segunda-feira, 21 de julho de 2008

Histórias de Superação na corrida - Parte 2

Bom dando continuidade sobre SUPERAÇÃO nas corridas, recebi duas mensagens de histórias de SUPERAÇÃO, das amigas corredoras ROSANA e JAQUELINE, que seguem abaixo:
Rosana, após a sua chegada na corrida da PUC

Oiii!!! Jorge, eu adorei a sua matéria sobre superação e como eu não sou diferente de ninguém, já passei por diferentes momentos de superação mas o que mais me marcou foi na minha primeira corrida. Na minha primeira competição de corrida de fundo, que foi realizada no Aterro, a Corrida e Caminhada Mostra PUC/FILA, o Valmir me inscreveu nos 10km (também tinha 5km), já que fazia uns três meses que eu estava treinando com ele e estava me saindo bem apesar de toda adaptação a essa nova atividade. No dia da corrida fiquei super nervosa e acabei fazendo xixi durante toda corrida(rsrsrsrsrrs). Deu a largada, comecei super bem mas quando estava chegando nos primeiros 5km eu já estava chegando ao meu limite( e a primeira dos 5 km também estava chegando ou seja poderia ter ganhado nos 5Km) e quando passei pelo funil para dar a segunda volta o que eu mais queria era que tudo terminasse logo. Continuei correndo em débito de oxigênio e sentindo muitas dores, pensando muito em desistir e principalmente em nunca mais competir(até parece!!!), o Valmir ficou todo o tempo me incentivando para que eu conseguisse completar a prova e foi através de pura Superação que consegui faze-lo, sem dúvida alguma com ajuda dele. Acabei ficando 7º lugar e ganhando na categoria mas minha maior vitória foi ter conseguido completar a corrida. Essa foto que eu te mandei foi da chegada e nesse momento eu me apoiei no Valmir pois estava quase desmaiando, fiquei mortaa!!! Um grande abraço.

HISTÓRIA DA NOSSA AMIGA CORREDORA JAQUELINE

Oi Jorge!
Sensacional esta matéria sobre superação!
Eu sou do princípio que não devemos desistir antes de tentarmos. Eu tínha receio em fazer uma meia maratona já que comecei à correr no ano passado e minha primeira corrida foi 5Km da Corrida das Academias da Caixa, então nem faz tanto tempo assim mas pensei porque não? Acho que devo tentar sim conhecer os meus limites, tentar ir mais além porém respeitando a minha fisiologia. Para minha sorte... fiquei menstruada na véspera e com uma cólica e dor nas pernas que nunca tenho... psicológica... não sei mas não tínha a menor intenção em desistir sem ao menos tentar. Iniciei tomando um antiflamatório (Voltarem) e devo dizer que no dia seguinte estava me sentindo bem para tentar. Corri num ritmo razoável, ultrapassando poucas vezes o limiar de 85% e fiquei muito satisfeita em ter realizado a prova sabendo que estava sobrando que posso ir mais além. Completei em 2:04:53 não foi um grande tempo mas sei que sou capaz de baixar e realizar a mesma abaixo de 2h coisa que farei no ano que vem. A maratona talvez fique para 2010! Já aconteceu numa corrida de estar com a bexiga cheia e deixar escapar um pouco de xixi ;) mas se fosse algo mais que isso iria correndo sim mais para procurar um banheiro e se a situação fosse razoável eu iria ver depois se voltar ou não para a prova! Eu gosto de me superar mas dentro dos parâmetros da normalidade pois quero correr ainda por muitos e muitos anos e para isso devemos ter critérios e conhecer os limites do nosso corpo. Pensa se algum dia vc sofre uma grave lesão por ter se excedido e recebe um laudo de que nunca mais poderá correr? Não gosto nem de pensar nesse tipo de possibilidade então vou até onde meu corpo permiti!
Beijos.
Parabéns amigas ROSANA e JAQUELINE, vocês duas são guerreiras.

Se você tem uma história de superação nas corridas me mande um E-mail jcmaratona@gmail.com com sua foto, terei um imenso prazer em publicar aqui no meu Blog e com toda certeza irá ajudar a muitos corredores!!!

3 comentários:

Reinaldo Reis disse...

LEGAL CAMARADA ESSE NEGÓCIO DE SUPERAÇÃO, LOGO LOGO TE MANDO A MINHA. QUERIA SABER COMO FAREI PARA RETIRAR MEU KIT DOS 50K, POIS IREI DIRETO PARA LARGADA! E AGORA? UM ABRAÇO!!!

amocorrer disse...

Amigo Jorge, quero desejar a vc uma otima prova no domingo, tenha certeza que daqui estarei na torcida por vc. Qto oa meu relato sobre os tenis, dizem os especialista que ao deixar de molho, torna o amortecimento menos eficiente, dai a dica do meu amigo que não reside mais entre nós, e olhe faz mais de dez anos que assim lavo meus tenis. seguem um abraço.Regis

jaqueline disse...

Adorei!!! A matéria ficou fantástica! Cada vez tenho mais certeza de que vc é o cara!
Valeu amigo!
Beijos no coração