sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Cheguei a Postagem de nº 100 - “FALANDO DE BODES E LEÕES”

Bom amigo(a)s, cheguei a postagem de nº 100 no meu Blog de Corridas, informo que a dor está indo embora, nesta semana que passou me deu uma vontade imensa de correr, mais me contive, não vejo a hora de voltar, nesta semana que passou, comprei uma revista chamada Sport Life e lendo-a, uma coisa me chamou atenção, para você que fica reclamando da vida quando acontece alguma coisa, leia o texto abaixo:
“FALANDO DE BODES E LEÕES”

Uma história judaica conta o seguinte: um chefe de família foi procurar o rabino. A vida estava difícil. Ganhava pouco no emprego, precisava dar de comer a muitos filhos, os sogros eram velhos e doentes, a casa era minúscula... Enfim, uma série real de problemas. O rabino pensou, pensou e aconselhou: “Já sei a solução. Arrume um bode e coloque-o no meio da sua sala”.
O homem quase teve um chilique: “Um bode? Já nem tenho espaço e comida para a família e ainda preciso conviver com um bode?". Pois assim foi feito. Ele chegou em casa com um bode emprestado por um amigo e colocou o animal na sala.
A esposa ficou estupefata, os filhos acharam engraçado, os sogros reagiram com indignação. Mas o bode foi ficando...
A vida em família, se já não era fácil, tornou-se um verdadeiro inferno. O bode fedia, fazia uma sujeira enorme, comia tudo o que aparecia pela frente, das cadeiras à soleira da porta.
O pobre homem agora precisava se esforçar ainda mais para manter a situação sob controle. Dia e noite, seus pensamentos não eram mais sobre as lamúrias da falta de sorte, do trabalho mal remunerado, da preocupação e alimentar a enorme prole. Todos os problemas giravam em torno do bode.
Chegava em casa e só havia reclamações.
Uma semana depois, o homem voltou ao rabino: “O que faço? Segui o seu conselho, mas a minha vida ficou insuportável.
Não dá para conviver com aquele bicho dentro de casa”. O religioso ouviu, paciente, e avisou: “Chegou a hora de tirar o bode”.
O animal foi devolvido e a paz passou a reinar naquele lar. Ainda havia falta de dinheiro, muitas bocas(leões) para alimentar, mas todos estavam felizes sem o bode na convivência familiar.
Foi então, que o homem entendeu o intuito do rabino.
Por momentos, parece que tudo está ruim, nada dá certo. Mas sempre pode ser pior. Portanto, no lugar de lamúrias, deveríamos AGRADECER o que temos. Estamos vivos, respirando, saudáveis dentro dos nossos calções e roupas de ginástica. Não dá para ser feliz todo o tempo. O homem moderno também precisa “matar um leão” por dia para sobreviver. Enquanto você pedala a sua bike, faz musculação ou dá as suas braçadas na piscina, apenas relaxe e aproveite os bons momentos que o ESPORTE traz. Se for reclamar, lembre-se de que poderia haver um bode esperando por você.
Créditos à: Isabel Reis, Editora da Revista Sport Life - Agosto 2008

CONCLUSÃO: Realmente somos movidos a desafios. Alguns maiores, outros menores. Alguns importantes, outros totalmente idiotas. Alguns gratificantes, outros nem tanto. Bom eu já tirei o meu bode da sala (PROBLEMA), vocês se lembram do que aconteceu comigo no post anterior, pois é corri praticamente quase 3 finais de semana seguidos e acabei me lesionando, graças à Deus estou melhorando.
Mas se a vida vai passando e os bichos não saem de nossos pés. Aí pega, então faça o seu bode sair da sua sala também. Mas faça isso com alguma competência e bastante empenho. O resultado não é dos piores. Mas é preciso admitir: cansa!!!, Mais o resultado final é gratificante. Pense nisso.

Bom final de semana.

