segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Largada da Corrida de Piranguinho, eu estou atrás da corredora de chapéu preto
Apesar da foto não estar nítida da para ver um pouco


Ontem dia 11 Nov 2007, participei da III CORRIDA DE PIRANGUINHO, na cidade do Sul de Minas Gerais, para quem quiser ver as informações dessa corrida acesse o site (www.prefeiturapiranguinho.com.br), a minha aventura começou, no sábado dia 10 Nov, levantei as 06:00horas da manhã, me arrumei tomei um bom café da manhã, peguei minha mochila e sai de casa às 07:00horas rumo à Rodoviária Novo Rio, chegando lá fui para o setor de embarque e na hora de embarcar vi que não tinha o ônibus com o nome para a cidade de Itajubá, opa, pera aí, ai vocês vão perguntar o seguinte: O Jorge não citou acima cidade de Piranguinho como ele tá falando dessa cidade Itajubá, esperem amigos que vou explicar para vocês: Tive que ficar no hotel de Itajubá porque a cidade de Piranguinho é pequena e não tem hotel, viu... Ficaram satisfeitos agora leiam o restante do texto abaixo, risos...
Perguntei ao fiscal da rodoviária e o mesmo tinha me dito que o ônibus que eu iria embarcar era o de Poços de Caldas porque em Itajubá como é uma cidade pequena a Viação Cometa, só passa por lá e não tem ônibus direto para lá, daí fui que eu entendi, eu agradeci e embarquei as 09:00horas, na estrada o motorista parou às 11:30 horas, na cidade Resende interior do Rio de Janeiro, para um pit stop de 20 minutos eu não quis arriscar e não almocei porque o tempo era curto preferi comprar um lanche natural com um suco, embarcamos e o motorista parou na cidade de Lorena interior de São Paulo para pegar mais alguns passageiros e retornou rumo a estrada preferi não dormir na estrada para deslumbrar o quanto é lindo a natureza que Deus criou e que nós seres humanos não damos o devido valor, só que observei uma coisa as estradas são muito boas, o problema é que tem vários KM que as estradas são meio estreitas e passa por algumas serras e qualquer vacilo do motorista será um acidente fatal, porque a serra é muito alta. Cheguei na cidade de Itajubá por volta das 14:00 horas, me hospedei no Hotel Oriente (
www.hoteloriente.com.br) pertinho da rodoviária, que beleza, com diária a R$ 30,00 reais até que o hotel é legal, resolvi descansar e quando levantei vi que estava chovendo, sai e preferi fazer um lanche e voltar para hotel.

