto parece. A escolha certa dos alimentos, segunda ela pode não somente melhorar a saúde de uma pessoa, como aumentar a sua expectativa de vida. “Peço que todos reflitam sobre uma frase muito interessante dita uma vez por Hipócrates, considerando o pai da Medicina Moderna. “Faça o alimento o seu medicamento”, finaliza.

Responda SIM ou NÃO para as perguntas a seguir e ao final confira a contagem de pontos para descobrir se você está alimentando-se corretamente:

01 – Consome diariamente mais alimentos frescos do que alimentos processados ou refinados? SIM ou NÃO

02 – Está ingerindo pelo menos três porções de hortaliças por dia? SIM ou NÃO

03 – Você ingere pouca quantidade de açúcar dirariamente? SIM ou NÃO

04 – Consome pelo menos três porções de frutas diferentes todos os dias? SIM ou NÃO

05 – Prefere usar ervas e especiarias ao invés de sal na preparação de alimentos? SIM ou NÃO

06 – Sempre lê atentamente os rótulos dos produtos antes de comprá-los? SIM ou NÃO

07 Você está bebendo de seis a oito copos de água por dia? SIM ou NÃO

08 – Prefere comer frango e peixes a carnes vermelhas? SIM ou NÃO

09 – Nunca pula refeições importantes, como o café da manhã? SIM ou NÃO

10 – Sempre inclue algum alimento novo em seu cardápio semanal? SIM ou NÃO

CONTAGEM

Se você respondeu SIM a maioria das questões, parabéns! Você está no caminho certo para adquirir uma alimentação mais saudável. Seu corpo agradece as suas boas escolhas.

Se você respondeu NÃO a maioria das questões, precisa urgentemente mudar seus hábitos alimentares para ter uma vida mais longa e feliz. Procure um profissional de NUTRIÇÃO para ajudá-lo neste desafio.

Site consultado: www.asist.org.br

8 comentários:

Wladimir Azevedo disse...

Meu amigo,
excelente post... você lembra que coloquei lá no blog que estava na busca da perda de peso ?? então, estou chegando lá e pela pesquisa aqui estou mesmo... valeu !!!

Com relação ao seu comentário no meu blog, fique todo bobo com a frase "é só para um cara de elite que nem vc, quando crescer vou querer ser que nem vc." rssss
quem me dera meu amigo... ainda tenho que comer muito feijão com arroz para chegar aos seus pés...

Muito obrigado mesmo pelas palavras, e com certeza com ajuda de Deus, sua força, e os treinos (que agora coloquei na cabeça que posso) vou chegar lá !!!

Um grande abraço a todos e eu e Aline estamos com saudades de vocês.

amocorrer disse...

Obaaa, passei nesse teste, otimo post amigo Jorge, sempre otimo passar por aqui, segue um abraço e espero que já esteje totalmente recuperado dalesão na perna.Regis

Fabiana disse...

Jorge esse seu post diz tudo!
Adorei tenha um bom fds!
Bons Kms

Hideaki disse...

Olá Jorge! Faz tempo que não posto, mas tô visitando seu blog com alguma frequencia, rsrs.

É muito interessante as diferenças culturais no ocidente e no oriente, apesar da convergência no ponto fundamental de que "alimentação deve ser a origem do remediar" (dito na China há 3000 anos).

Eu acredito que tenho uma alimentação bem saudável, mas eu faria apenas três pontos neste questionário, que eu achei muito superficial.

Há váriós médicos no Japão, que vieram para palestras no Brasil neste ano, que você não dá mais que 60 anos, mas eles já tem mais de 90. O maior segredo, é comer o menos possível, menos variação possível, no cotidiano. Afinal, quanto mais comemos, mais metabolismo e assim, envelhecemos mais rápido. Tem médicos que, depois dos 40 anos, comem apenas uma tigela de arroz integral por dia. Isso no cotidiano. Em compensação, em momentos especiais, pode comer qualquer coisa, à vontade.

Tem épocas que eu faço isso também. Apenas evito sal e açucar refinados, e arroz branco, considerados os "três brancos do mal". Salada não tempero. Café e suco de limão, sem açúcar. Café da manhã, seria desnecessário depois dos 20 anos (depois da fase de crescimento). Evito carne, mas não dispenso chutar o balde em rodízios de churrasco de vez em quando. Acho que ainda posto mais detalhes, hehe. Abraço!

Hideaki disse...

Corrigindo: 3000 não, 4000 anos atrás, na China. Em tempo, a idéia, não é ver qual das teorias, ocidental ou oriental está correta. O importante é ter este cuidado com sua saúde e alimentação, caso você tenha o desejo de envelhercer bem. (não condeno aqueles que fazem questão de optar por uma alimentação nao saudável, bebidas (desde que não incomode os outros) etc, e admiro os poucos que chegam ao final da vida sem se arrependerem desta postura.)

Abraço!

luciane disse...

oPA...excelente post esse. Ainda bem que fiz o teste e me dei bem...rs...Se bem que confesso, ás vezes abuso sim de coisinhas feias...rs...
Acho importante a alimnetação na corrida e em qualquer esporte. Já vi muita gente perdendo rendimento nas porvas por não se alimentar de forma correta...ótimas dicas essas...

abraços

CRT RUNNING disse...

Meu amigo,
Ótimo post!
Eu passei no teste.rsss
Abs,boa noite e bom FDS...

Wellington disse...

Olá Jorge tudo bem?
Meu nome é Wellington,tenho 42 anos e sempre dei minhas corridinhas,porem fiz uma cirurgia (nada a ver com as corridas) que me afastou uns dois anos...há 4 meses comecei a correr,agora com muito mais seriedade nos treinos o que vem ajudando a melhorar meu tempo e ganhar volume nas corridas.Comecei a participar das das provas de rua...Já fiz a Vivo Rum,Detran,Mizuno está ultima muito me alegrou por ter sido o meu primeiro desafio sem "quebrar".
Achei o seu blog e tem servido de incentivo pela sua história vitoriosa conquistada ao longo dos anos...o antes e o depois do sedentarismo muito me alegrou e me motivou ainda mais.

Um grande abraço

Desde já agradeço o espaço e conto com o teu incentivo e dicas.

marw42@hotmail.com