10 comentários:

  1. Jorge, parabéns pelo post centenário! Muito boa a reflexão proporcionada por ele. Seguimos matando os leões. Abração

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto que você escreveu. Se do jeito que está, é difícil...imagine se piorar. Vamos agradecer tudo o que temos e parar de reclamar da vida, dos problemas e jamais achar que as vitorias se conquistam em um piscar de olhos, elas se conquistam sim, com muito esforço e luta! Como diz o ditado 'a rapadura é doce mas, não é mole não'

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Jorge,
    Como escreveu o amigo R. Hoffmann, parabéns pela centésima postagem !
    Seu blog é muito bom e isso precisa ser enaltecido !
    Espero que tudo se encaminhe bem para sua plena e irrestrita recuperação.
    Valeu !
    Bom fim-de-semana para você.
    Obrigado,
    Ass.: Guilherme.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela 100ª postagem, meu amigo Jorge. E que venham muitas outras.

    Obrigado pela mensagem lá no Arquivo de Corridas e pela força. Vou tentar fazer a melhor prova possível amanhã, quase na porta de casa.

    Ótima dica a do blog da nutricionista, já adicionei aos meus favoritos e vou colocar um link pra ele no meu site também.

    Continue firme aí na recuperação ! Bote os bodes todos pra correr !!!

    Um abraço e bom final de semana,

    Fábio

    ResponderExcluir
  5. centenario heim jorge, muita moral amigo, abracos

    ResponderExcluir
  6. com certeza! estou me policiando para sempre agradecer pelo que tenho e procurara algo melhor dentro das minhas possibilidades.. quando queremos somos capazes de tudo com certeza! Sempre me lembrarei que o bode poderia estar me esperando no meio da sala a qualquer momento.. ótima comparação!

    e aí? como foi o fds? muitas corridas???

    abraços

    Thaís Lopes

    ResponderExcluir
  7. Que história linda,uma lição de vida.E eu concordo plenamente com ela,sou adepta do estilo de vida a la Pollyanna,e acho que todos deveriam fazer o mesmo.Se olharmos para o lado veremos que a grama do vizinho nem sempre é mais verde,e que temos muita sorte por ser o somos e ter o que temos.
    Melhoras pra sua lesão.
    Obrigada pela visita e parabéns pelo blog e pelos 100 posts,e que venham mais e mais.
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Jorge pelo magnifico texto

    ResponderExcluir
  9. Meu eterno amigo meu parabéns é pouco diante de tanta sabedoria que você carrega em seu pensamento... 100ª postagem significa uma centena de conhecimentos... valores... maturidade... vida! estou aqui sempre com meu pensamento e coração aberto para receber e doar uma parte do meu tempo para estar aqui... cada vez que deixamos algum recadinho ou mensagem para alguém... sinal que somos lembrados diáriamente na vida dessa pessoa, e é assim que veho lhe agradecer mais uma vez por ser meu amigo querido, inclusive falei de ti no blog do Click, depois você ve lá.
    Adorei a sua colocação nas palavras sábias do Bodes e Leões. Isso é maravilhoso para o crescimento espiritual... só quando estamos abertos para mudanças é que crescemos... graças á pessoas como você que vem nos ensinar cada dia mais e mais... eu quero sempre poder aprender contigo a essência da vida!
    Beijinho grande no teu coração amigo querido.
    Tenha uma tarde de muita luz, paz e cada vez mais sabedoria.

    ResponderExcluir
  10. What a great resource!

    ResponderExcluir

Sejam bem vindo(a)s ao meu Blog de Corridas. Participe seus comentários serão muito importantes para mim e para outros participantes interessados no mesmo tema.

Todos os comentários serão bem vindos, mas, reservo-me no direito de excluir eventuais mensagens com linguagens inadequadas ou ofensivas.

PS: Caso queira entrar em contato, me mande um e-mail para jmaratona@jmaratona.com

Obrigado,

Jorge Cerqueira
Ultramaratonista