Meu número na competição de Piranguinho




Dia 11 Nov: Acordei às 06:30 horas da manhã, tomei café no hotel e fui para a rodoviária de Itajubá, embarquei no ônibus das 08:00 horas em direção a cidade Piranguinho, como eu não conhecia cidade eu logo fui perguntando ao motorista para me deixar na praça Cel Braz em Piranguinho e ele me disse OK, durante o trajeto do ônibus eu reparei no relógio que já tinha passado mais de 20 minutos e como me disseram que levaria mais ou menos esses minutos eu perguntei ao motorista se a praça estava longe foi aí que ele me disse que tinha esquecido, aí preferi não me estressar é mole, risos....e o mesmo me disse que não era para eu me preocupar porque ele iria fazer o retorno e iria passar de novo na praça foi aí que fiquei aliviado, chegando lá soltei na devida praça, vi alguns corredores chegando lá e sentei num banco da praça e fiquei esperando uma amiga de corrida chegar Sra. Ângela que mora na cidade, ela veio com os filhos dela Ana Carolina, Breno e Thiago e o Thiago também correu, ela me apresentou para várias pessoas que agora não me recordo o nome e inclusive me apresentou também para o Prefeito da Cidade de Piranguinho Exmo. Sr. Adoniram Martins Renó e o mesmo apertou a minha mão, me desejando boa sorte na corrida eu agradeci, me aprontei para a corrida, peguei o meu número na Secretaria de Educação e fiz um pequeno aquecimento de 10 minutos. O tempo estava maravilhoso para correr, estava nublado a largada deu-se as 09:30 horas em frente à Secretaria de Educação, durante o percurso começou a chover, o percurso teve mais ou menos uns 3KM de asfalto e o restante era estrada de barro, nesta corrida não teve placas de KM e mais ou menos depois de 2KM veio a primeira subidinha leve e quando acabou o asfalto veio o chão de barro que delícia correr na natureza muito bom mesmo e quando estava com 15 minutos de corridas veio a primeira subida forte mais mantive o meu ritmo teve alguns corredores que aproveitaram para acelerar na descida e mais a frente não agüentaram o ritmo e passei alguns corredores, com 18 minutos percebi que vinha uma kombi atrás e quando passou por mim era o Prefeito da cidade acenando para nós corredores, nunca tinha visto isso é mole, risos..., quando estava com 19 minutos de corridas veio o primeiro posto de água, ainda bem que não estava sol quente porque só teve um posto de água mesmo durante o percurso e na chegada, mais a frente mais ou menos com uns 28 minutos de corrida, percebi também que tinha dois corredores que não estavam bem na corrida aproveitei para acelerar e passei um só que quando passei dei força para esse corredor dizendo “VAMOS LÁ NÃO DIMINUA O RITMO” e fui no meu ritmo só que ele não agüentou e diminuiu o ritmo dele e mais a alguns metros à frente tinha outro que não estava agüentando também eu passei-o e este corredor não se sentiu satisfeito por eu ter passado ele e acelerou eu percebi estrategicamente quando estava atrás dele que ele não estava agüentando a correr e deixei ele me passar e ele acelerou tanto que não agüentou o ritmo e parou a corrida e eu passei novamente aí visualizei mais a frente que estava chegando ao final da corrida devido ver a Igreja que fica na praça Cel Braz em frente a Secretaria de Educação, aproveitei que estava chovendo para acelerar mais um pouco o ritmo, terminei a corrida com 36minutos e 59 segundos, mais a organização da corrida me disse depois que terminei com 37 minutos, eu estranhei o tempo, porque eles disseram que o percurso da corrida tinha 10KM e 700 Metros e depois os corredores disseram que tinham mais ou menos 9KM e 400 Metros a Secretaria de Educação me informou que deu mais ou menos uns 100 corredores a minha colocação ficou na geral em 13º e na faixa etária em 4º, dessa vez não deu para subir no pódio e nem trazer pelo menos uma medalha da corrida porque nessa corrida eles fazem a premiação diferente a medalha e o troféu só é dado para os três primeiros da geral e para os três primeiros das faixas etárias, não tem medalha de participação para todos, veja abaixo como eles fazem a premiação nas categorias, que para mim que já corri várias corridas, está errada:

Categorias:
Juvenil (Até 17 anos)
Adulto (acima de 18 anos)
Veterano (acima de 35 anos)

Em todas as corridas vejo que a premiação nas faixas etárias são de 5 em 5 anos e como pode um corredor mais velho competir na faixa adulto com corredores de 18 anos e como podem corredores de 50 ou 60 anos correr na faixa de 35 anos isso é um verdadeiro absurdo
, eu reclamei sim, quando fui reclamar justamente na Secretaria de Educação a luz naquele momento tinha acabado e eles estavam computando a colocação e os tempos dos corredores no computador e como acabou a luz eles perderam os dados do computador a sorte que eles também tinham anotado primeiro no papel, e quando eles chamaram os corredores na faixa de Veterano ele chamou o 3º Colocado com o tempo de 41Minutos o 2º Colocado com o tempo de 36 Minutos e o 1º Colocado da faixa Veterano com 35 Minutos, aí eu vi po tem alguma coisa de errado, já que fiz em 37 Minutos eu era para ser o Terceiro da faixa veterano aí quando eu fui reclamar com eles, eles tentaram me enrolar dizendo assim “nós percebemos que tiveram vários corredores acima de 50 anos e então resolvemos criar mais uma faixa” eu falei tudo bem mais o corredor de 50 anos era para estar na faixa veteraníssimo que vocês criaram e não na faixa veterano e que ele estava ocupando o meu lugar, aí eu vi que eles estavam puxando sardinha para o lado dos corredores da cidade dele eu deixei para lá porque a minha intenção é fazer o que mais gosto é CORRER e se vir pódio ou não é uma conseqüência eu fiquei de escrever para o Prefeito da cidade e para o Secretário de Esportes agradecendo pela corrida e criticando alguns fatos que aconteceram na corrida para que eles melhorem para a próxima e que eles me aguardem para a próxima corrida que farei de tudo para estar nela outra vez. E o mais o importante foi que eu gostei desta corrida, conheci mais alguns corredores e corredoras e conheci a cidade que eu não conhecia PIRANGUINHO que fica no Sul de Minas Gerais e é famosa porque lá tem uma festa que faz o maior doce do mundo que é o PÉ-DE-MOLEQUE. E como eu não podia deixar para trás comprei alguns pés-de-moleque e trouxe para o Rio de Janeiro, que por sinal são muito bons e como sou um corredor e não posso ficar abusando de doces eu só provei um pedaço.

