segunda-feira, 5 de maio de 2008

CONVERSANDO COM O TRAVESSEIRO

As necessidades de sono de um corredor

De quanto sono um corredor precisa? A verdade é que a demanda de sono varia de indivíduo para indivíduo. Muita gente precisa de aproximadamente seis a sete horas por noite, mais algumas pessoas se sentem bem com menos de cinco e outras necessitam mais de dez horas de sono. E ainda é possível passar quatro noites sem dormir e então sentir-se inteiro depois de apenas doze horas de sono. Evidentemente não é difícil saber de quanto sono você precisa. Se você acorda se sentindo descansado, está dormindo o bastante – se acorda exausto, está precisando dormir mais.
Há dois tipos de sono – um no qual seus olhos se movem rapidamente de um lado para outro (Movimento Rápido dos Olhos ou MRO) e outro no qual seus olhos ficam parados. É durante o sono do tipo MRO que os sonhos acontecem e seu cérebro aciona todos os tipos de corrente elétrica. O outro tipo – que chamaremos aqui de sono estático – que é muito mais repousante, é dividido em quatro estágios, do mais leve ao progressivamente mais profundo. As pessoas que necessitam de menos horas de sono passam mais tempo dormindo no quarto estágio de sono estático. Por outro lado, aqueles que precisam de mais sono gastam mais tempo no sono leve, agitam-se com freqüência e acordam muitas vezes durante a noite.
Ninguém realmente sabe por que nós dormimos, mais muitos médicos acreditam que seja para descansar os músculos para que eles se recuperem. Passar várias horas em profunda concentração não aumenta a sua necessidade de sono, mas exercícios vigorosos certamente provocarão um aumento de horas necessárias. Por exemplo, o Dr. Colin Shapiro da Universidade de Witwatersrand da África do Sul certa vez analisou os hábitos de um estudante de medicina que se preparava para uma corrida de aproximadamente 88 quilômetros. Durante o período de treinamento ele gastava muito mais horas de sono que no período anterior em sono profundo e gastou mais horas ainda nas noites que se seguiram à corrida.
Algumas pessoas que não praticam esporte nenhum precisam de mais sono, provavelmente porque essas pessoas não passam muito tempo em sono profundo – que é o mais recomendado para que você acorde sentindo-se bem de manhã. Quando você sai de um período de inatividade para praticar exercícios regularmente, possivelmente vai dormir menos horas – porém mais profundamente.
Se você têm tem dificuldade em cair no sono, deveria checar as causas de insônia na tabela a seguir e tentar corrigir os fatores que podem estar interferindo.

Causas de insônia
. Ansiedade;
. Doença;
. Uso de estimulantes, tais como: Café, chá,. Chocolate, refrigerantes com cafeína, nicotina, cocaína e outros medicamentos;
. Falta de exercício;
. Dormir tarde;
.Uso freqüente de pílulas parar dormir;

Muitas pessoas que sofrem de insônia podem receber ajuda através da corrida ou de qualquer outro tipo de exercícios. O fator mais importante para determinar se você vai cair no sono é se a temperatura do seu corpo está baixando quando você vai para a cama. Quando você corre durante o dia, a temperatura de seu corpo sobe e se mantém elevada cerca de 4 a 6 horas. Portanto, se você correr de 4 a 6 horas antes de ir para a cama, a temperatura de seu corpo vai baixar na mesma linha, exercitar–se num espaço menor que 4 a 6 horas antes de ir para a cama pode dificultar o sono em virtude da temperatura de seu corpo manter-se elevada.
Mais de oito milhões e meio de pessoas tomam pílulas para dormir regularmente. Mas tomar pílulas para dormir não resolverá o problema da insônia; no mínimo tais pílulas farão com que você durma 20 minutos mais cedo do que faria normalmente. Elas não o ajudam a dormir mais profundamente, além de perderem o efeito gradativamente, à medida que se incorporam aos seus hábitos.
Os corredores deveriam saber que a sua competitividade não está relacionada com a quantidade de sono da noite anterior. De fato, o Dr. Bruce Martin e o Dr. Gary Gaddis da Universidade de Indiana mostraram que perder uma noite inteira de sono não afeta o desempenho físico, embora possa interferir na capacidade do corredor de se concentrar. É claro que perder mais de uma noite provavelmente trará problemas e eventualmente poderá interferir nas funções musculares e no limite de resistência.
Não faz sentido ir para a cama mais cedo que o usual na noite que antecede a uma corrida. Você provavelmente terá reduzido a distância no seu treino e portanto não estará se sentindo muito cansado. Ir para a cama antes de sentir sono fará com que você fique agitado, virando-se de um lado para outro – o que poderá fazer com que você acorde exausto na manhã seguinte.
Você também não precisa preocupar-se a respeito de sexo na noite anterior a uma corrida. De fato, se você está acostumado a fazer alguma coisa predeterminada antes de dormir, refrear-se poderá fazer com que o sono se torne mais difícil.
Finalmente, qual é a melhor maneira de se preparar para uma corrida em outro fuso horário? Como foi mencionado, a chave para cair no sono quando se vai para a cama é a queda da temperatura do corpo. A sua temperatura sobre e desce todos os dias num ritmo muito regular. Normalmente a sua temperatura estará no nível mais baixo nas primeira horas da manhã e mais altas nas primeiras horas da noite. Você pode mudar o ritmo alterando as horas em que você vai dormir e acordar. Um boa maneira de evitar este descompasso é chegar logo antes da corrida. Se isto não for possível, tente treinar seu corpo a ter sono na hora desejada antes de viajar, até que o seu ritmo seja o mesmo que o das pessoas que moram no lugar onde você pretende correr.
Créditos à ex-revista VIVA, Texto do Dr. Gabe Mirkin

9 comentários:

Roberto Teixeira Varadi disse...

E ae Jorge blz? Vlw por passar lá no meu Orkut lá e desejar felicitações pelo meu aniversário. Abraços e mande tb beijos para a Bruninha. Fui.

Mayumi disse...

Oi, Jorge:
Daqui a pouco, estou postando sobre Ilha Solteira! Obrigada pela visita! Até mais!

luis mota disse...

Olá Jorge!
O descanso é fundamental para a corrida.
Todos devemos descansar, pq o cansaço leva a ter graves consequências, como indica.
Eu gosto mais de treinar do que de dormir.
Grande abraço, Luís mota

CORREDOR " X " disse...

Fala Jorge ! Boa a matéria, eu oscilo de tempos em tempos, em sono bons e ruins.
Quanto ao circuito, não vou fazer não.....daqui até a maratona, só ela. Treino + treino e só.

CORREDOR " X " disse...

Fala Jorge ! Boa a matéria, eu oscilo de tempos em tempos, em sono bons e ruins.
Quanto ao circuito, não vou fazer não.....daqui até a maratona, só ela. Treino + treino e só.

CORREDOR " X " disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mafavisi disse...

Oi Jorge, eu adoro dormir, e desde que corro preciso mais de descansar, todos temos as nossas necessidades. Gostei muito do tema. Continue.
Beijinhos
Fátima

André Gomes disse...

Viva Jorge,

já coloquei o link do seu blog no http://www.corridadotejo.blogspot.com o seu blog é fenomenal. Muita investigação e muito trabalho de pesquisa. Fantástico!!!

Abç

Gustavo disse...

no meu caso, a corrida faz muito bem pro meu sono. treino em média de 4 a 5 por semana e assim que deito na cama, o sono vem rápido. sem dúvida que isso melhorou com a prática da corrida, que vai completar 1 ano esse mês.
um abraço.