OBS 1: Agradeço a Professora e Corredora Ângela a quem me indicou essa corrida e que me informou os dados para que eu chegasse nessa corrida e meus PARABÉNS a ela por ela ter conseguido o pódio como moradora de PIRANGUINHO.

OBS 2: Por enquanto eu só tenho foto do meu número de corrida acima, que tirei do meu celular, vou ver se consigo outras fotos com o pessoal da Prefeitura de Piranguinho.

DESEJO A TODOS UMA BOA SEMANA

9 comentários:

amocorrer disse...

Amigão Jorgão, parabéns, por mais essa aventura, correr é mesmo td de bom, pra mim vc é vencedor indepedente de quem ganhou, olha cara quero um dia ter o prazer de correr ao seu lado, vamos brigar bem hein colega...vc vem pra S.silvestre? seria legal.segue um abraço e uma boa semana, gsotei da sua reportagem.Regis

Jackelyne disse...

Oi Jorge!
Q pena que não deu para trazer uma medalhinha né?
Mas para variar vc correu extremamente bem.. que inveja..rsss
Parabéns pelo ótimo resultado.. e quem sabe na próxima vc não traz um troféuzinho né?

bjs
Jacke

José Capela disse...

Amigo, Jorge!

Muito boa prova, um percurso pelo seu relato de um grau de dificuldade elevado e o meu amigo obteve um excelente resultado.

Parabéns!

Abraço

José Capela

amocorrer disse...

jorgão(me permite te chamr assim?, olha vc merece!)obrigado pela visita, cara, vc ja é um amigo de corrida, anceio o dia de estarmos correndo ou treinando juntos, seria um prazer inigualavel,amigo, se der venha pra S.silvestre, olha eu trabalho com Tranp.Escolar e dia 31/12, a Van se tranforma em em casa dos corredores, sim a partida é de frente minha casa rumo a Av. paulista, compro fogos, chopp descartavel, amendoim, olha cara é uma festa, e se quiser com certeza será meu convidado de honra,,,fica o convite e segue uma abraço...a gente se ve pelas corridas...Regis

João Rocha disse...

Que aventura. Essa viagem para ir a uma prova deixava-me de rastos. Boas corridas.

Luis Augusto disse...

Grande Jorge,
Uma viagem para corredor nenhum botar defeito.... Parabéns pela disposição e pela performance......ah, mas que eu ia brigar por um pódium isso eu ia...hahaha

Um abraço
Luis Augusto

Thiago Rolemberg disse...

Meus parabéns Jorge! Legal fazer esse tipo de prova em outras cidades, é uma forma de conhecermos lugares que sempre queremos mas que nunca tomamos a iniciativa de pegar a mochila e visitá-los. Uma pena a organização ser tão modesta, até a luz acabou! Será que perderam todos os dados? hahaha
abraços e keep walking!

Wladimir Azevedo disse...

Oi amigo... desculpe pela demora, mas somente agora tive tempo para passar por aqui.
Meus parabéns pela aventura e mais ainda pela excelente prova que fizeste, quase deu pódio né... mas tudo bem o importante é a participação e a recordação deste momento.

Um forte abraço
Wladimir Azevedo

Pantera Cor de Rosa disse...

Isso tá me lembrando uma corrida que eu corri lá em Piabetá, em 2003. Só teve faixa-etária masculina. Para as mulheres, foi premiação só na geral.

Beijos.